segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

Nos últimos três meses, Anjos Colchões inaugura quatro unidades em diferentes cidades do país


Joinville (SC), Arapongas (PR), Francisco Beltrão (PR) e Dourados (MS) foram as cidades contempladas para operação das franquias da Anjos Colchões

 
Uma loja ambientada para trazer uma experiência única de conforto e bem estar ao cliente, este é o conceito da ANJOS COLCHÕES – rede de franquias de colchões e estofados –  que nos últimos 3 meses inaugurou 4 franquias nas cidades de Joinville (SC), Arapongas (PR), Francisco Beltrão (PR) e Dourados (MS).

Segundo Claudinei dos Anjos, presidente da rede, o planejamento estratégico para este ano é inaugurar mais 20 unidades e alcançar um crescimento de 40% em relação ao faturamento do ano passado que foi de 63 milhões.  “A empresa está focada neste projeto de franquias, pois vem fazendo investimentos, treinamentos, consultorias para que as lojas franqueadas tenham cada vez mais sucesso.” Afirma Claudinei

Atualmente a Anjos Colchões possui 48 unidades em operação: 33 franqueadas, 15 próprias e a previsão de inauguração de mais 5 unidade até março. A rede teve um faturamento de 36 milhões em 2015 e 63 milhões em 2016. Todos os produtos Anjos Colchões são de fabricação própria e as franquias contam com 3 indústrias do grupo para o fabricação dos colchões e estofados. São atendidos em média 200 clientes por mês em cada unidade.

FRANQUIA Anjos Colchões – Ficha técnica:
Investimento total (com a Taxa de Franquia incluída): a partir de R$ 120.000,00
Capital de Giro: R$ 50 a 100 mil
Taxa de Franquia: R$ 20.000,00
Taxa de Royalties: 10% na compra.
Metragem média das unidades: de 90 a 300 m²
Número mínimo de funcionários: de 2 a 3 funcionários
Faturamento médio mensal: R$ 60 mil
Lucratividade: entre 10% a 15% de acordo com o faturamento.
Prazo de contrato: 5 anos
Contato: www.anjoscolchoes.com.br

I2GO traz para o Brasil cabos USB–C


Com potência de 2.4 Amp e velocidade de 480 mbps, os novos cabos conseguem transmitir dados em maior velocidade e rodam vídeos com qualidade 4K



Mais velocidade de transmissão de dados e maior potência. As duas características são as principais vantagens dos novos cabos USB –C, que I2GO traz em primeira mão para o Brasil. Especialista em acessórios para celulares certificados e de alta qualidade com custo benefício favorável, a startup paulista sai na frente mais uma vez.

Com preços que variam entre R$39,90 e R$59,90, os cabos com tecnologia USB-C possuem certificado de qualidade USB-IF - Certificado de Velocidade e Compatibilidade.  Conforme explica Marcelo Castro, sócio fundador da I2GO, o diferencial dos cabos USB-C são os conectores “tipo-C”.

 “Com maior desempenho dos que seus antecessores, USB-A e Micro USB , com potência de 2.4 Amp e velocidade de 480 mbps, eles conseguem transmitir muito mais dados comparados aos seus antecessores e ainda rodam vídeos com qualidade 4K”, explica Castro.

A I2GO oferece três tipos de produtos

Cabo USB-C para C – que é o cabo com ambos conectores em “Tipo C” – R$59,90
Cabo USB-C para A – que é o cabo uma entrada USB-C e outra USB-A (que é a anterior), ele visa facilitar conexões com tomadas que ainda permanecem com a entrada USB-A que são bastante utilizadas ainda no mercado – R$59,90
Adaptador de Micro USB para USB-C – ele é plugado no cabo comum de USB-C e possibilita o usuário manter seus cabos antigos – R$39,90

A Linha PRO I2GO, onde os novos cabos USB-C estão inseridos, tem mesmo conceito de qualidade de todos os produtos I2GO, mas com uma performance ainda maior. O design moderno e seu acabamento mais resistente reforçam a durabilidade do produto, trazendo pra o consumidor um maior tempo de uso mesmo contra adversidades externas.

Todos os produtos I2GO vem com 3 anos de garantia e podem ser encontrados em mais de 5 mil pontos de vendas no Brasil em displays instalados em hipermercados, lojas de conveniência e livrarias, em máquinas de auto-atendimento em estações de metrô e aeroportos, ou ainda, pelo e-commerce da marca no www.i2go.com.br


terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Faturamento do Mr. Cheney salta de R$ 23 milhões para R$ 31 milhões e rede comemora crescimento em ano de crise


Abertura de 14 novas franquias e o lançamento constante de novos produtos são os principais motivos do crescimento da rede, que tem planos ainda mais ousados para este ano

 

O MR. CHENEY – rede de franquias de cookies tipicamente americanos – está comemorando grandes resultados: um faturamento de R$ 8 milhões a mais em apenas 1 ano, com a inauguração de 14 novas unidades e o aumento nas vendas de produtos – a produção somente de cookies - produto que é o carro chefe da rede, saltou de 6 milhões em 2015, para 8.5 milhões em 2016.

Segundo Lindolfo Paiva, proprietário do Mr. Cheney, o crescimento e as cifras surpreenderam. “Realmente ficamos admirados com os números apresentados em nosso fechamento anual. Passamos por um 2016 muito difícil, de forte recessão, porém crescemos na contramão da crise, justamente pela qualidade dos nossos produtos e excelente oportunidade de negócio que oferecemos aos investidores.” explica.

Outro ponto bastante positivo para a rede foi a entrada em shoppings como o Rio Sul, do Rio de Janeiro, o Golden Square, do ABC Paulista e a Faculdade FMU, na Liberdade, em São Paulo, que deram ainda mais visibilidade à marca, incrementando as vendas e aumentando o sucesso da franquia.

