quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Franquias: elas querem o interior de São Paulo


Aluguéis mais baratos em relação aos grandes centros e consumidores ávidos por grandes marcas fazem com as que as redes se voltem enxerguem no interior de São Paulo grandes oportunidades para expandir seus negócios

Há alguns anos que as franquias se voltam para o interior para driblar a saturação das capitais. Ainda com muito espaço e sempre receptivas com grandes redes, as cidades do interior apresentam como vantagem pontos de venda com valor de aluguel inferior às capitais e consumidores ávidos por novidades e grandes marcas.

De olho nisso, as redes que nasceram na Capital como as paulistas Dídio Pizza e Mr Kids, buscam nas cidades do interior pontos para expansão e crescimento. As unidades já instaladas em cidades como Campinas, Santo André e São Bernardo do Campo, como um exemplo do potencial do interior de São Paulo, mostram para as redes o que elas têm a ganhar expandindo fora das capitais.
“Nossas lojas no interior performam bem e muito rápido, pois o público gosta de novidades e bons produtos. Na Dídio, temos um estudo que mostra os melhores pontos e onde nosso potencial cliente está e é ele que nos orienta na busca por franqueados, pois não instalamos lojas onde não haja condições de crescer muito. Se a cidade ou o bairro estão na nossa mira é porque tem um potencial imenso e quem investe na abertura de unidade ali pode e vai crescer”, afirma Elídio Biazini, diretor da Dídio Pizza, rede paulistana de pizzarias delivery.

O investimento na Dídio Pizza é de R$ 310 mil e a rede oferece o modelo americano “chave na mão”. O franqueado investe e recebe a loja pronta para operar em pouco mais de um mês, tempo em que ele recebe o treinamento completo para operar a unidade. 

Para quem busca uma rede de investimento menor e no modelo home Office a Mr Kids – rede de vending machines de brinquedos e doces - é uma excelente opção. A rede com mais de 140 franqueados busca novos investidores no interior de São Paulo em cidades como Limeira, Piracicaba, Presidente Prudente e Bauru entre outras. Para facilitar a vida dos franqueados, a rede negocia pontos com redes de hipermercados como Extra, Carrefour, Assai Atacado, Tenda Atacado e Shopings Centers antes mesmo de ter o franqueado, o que possibilita a abertura da unidade logo após a assinatura do contrato de franquia.  O investimento na rede é de R$18.700 que podem, inclusive, ser parcelados conforme negociação com a franqueadora.  

Também de olho no interior de São Paulo, está a paranaense Anjos Colchões. A rede possui 50 unidades em todo o Brasil e agora se volta para as cidades do interior de São Paulo. Com dois modelos de lojas, o tradicional - com até 200m² e apenas dois funcionários - e o modelo Prime lançado no início deste ano – maior mix de produtos incluindo estofados exclusivos da marca -, a rede pretende abrir  pelo menos mais 4 unidades até o final do ano.  O investimento de R$140 mil é o mesmo para os dois modelos de loja. 

 
Anjos Colchões – Ficha técnica
Investimento total (com a Taxa de Franquia incluída): a partir de R$ 140.000,00
Capital de Giro: R$ 50 a 100 mil
Taxa de Franquia: R$ 20.000,00
Taxa de Royalties: 10% na compra.
Metragem média das unidades: de 90 a 300 m²
Número mínimo de funcionários: de 2 a 3 funcionários
Lucratividade: entre 10% a 15% de acordo com o faturamento.
Prazo de contrato: 5 anos
Contato: www.anjoscolchoes.com.br

 
 DÍDIO PIZZA – ficha técnica
Investimento inicial: R$ 310 mil
Taxa de franquia (inclusa no investimento inicial): R$ 55 mil
Capital de Giro R$ 30 mil
Taxa de royalties 9% sobre Faturamento Bruto
Taxa de Propaganda: 2% sobre Faturamento Bruto
Faturamento médio mensal de uma loja: R$ 70 mil no primeiro ano
Metragem mínima de uma loja: 85m²
Lucratividade do franqueado: Média de 12%
Retorno do investimento: 27 meses
Número de funcionários media por loja: 11 funcionários
Tempo de contrato: 4 anos
Mais informações: www.didio.com.br