Para 2017, a meta continua bastante agressiva: serão mais 30 lojas em várias localidades do país e a chegada a cidades onde a rede ainda não está, como Salvador, Fortaleza, Brasília e Goiânia. “Nossa previsão para este ano é repetir o sucesso do ano passado e alcançar um crescimento acima do esperado”, completa Lindolfo.

Outros números do Mr. Cheney
Atualmente a rede possui 64 unidades em operação: 55 franqueadas e 9 próprias. São vendidos em toda as unidades mais de 664 mil cookies por mês, uma média de 3.300 clientes atendidos. O valor do investimento inicial com a taxa de franquia é de 350 a 400 mil reais, com capital de giro de 40 mil reais e lucratividade entre 8% à 35%.

 
FRANQUIA MR CHENEY – Ficha técnica:
Investimento total (com a Taxa de Franquia incluída): R$ 350 mil a R$ 400 mil
Capital de Giro: R$ 40 mil
Taxa de Franquia: R$ 43 mil
Taxa de Royalties: 5% sobre o faturamento bruto
Metragem média das unidades: de 15 a 30 m²
Número mínimo de funcionários: 5
Faturamento médio mensal: R$ 45 a 60 mil
Lucratividade: entre 8% e 30%
Prazo de contrato: 5 anos
Contato: www.mrcheney.com.br 

Euro e Touch focam no sul e sudeste em 2017


Redes de franquias do Grupo Technos buscam franqueados e pretendem aumentar suas redes em 47 unidades neste ano


Famosas por seus óculos, relógios e bijuterias finas, a Euro e Touch, ambas redes de franquia do Grupo Technos, pretendem abrir 47 unidades no Brasil em 2017.   As regiões escolhidas são o sul e sudeste devido ao potencial econômico dos Estados e também, o perfil dos consumidores.

A Euro é uma marca de glamour, que conecta a mulher à moda, combinando às diversas personalidades do mundo feminino. É indispensável para o look, oferecendo relógios, óculos e semi joiás para todos os momentos e ocasiões. A franquia possui apenas o modelo de quiosques e cada unidade da rede possui o investimento inicial em torno de R$ 123 mil, com lucratividade média de 18%. A meta da franqueadora é abrir pelo menos 20 novas unidades em 2017.

“Um dos diferenciais da rede é a o constante lançamento de produtos e coleções. São pelo menos 9 novas coleções por ano. Nossas clientes sempre encontram as últimas tendências em nossos quiosques e os franqueados ganham muito com isso, pois mantém o interesse constante”, conta Renata Barbieri, gerente de varejo e novos negócios do Grupo Technos.

Já a Touch possui 55 pontos de venda no Brasil e comercializa produtos voltados para homens e mulheres de atitude, irreverentes, antenados e considerados “exploradores urbanos”. A rede é especialista em relógios e óculos com modelos exclusivos. Para abrir uma unidade, o novo franqueado investe inicialmente em torno de R$103 mil no quiosque de 6m² da Touch. Neste ano, a meta é abrir 27 novas unidades, principalmente no Estado de São Paulo. 

“Estamos focados nos shoppings de São Paulo, interior do Estado e também nas grandes cidades da região sul”, explica Barbieri.

Ainda conforme Barbieri, os quiosques da Touch e da Euro são ideais para quem deseja uma ótima oportunidade de investimento em franquias de fácil instalação, sem necessidade de reformas e montagens que retardam o início da operação, além de uma estrutura sólida de suporte por parte da franqueadora. Com uma metragem de 6m² é possível instalar um quiosque já pronto para começar a vender. Além disso, a estrutura oferecida pela franqueadora garante reposição rápida de produtos em todo o Brasil e novidades constantes a cada semana.

 
Quiosques Touch – ficha técnica da franquia:
Investimento total: aproximadamente R$ 103 mil (já incluída a Taxa de Franquia)
Taxa de Franquia: R$ 20 mil
Capital de Giro: R$ 20 mil
Taxa de Royalties: isenta, devido à venda de produtos aos franqueados
Taxa de Propaganda: custeada inteiramente pela franqueadora
Faturamento mensal (média Brasil): R$ 50 mil
Lucratividade: 12 a 25%
Ticket Médio: R$ 230,00
Retorno do Investimento: de 10 a 30 meses
Metragem padrão: 6m²
Número de funcionários: de 4 a 5
Tempo de Contrato: 4 anos

 
Quiosques Euro – ficha técnica da franquia:
Investimento total: aproximadamente R$ 123 mil (já incluída a Taxa de Franquia)
Taxa de Franquia: R$ 20 mil
Capital de Giro: R$ 20 mil
Taxa de Royalties: isenta, devido à venda de produtos aos franqueados
Taxa de Propaganda: custeada inteiramente pela franqueadora
Faturamento mensal (média Brasil): R$ 50 mil
Lucratividade: 12% a 25%
Ticket Médio: R$ 280,00
Retorno do Investimento: de 10 a 30 meses
Metragem padrão: 6m²
Número de funcionários: de 4 a 5
Tempo de Contrato: 4 anos

Com a meta de inaugurar 20 unidades até dezembro de 2017, Anjos Colchões foca expansão no Sul, Sudeste e Centro Oeste do Brasil


Anjos Colchões fecha o ano de 2016 com o faturamento de 63 milhões e pretende crescer 40% impulsionados também pela fabricação própria dos produtos


A ANJOS COLCHÕES – rede de franquias de colchões e estofados – prevê a abertura de 20 novas unidades até o final de dezembro de 2017. As regiões foco do plano expansão são o Sul, Sudeste e Centro Oeste do país.
 
Segundo Claudinei dos Anjos, presidente da rede, o planejamento estratégico para este ano é alcançar um crescimento de 40% em relação ao faturamento do ano passado que foi de 63 milhões.  “A empresa está focada neste projeto de franquias, pois vem fazendo investimentos, treinamentos, consultorias para que as lojas franqueadas tenham cada vez mais sucesso.” Afirma Claudinei

Atualmente a Anjos Colchões possui 48 unidades em operação: 33 franqueadas, 15 próprias e a previsão de inauguração de mais 5 unidade até março. A rede teve um faturamento de 36 milhões em 2015 e 63 milhões em 2016. Todos os produtos Anjos Colchões são de fabricação própria e as franquias contam com 3 indústrias do grupo para o fabricação dos colchões e estofados. São atendidos em média 200 clientes por mês em cada unidade.

FRANQUIA Anjos Colchões – Ficha técnica:
Investimento total (com a Taxa de Franquia incluída): a partir de R$ 120.000,00
Capital de Giro: R$ 50 a 100 mil
Taxa de Franquia: R$ 20.000,00
Taxa de Royalties: 10% na compra.
Metragem média das unidades: de 90 a 300 m²
Número mínimo de funcionários: de 2 a 3 funcionários
Faturamento médio mensal: R$ 60 mil
Lucratividade: entre 10% a 15% de acordo com o faturamento.
Prazo de contrato: 5 anos
Contato: www.anjoscolchoes.com.br


segunda-feira, 23 de janeiro de 2017

I2GO desvenda mitos e verdades sobre uso do celular


Startup especializada em acessórios para celulares responde o que pode e o que não pode fazer e como aumentar a vida útil dos aparelhos



Carregar o celular desligado é melhor e faz a bateria durar mais? É verdade que é perigoso usar o telefone durante um temporal enquanto ele está ligado no carregador? Por que meu telefone leva mais tempo para carregar no carro do que  na tomada de casa? Essas e tantas outras dúvidas já passaram pela cabeça de muita gente e as respostas corretas para essas questões podem não só garantir a segurança do usuário como aumentar a vida útil do smartphone.

Criada em 2013, a startup I2GO vem crescendo no Brasil com seus cabos e acessórios coloridos e de alta performance e durabilidade para celulares e tablets.  Especialista no assunto, Marcelo Castro, um dos sócios fundadores da empresa, tira algumas dúvidas e acaba com os mitos sobre o uso de celulares.

Veja a entrevista ping pong com o especialista:

Posso deixar meu celular carregando a noite inteira, mesmo se ele já estiver completado 100% de carga?
Pode. Diferentemente do que muitos acreditam, carregar o celular a noite toda não estraga a bateria. Os aparelhos deixam de receber energia quando chegam em 100% de carga.

Por quê meu celular demora a carregar no automóvel quando utilizo a entrada USB do carro? Qual é a solução para uma carga mais rápida?
O carregamento no USB do carro (por exemplo, no som) é mais demorado por ter uma amperagem menor.  Muitos carregam tão devagar que o uso de aplicativos podem gastar mais que o carregamento. A solução para uma carga mais rápida é usar um carregador veicular (conectado à entrada do acendedor) de qualidade envie no mínimo 1amp ao smartphone.  Os carregadores veiculares da i2GO chegam a 3,4amps e carregam ao ritmo de 1% por minuto (mesmo com aplicativos sendo utilizados)

É melhor carregar o celular com ele desligado. Mito ou verdade?
Verdade.  Se a questão for a rapidez da recarga, sim. O Celular carrega mais rápido desligado, pois não consome bateria das outras funções / aplicativos

Em dias de chuvas com trovoadas, não se deve falar ao celular se ele estiver carregando na tomada. Mito ou verdade?
Verdade.  Durante trovoadas, a rede elétrica da residência pode ser afetada e consequentemente afetar o celular.  Então é recomendado desplugar o smartphone da tomada durante esse período


Para carregar o celular, devo deixar a bateria acabar por completo para não viciá-la. Mito ou verdade?
Mito, Na verdade as baterias de Litium atuais não viciam, elas se desgastam quando chegam aos limites ou seja, 0% ou 100%, a dica é manter a carga do celular sempre entre 20% e 80%.

Meu celular está carregando e quando ele atinge uma carga mínima que já dá para ser usado, tiro da tomada e vou colocando para carregar conforme vai acabando a bateria. Isso causa danos? Quais?
Não, o que importa é não deixar a bateria sempre zerar e carregar a 100%. 

Qual a melhor forma de utilização da bateria externa?
É importante ter uma bateria externa de qualidade que consiga carregar até 100% de seu smartphone.  As baterias tem uma capacidade interna, que vai de 2200mAh até 10.000mAh.  É importante escolher uma bateria portátil que possua uma potência maior que a bateria interna de seu smartphone.  O iPhone 6, por exemplo, tem uma bateria interna de 1810mAh.  Agora o mais importante é manter a bateria externa CARREGADA quando você mais precisar dela.

Para visualizar melhor os produtos e displays da i2GO, acesse o vídeo:
 https://www.youtube.com/watch?v=WpYSGIuk5Js&feature=youtu.be

Didio Pizza busca franqueados em Sorocaba

 Com 26 unidades no Estado, rede comercializou 556 mil pizzas e teve um faturamento de R$30 milhões
 
A rede de Pizzarias delivery  Didio Pizza foca sua expansão no interior de São Paulo e mira Sorocaba como prioridade para abrir novas unidades nos próximos meses.

Com unidades em Guarulhos, Campinas e Jundiaí, entre outras cidades do interior paulista, a rede está processo captação de franqueados para suas próximas lojas. Com faturamento médio mensal de R$ 70 mil no primeiro ano de operação e investimento inicial de R$ 310 mil, a Dídio é uma boa opção de negócio para quem está em Sorocaba e busca um negócio sólido para investir.

De acordo com Elídio Biazini, diretor da rede, as duas cidades têm o perfil e potencial que a Didio Pizza procura em sua expansão. “Lojas em Sorocaba tem tudo para serem unidades de sucesso. O público das duas cidades está dentro do target que nosso estudo de geoprocessamento aponta. Os novos franqueados que investirem nessas unidades terão negócios de sucesso nas mãos”, garante Biazini.

A Dídio Pizza possui hoje 26 lojas espalhadas pela capital paulista e cidades do interior do Estado e em 2016 fora 556 mil pizzas vendidas o faturamento da rede chegou a R$30milhões. Além de Sorocaba, o plano de expansão da Dídio Pizza inclui, Santos, Paulínia, Americana, Piracicaba, Mogi das Cruzes, entre outras.


DÍDIO PIZZA – ficha técnica
- Investimento inicial: R$ 310 mil
- Capital de Giro (incluso no investimento inicial): R$ 30 mil
- Taxa de franquia (inclusa no investimento inicial): R$ 55 mil
- Taxa de royalties 9% sobre Faturamento Bruto
- Taxa de Propaganda: 2% sobre Faturamento Bruto
- Faturamento médio mensal de uma loja: R$ 70 mil no primeiro ano
- Metragem mínima de uma loja: 85m²
- Lucratividade do franqueado: Média de 12%
- Retorno do investimento: 27 meses
- Número de funcionários por loja: 11 funcionários
- Tempo de contrato: 4 anos
Mais informações: www.didio.com.br

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Dídio Pizza fatura R$31 milhões e foca expansão no interior de São Paulo em 2017

 Guarulhos, Sorocaba, Americana, Limeira, Paulínia, Mogi das Cruzes, São Jose dos Campos e Santos, são os principais alvos da rede

A Dídio Pizza, tradicional rede de pizzaria especializada em delivery, começa 2017 com uma meta bem definida para sua expansão: aumentar sua rede no interior de São Paulo. Com 26 unidades, a rede faturou R$31 milhões no ano passado e 556 mil pizzas foram comercializadas.

Em busca de franqueados em Sorocaba, Limeira, Paulínia, Americana, Guarulhos, Mogi das Cruzes, Santos e São Jose dos Campos, a Dídio Pizza espera crescer 28% neste ano. Conforme Elidio Biazini, diretor da rede, o interior de São Paulo será o foco da expansão dado o seu potencial de consumo e crescimento para novos negócios. Para a Dídio Pizza, o interior, também desperta interesse por conta do seu potencial de crescimento para novos negócios uma vez que as cidades costumam ter menos unidades franqueadas do que as capitais.

“Lojas nestas cidades tem tudo para serem unidades de sucesso. Fazemos sempre um estudo minucioso de cada local para onde vamos e o geoprocessamento aponta que estas cidades, neste momento, são as mais alinhadas com os nossos consumidores. Os novos franqueados, que investirem nessas unidades, terão nas mãos um negócio de sucesso, sem nenhuma dúvida”, diz Biazini.

O investimento inicial de uma Dídio Pizza é de R$310 mil que já incluem a taxa de franquia e montagem de loja. Os novos franqueados passam por um treinamento completo e recebem suporte total da franqueadora durante do todo o processo e depois da inauguração. Uma unidade, no primeiro ano de operação, fatura em média R$70mil por mês.

Alguns números da Dídio Pizza em 2016
No ano passado a rede utilizou em sua rede 231 toneladas de tomate, 176 toneladas de mussarela, 215 toneladas de farinha, 305.083 litros coca cola, 80 toneladas de brigadeiro e foram distribuídos 6.350.500 folders em ações de marketing corpo a corpo.

DÍDIO PIZZA – ficha técnica
- Investimento inicial: R$ 310 mil
 - Taxa de franquia (inclusa no investimento inicial): R$ 55 mil
 - Capital de Giro R$ 30 mil
- Taxa de royalties 9% sobre Faturamento Bruto
- Taxa de Propaganda: 2% sobre Faturamento Bruto
- Faturamento médio mensal de uma loja: R$ 70 mil no primeiro ano
- Metragem mínima de uma loja: 85m²
- Lucratividade do franqueado: Média de 12%
- Retorno do investimento: 27 meses
- Número de funcionários media por loja: 11 funcionários
- Tempo de contrato: 4 anos
Mais informações: www.didio.com.br


segunda-feira, 16 de janeiro de 2017

Atum é o novo sabor da Linha Healthy glúten free da Dídio Pizza

A Linha Healthy ganha uma nova pizza e vem atender as pessoas que buscam uma vida mais saudável


Os amantes da pizza de atum já podem contar com uma opção ainda mais saudável para o tradicional sabor. Dídio Healthy Atum é o lançamento do mês janeiro da Dídio Pizza e o segundo sabor da Linha Healthy desenvolvida pela rede para quem quer uma vida mais leve sem abrir mão de uma bela pizza em casa. 

A redonda ganhou o nome de Dídio Healthy Atum é recheada com atum, tomate cereja, abobrinha e uma camada cream cheese que completa o sabor. Ela pode ser preparada na massa tradicional, integral ou ainda na nova massa sem glúten da Dídio Pizza que é produzida com farinha de arroz, sal, açúcar, batata doce, ovos, polvilho doce e goma xantana. 

Cada pedaço tem 210 Kcal e a pizza grande inteira conta com 1,680 kcal.  A pizza está disponível em todas as 26 unidades da rede e a grande, com 8 pedaços, custa entre R$68,50 e R$71,50 conforme a escolha do tipo de massa (glúten free, tradicional ou integral).

A Linha Healthy vem para atender pessoas que buscam uma vida mais saudável e o público fitness. “Essa pizza é para todos que não querem perder o prazer da boa mesa”, conforme conta Elidio Biazini, diretor da rede.

Mais sobre a Dídio Pizza
Nascida há 23 anos, a Dídio Pizza tem entre seus os diferenciais os ingredientes, provenientes somente de fornecedores de procedência, lançamento de sabores inusitados, com receitas criadas especialmente para a rede, além de central de atendimento e aplicativo próprias. 

A Dídio Pizza possui hoje 26 lojas espalhadas pela capital paulista e cidades do interior do Estado. Por ano a rede vende cerca de 770mil pizzas em média. O plano de expansão da Dídio Pizza este ano inclui, além de diversos bairros da capital paulista, cidades próximas como Guarulhos, Paulínia, Americana, Piracicaba, Sorocaba, Mogi das Cruzes, Santos, entre outras.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

I2Go lança Cabo Duo para iPhone e Android


Versátil e acessível, novo modelo possui no mesmo cabo os conectores lightning e micro USB
 
A aposta da I2GO, startup especializada em acessórios para celulares, para o início de 2017 chega para atender quem quer diminuir o número de cabos que precisa levar por aí para carregar e usar seu celular.   

A marca traz pra o Brasil o Cabo Duo que possibilita sincronizar músicas, fotos, videos e dados enquanto carrega seu celular ou tablet, pois ele possui no mesmo cabo os conectores lightning certificado pela Apple e micro USB. A novidade promete versatilidade acima de tudo. 

“O mesmo cabo pode ser usado pra quem tem um iPhone e os aparelhos Android , Baterias Externas ou outros aparelhos que carregam com entrada micro USB, ou seja, para aquelas pessoas que não querem ficar trocando de cabo e sim, usar apenas um para tudo. A palavras chaves para o Duo seriam versatilidade e acessibilidade”, explica Marcelo Castro sócio fundador da I2GO.

Com certificação MFI e chip autenticado pela Apple, o cabo é compatível com iPhone 7/ 7plus/ 6s/ 6/ 5s/ 5c/ 5, iPad Air/ Air2, iPad mini/ mini 2/ mini 3/ mini 4, ipad (4º geração), iPod nano 7 e iPod touch5, GOS, Cameras, MP3, players, Samsung, LG, Motorola e outros dispositivos com entrada micro-USB. Quando utilizado em conjunto com a Tomada i2GO, sua capacidade de carga é de 1% a cada minuto.

Ainda sobre as vantagens do cabo, Castro comenta que a versão original custa em torno de R$211,41 com MFI da Apple, enquanto o modelo I2GO com os mesmos componentes e 3 anos de garantia sai por R$89,90. O Cabo Duo e toda a linha de produtos I2GO podem ser encontrados no e-commerce da marca - www.i2go.com.br - e nos mais de 5mil pontos de vendas no Brasil. 

Características do produto:
•    Carrega e efetua a transferência de arquivos
•    Cabo estilo fettutine (mais robusto que cabos normais)
•    Garantia de 3 anos
•    Certificado pela Apple
Para visualizar melhor os produtos e displays da i2GO, acesse o vídeo:
 https://www.youtube.com/watch?v=WpYSGIuk5Js&feature=youtu.be

terça-feira, 10 de janeiro de 2017

Mr Kids tem 30 pontos comerciais negociados e já aprovados na Baixada Santista para novos franqueados

Microfranquia tem contratos com as maiores redes de hipermercados em todo o Brasil para instalação imediata das máquinas de doces e brinquedos
 
A microfranquia de máquinas de brinquedos e doces Mr Kids tem 30 pontos disponíveis na Baixada Santista para quem deseja abrir uma franquia. São 8 cidades litorâneas com pontos já negociados pela franqueadora nos hipermercados Extra e Rodoviária do Guarujá. A negociação permite que os franqueados possam ter disponibilidade praticamente imediata para a instalação das máquinas de doces e brinquedos, logo depois da assinatura do contrato de franquia. Em todo o Brasil, são mais de 800 pontos disponíveis.

Para facilitar a compra da franquia e atrair mais candidatos, a franqueadora também está facilitando o pagamento, mesmo com um investimento considerado baixo, que é de R$ 18,7 mil. “Essa iniciativa é para que os nossos novos franqueados ganhem fôlego nos primeiros meses do negócio, já que a maioria de nossos candidatos são pessoas que estão ávidas por um novo negócio, principalmente com a atual conjuntura que todo brasileiro está vivendo. Cobramos a Taxa de Franquia à vista, que é de R$ 5 mil e o restante após o recebimento da ficha de pré-qualificação e análise de crédito. O franqueado poderá pagar o restante em até 5 vezes no boleto ou em 6 vezes no cartão”, explica Antonio Chiarizzi, fundador da Mr. Kids.
O Mr. Kids possui 134 franquias e mais de 6 mil máquinas espalhadas por diversos pontos de venda. Em 2016, a rede faturou R$ 3,6 milhões e a meta para 2017 é a venda de 50 novas franquias e um crescimento de 40%.

 
Mr. Kids – Ficha Técnica
Investimento Total: R$ 18,7 mil
Taxa de Franquia: R$ 5 mil
Valor equipamentos: 11.7 mil
Valor de produtos para abastecimento das máquinas: 2.000
Taxa de Royalties: não cobra
Taxa de Propaganda: não cobra
Faturamento médio mensal: de R$ 1.600,00 a R$ 30 mil ou mais
Lucratividade: de 35 a 40%
Número de Funcionários: 0
Retorno do Investimento: 15 a 18 meses
Prazo do contrato: 3 anos
Contato da Franqueadora: franquia@mrkids.com.br ou 11 5058-2111



segunda-feira, 9 de janeiro de 2017

Escolher bem o ponto é fundamental para o sucesso do negócio


Como a rede Ortodontic Center reformulou seu processo de localização e busca do ponto comercial para tornar as franquias mais rentáveis
 

Quando uma franquia é instalada sem um estudo que permita a expansão somente em localidades onde está concentrado o público alvo de seu negócio e o ponto comercial não é escolhido de acordo com uma análise minuciosa da concentração de pessoas que irão consumir o produto ou serviço naquele bairro, há grandes chances de não alcançar o resultado desejado. Segundo o especialista em Franchising, Marcus Rizzo, da Rizzo Franchise, 97% das pessoas não se deslocam mais do que 3 km para consumir em um estabelecimento comercial.

 
O que vem acontecendo na Ortodontic Center – maior rede de franquias de clínicas ortodônticas – após a implantação do geoprocessamento para a escolha do ponto comercial e das localidades a serem implantadas novas unidades, mostra exatamente a importância da localização correta para aumentar o sucesso das franquias.  Antes de passar por uma reformulação em seu modelo de negócio, a franqueadora orientava os franqueados para que eles escolhessem o ponto e negociassem o imóvel. Agora, com 159 unidades, tanto os novos franqueados, quanto os já existentes que quiserem abrir novas unidades, terão pontos comerciais escolhidos de acordo com um minucioso estudo que levará em consideração áreas com grande concentração de passantes dentro do perfil do cliente final.

Franqueados contam suas experiências

O franqueado Dyego Gomes, 34 anos, abriu sua primeira unidade há 6 anos na cidade de Itajaí, Santa Catarina, sem o trabalho de geoprocessamento atual e hoje percebe que o esforço que realizou para a captação de clientes fez com que ele perdesse dinheiro. “Não estava no lugar certo e tinha que percorrer longas distâncias para captar clientes em escolas e em locais onde estava a maioria do meu público alvo. Conseguia atrair muita gente, mas a dispersão era grande e quem não voltava após fazer a avaliação, era porque a clínica ficava longe para eles”, conta Dyego

Em 2016, Dyego abriu uma franquia em Navegantes, desta vez localizada na saída da balsa e sem realizar a prospecção em escolas ou empresas, já tem uma carteira de mil pacientes. Animado, vai abrir mais uma unidade em Itajaí, só que desta vez no centro da cidade, onde há grande concentração de pedestres para aplicar os programas de vendas desenvolvidos pela franqueadora para a abordagem de novos clientes.

Outro caso bastante parecido aconteceu com Leandro Zanella, franqueado da Ortodontic  Center de Porto Alegre, Rio Grande do Sul. Sua primeira loja foi aberta há 9 anos e, apesar da excelente performance, ele pôde constatar que sua segunda franquia, aberta depois de 6 anos, desta vez no centro da cidade onde seu público alvo está mais concentrado, é muito mais fácil de gerir, mesmo estando a apenas 5 quadras de sua primeira clínica. “Agora, minha meta é abrir mais 3 franquias em Porto Alegre e estou aguardando o término do estudo de geoprocessamento, que vai mostrar quais são as melhores áreas para o meu negócio”, explica.

O plano de expansão da Ortodontic Center prevê a abertura de 873 franquias em 300 localidades selecionadas com, no mínimo, 100 mil habitantes concentrados nas classes B2, C e D, com potencial para captação de 7 mil clientes ao longo de 10 anos.

Ortodontic Center - Ficha Técnica:
Investimento inicial: R$ 86mil (taxa de franquia, equipamentos de informática e instrumental da clínica)
Despesas pré-operacionais: R$ 29mil (despesas com o treinamento, serviços de legalização e taxas, materiais de escritório e outros e campanha de inauguração)
Investimento em instalações físicas: R$ 153 mil (equipamentos odontológicos, mobiliário e comunicação visual, equipamentos, utilidades e serviços)
Capital de giro: R$ 120 mil
Total do investimento: R$ 388mil*
* Valores com obras e reformas não inclusos.
TAXA DE FRANQUIA: R$ 65 mil
TAXA DE ROYALTIES: 10% sobre o faturamento bruto
TAXA DE PROPAGANDA: 2% sobre o faturamento bruto
FATURAMENTO MÉDIO MENSAL: R$ 220 mil
LUCRATIVIDADE: 25%
PONTO DE EQUILÍBRIO: 8 MESES
PAYBACK: 23 MESES
LUCRO MÉDIO MENSAL: R$ 53 mil
TICKET MÉDIO: R$ 80,00
METRAGEM : 100m²
NÚMERO DE COLABORADORES: 7
PRAZO DE CONTRATO: 10 anos




quinta-feira, 5 de janeiro de 2017

Mr. Cheney inaugura a primeira unidade em São José do Rio Preto


Com uma expansão totalmente focada em Shopping Centers, a rede de franquias Mr Cheney inaugura a primeira unidade no Shopping Iguatemi

 
Uma loja ambientada para trazer uma experiência única ao consumidor: o cookie sendo preparado na frente do cliente, levado ao forno e saindo quentinho, com um aroma inesquecível. Tudo igualzinho ao ambiente das famílias americanas, que esperavam as mães e as avós prepararem os cookies enquanto se reuniam nas cozinhas juntamente com as crianças. Este é o conceito do Mr. Cheney, uma verdadeira cookie store americana no Brasil, que inaugurou a primeira unidade de São José do Rio Preto, no Shopping Iguatemi.

 
Além dos cookies em 10 sabores, que são o carro-chefe das lojas, o Mr. Cheney reproduziu as receitas de diversos american treats tradicionais como cinnamon roll, american pancakes with maple syrup, apple pie, cheesecake, brownies etc. Todos os produtos são resultados de receitas autênticas americanas, produzidos artesanalmente com ingredientes de primeira qualidade, bem recheados e fieis aos detalhes do preparo, como fazem as mães, as avós e as tias americanas.

Os franqueados à frente da unidade são os empresários Fábio Rodrigues Aydar, 24 anos,  e seu pai, Antonio José Aydar, 58 anos. Ambos escolheram a franquia por acreditarem que o modelo formatado seja mais propicio e também pela marca forte e conhecida que o Mr Cheney é hoje. Conforme Fábio, o produto tem uma receptividade excelente e não há outro igual em qualidade no mercado brasileiro. “Escolhemos um ponto estratégico também, bem em frente ao nosso outro negócio, uma escola de Artes, no shopping que atende crianças e suas mães. O Mr Cheney virou parada obrigatória para todos”, comenta o franqueado.

Delícias Americanas do Mr. Cheney:
COOKIES
Os cookies são vendidos a R$ 6,00 cada e estão disponíveis em 10 diferentes sabores:
- Chocolate Chips (massa de baunilha com pedaços de chocolate)
- Double Chocolate (massa de cacau em pó com grandes pedaços de chocolate meio amargo)
- Triple Chocolate (3 chocolates juntos no mesmo cookie – cacau em pó, chocolate branco e chocolate meio amargo)
- White Chocolate Chips (massa de baunilha com grandes pedaços de chocolate branco)
- Macadamia (cookie gourmet com pedaços de macadamia e de chocolate meio amargo)
- White chocolate chips with walnuts (chocolate branco e nozes)
- Chocolate chips with M&M´s (cookie com pedaços de chocolate e coberto com os confeitos coloridos M&Ms)
- Chocolate chips with peanuts (cookie de pasta de amendoim com pedaços de chocolate e amendoim picado)
- Chocolate chips with walnuts (chocolate meio amargo com nozes chilenas)
- Oatmeal Raisins (cookie light com menos gordura, menos açúcar, com uvas passas e aveia em flocos).

OUTRAS GULOSEIMAS DOCES:
- Brownie: Semelhante a um bolo de chocolate (com ou sem nozes), úmido por dentro, servido quente com uma bola de sorvete de baunilha e calda de chocolate por cima.
- Apple pie: tortinhas de maçã individuais, recheadas com maçãs Granny Smith, canela, açúcar e noz moscada, servida quente com uma bola de sorvete de baunilha e calda de caramelo por cima.
- American Pancakes with maple syrup: 3 panquecas grossas feitas na hora, servidas quentes, cobertas com manteiga e uma cobertura a escolha do cliente, bem no estilo americano. Opções de cobertura: maple, leite condensado, geleia ou creme de avelã.
- Cinnamon Roll: enrolados de canela feitos de pão doce tipicamente americano, massa bem macia com bastante canela, servido quente com nossa exclusiva cobertura de cream cheese, calda de chocolate e caramelo.
- Cheesecake: Receita estilo New York feita à base de cream cheese, açúcar, ovos e baunilha sobre base de biscoitos com um toque de canela. Servida gelada pura ou com geleia de morango ou de amora.
- Cookie Ice Montain: seu cookie preferido servido com uma bola de sorvete de baunilha por cima e coberto com calda de caramelo ou chocolate.
SALGADOS
- Turkey & Ham rolls: pães salgados em forma de rocambole, recheados com mussarela, presunto ou peito de peru e servidos quentes com requeijão e orégano.

 BEBIDAS
- Shakes em 3 versões: milk shake, cookie shake e Ovomalcheney.
- Cafés, chás, cappuccinos e achocolatados.
- Água, refrigerantes e sucos.

ESPECIAIS
Produtos para viagem ou presentes, como as caixinhas de mini-cookies com 6 unidades, caixa com o Big Cookie (personalizados, com nomes ou frases), gingerbread (biscoitos de gengibre) e outros (preços diversos).

Mr. Cheney no Shopping Iguatemi
Av. Presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira, 5000
São José do Rio Preto - SP
CEP: 15093-340

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Mr. Cheney inaugura a primeira unidade no ABC Paulista


Com uma expansão totalmente focada em Shopping Centers, a rede de franquias Mr Cheney inaugura a primeira unidade dentro de uma livraria em São Bernardo do Campo - SP
  
Uma loja ambientada para trazer uma experiência única ao consumidor: o cookie sendo preparado na frente do cliente, levado ao forno e saindo quentinho, com um aroma inesquecível. Tudo igualzinho ao ambiente das famílias americanas, que esperavam as mães e as avós prepararem os cookies enquanto se reuniam nas cozinhas juntamente com as crianças. Este é o conceito do Mr. Cheney, uma verdadeira cookie store americana no Brasil, que inaugurou a primeira modelo de franquia dentro de uma livraria, no ABC Paulista.

A unidade modelo fica no Shopping Golden Square, no primeiro piso, dentro da livraria Leitura e promete aos clientes de ambas as lojas um aroma e uma experiência de compra inesquecível.
           
Além dos cookies em 10 sabores, que são o carro-chefe das lojas, o Mr. Cheney reproduziu as receitas de diversos american treats tradicionais como cinnamon roll, american pancakes with maple syrup, apple pie, cheesecake, brownies etc. Todos os produtos são resultados de receitas autênticas americanas, produzidos artesanalmente com ingredientes de primeira qualidade, bem recheados e fieis aos detalhes do preparo, como fazem as mães, as avós e as tias americanas.

Rubem Balam é um publicitário de 40 anos que ainda não se sentia totalmente realizado. O sonho de ter o próprio negócio sempre esteve presente em sua lista de realizações pessoais e quando conheceu o Mr Cheney não teve dúvidas de que gostaria de ter uma franquia da rede “Antes de conhecer a marca, o que chamava muito a minha atenção eram as enormes filas que se formavam nas unidades dos shoppings que eu frequentava. Depois de provar o produto, comecei a procurar mais informações e logo me identifiquei com a comunicação visual da marca e com a experiência que a loja oferece aos clientes” afirma Rubem, que é proprietário da unidade do Shopping Morumbi em São Paulo.

Delícias Americanas do Mr. Cheney:
COOKIES
Os cookies são vendidos a R$ 6,00 cada e estão disponíveis em 10 diferentes sabores:
- Chocolate Chips (massa de baunilha com pedaços de chocolate)
- Double Chocolate (massa de cacau em pó com grandes pedaços de chocolate meio amargo)
- Triple Chocolate (3 chocolates juntos no mesmo cookie – cacau em pó, chocolate branco e chocolate meio amargo)
- White Chocolate Chips (massa de baunilha com grandes pedaços de chocolate branco)
- Macadamia (cookie gourmet com pedaços de macadamia e de chocolate meio amargo)
- White chocolate chips with walnuts (chocolate branco e nozes)
- Chocolate chips with M&M´s (cookie com pedaços de chocolate e coberto com os confeitos coloridos M&Ms)
- Chocolate chips with peanuts (cookie de pasta de amendoim com pedaços de chocolate e amendoim picado)
- Chocolate chips with walnuts (chocolate meio amargo com nozes chilenas)
- Oatmeal Raisins (cookie light com menos gordura, menos açúcar, com uvas passas e aveia em flocos).

OUTRAS GULOSEIMAS DOCES:
- Brownie: Semelhante a um bolo de chocolate (com ou sem nozes), úmido por dentro, servido quente com uma bola de sorvete de baunilha e calda de chocolate por cima.
- Apple pie: tortinhas de maçã individuais, recheadas com maçãs Granny Smith, canela, açúcar e noz moscada, servida quente com uma bola de sorvete de baunilha e calda de caramelo por cima.
- American Pancakes with maple syrup: 3 panquecas grossas feitas na hora, servidas quentes, cobertas com manteiga e uma cobertura a escolha do cliente, bem no estilo americano. Opções de cobertura: maple, leite condensado, geleia ou creme de avelã.
- Cinnamon Roll: enrolados de canela feitos de pão doce tipicamente americano, massa bem macia com bastante canela, servido quente com nossa exclusiva cobertura de cream cheese, calda de chocolate e caramelo.
- Cheesecake: Receita estilo New York feita à base de cream cheese, açúcar, ovos e baunilha sobre base de biscoitos com um toque de canela. Servida gelada pura ou com geleia de morango ou de amora.
- Cookie Ice Montain: seu cookie preferido servido com uma bola de sorvete de baunilha por cima e coberto com calda de caramelo ou chocolate.
SALGADOS
- Turkey & Ham rolls: pães salgados em forma de rocambole, recheados com mussarela, presunto ou peito de peru e servidos quentes com requeijão e orégano.

 BEBIDAS
- Shakes em 3 versões: milk shake, cookie shake e Ovomalcheney.
- Cafés, chás, cappuccinos e achocolatados.
- Água, refrigerantes e sucos.

ESPECIAIS
Produtos para viagem ou presentes, como as caixinhas de mini-cookies com 6 unidades, caixa com o Big Cookie (personalizados, com nomes ou frases), gingerbread (biscoitos de gengibre) e outros (preços diversos).

Mr. Cheney no Shopping Golden Square
Av. Kennedy,700- Bairro Jardim do Mar,
São Bernardo do Campo - SP
CEP: 09726-253

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Especialista em redução de gastos alerta sobre os perigos em ano com muitos feriados


Engana-se quem pensa que os feriados não são capazes de mexer com as finanças de uma empresa. Para o especialista em redução de gastos, Fernando Macedo, todo cuidado é pouco.

 
Saber diferenciar gastos de investimentos, além de rever despesas que podem ser desnecessárias e comprometer o lucro das empresas. Este deve ser o principal lema dos empresários e executivos neste início de 2017, ano que conta com 10 feriadões, segundo Fernando Macedo, especialista em redução de custos para empresas, da consultoria ERA – Expense Reduction Analysts. “A equação (receita – despesa = lucro) é igual em todas as empresas, mas a maioria dos empresários dá muito mais atenção ao que estão ganhando do que ao que estão perdendo e gastos tradicionais quase nunca são revistos”, explica o especialista.

Para Macedo, é importante que a cada início de ano sejam revistos os contratos com os fornecedores de produtos em geral, desde o cafezinho e o material de escritório até os contratos de prestação de serviços terceirizados, como limpeza, telefonia, logística, etc. “Como é preciso de tempo disponível para fazer novas e diferentes cotações, rever contratos e renegociar ou trocar fornecedores, quase sempre isso acaba ficando em segundo plano, mas se os custos que a empresa tiver forem maiores do que os praticados no mercado ou maiores do que poderiam ser, caso fossem renegociados, então a lucratividade pode ser comprometida”, alerta ele.

Criar uma cultura na empresa onde todos os funcionários estejam comprometidos com a redução de custos e revejam constantemente de os investimentos realizados não estão se tornando gastos, é de extrema importância, segundo Macedo, e deve começar pela diretoria da empresa. “Rever processos, observar índices de reajuste, renegociar contratos, entre outras atitudes faz com que a empresa possa detectar falhas e enxergar possíveis desperdícios no dia-a-dia”, completa ele.