 


Mr. Kids – Ficha Técnica
Investimento Total: R$ 18,7 mil
Taxa de Franquia: R$ 5 mil
Valor equipamentos: 11.7 mil
Valor de produtos para abastecimento das máquinas: 2.000
Taxa de Royalties: não cobra
Taxa de Propaganda: não cobra
Faturamento médio mensal: de R$ 1.600,00 a R$ 30 mil ou mais
Lucratividade: de 35 a 40%
Número de Funcionários: 0
Retorno do Investimento: 15 a 18 meses
Prazo do contrato: Três anos
Contato da Franqueadora: franquia@mrkids.com.br ou 11 5058-2111

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Microfranquia que fatura 28 toneladas de moedas anualmente investe em máquina que troca cédulas e busca franqueado em Americana


A rede tem faturamento mensal de R$1.600 até R$30 mil conforme o numero de máquinas ainda oferece parcelamento do investimento inicial de R$18.700 para facilitar a entrada no mercado local


A franquia de máquinas de brinquedos e doces Mr. Kids volta seus olhos para Americana. Com pontos já negociados pela franqueadora na cidade e possibilidade de instalação rápida de maquinas em locais como supermercados e parques da região a rede busca seu primeiro franqueado local. Os pontos já negociados para a instalação na cidade permite que os novos franqueados tenham disponibilidade praticamente imediata para começar a operar as máquinas de doces e brinquedos, logo depois da assinatura do contrato de franquia.

“Uma das condições mais importantes para escolhermos um ponto para nossas maquinas é a circulação de crianças no local. Quem investir em Americana, terá um negócios privilegiado em mãos”, conta Antônio Chiarizzi, diretor da rede.

Para facilitar a compra da franquia e atrair mais candidatos, a franqueadora também está facilitando o pagamento, mesmo com um investimento considerado baixo, que é de R$ 18,7 mil. “Essa iniciativa é para que os nossos novos franqueados ganhem fôlego nos primeiros meses do negócio, já que a maioria de nossos candidatos são pessoas que estão ávidas por um novo negócio, principalmente com a atual conjuntura que todo brasileiro está vivendo. Cobramos a Taxa de Franquia à vista, que é de R$ 5 mil e o restante após o recebimento da ficha de pré-qualificação e análise de crédito. O franqueado poderá pagar o restante em até 5 vezes no boleto ou em 6 vezes no cartão”, explica Antonio Chiarizzi, fundador da Mr. Kids.

Uma novidade da rede é que, para driblar o problema da falta de moedas no mercado, a franquia investiu na instalação de máquinas que trocam cédulas por fichas e viu o faturamento crescer 40% nos pontos em que o dispositivo foi instalado. “Pesquisamos e vimos que não podíamos ficar reféns das moedas mesmo que nossas máquinas só funcionem com elas. Tínhamos que pensar em alternativas e esta máquina que converte dinheiro em fichas do mesmo tamanho de moedas de R$ 1,00 é a melhor opção, uma vez que ela ocupa pouco espaço no ponto e é de funcionamento bastante simples”, comenta Chiarizzi.

O Mr. Kids possui 138 franquias e mais de 6 mil máquinas espalhadas por diversos pontos de venda. Em 2016, a rede faturou R$ 3,6 milhões e a meta para 2017 é a venda de 50 novas franquias e um crescimento de 40%.

 
Mr. Kids – Ficha Técnica
Investimento Total: R$ 18,7 mil
Taxa de Franquia: R$ 5 mil
Valor equipamentos: 11.7 mil
Valor de produtos para abastecimento das máquinas: 2.000
Taxa de Royalties: não cobra
Taxa de Propaganda: não cobra
Faturamento médio mensal: de R$ 1.600,00 a R$ 30 mil ou mais
Lucratividade: de 35 a 40%
Número de Funcionários: 0
Retorno do Investimento: 15 a 18 meses
Prazo do contrato: 3 anos
Contato da Franqueadora: franquia@mrkids.com.br ou 11 5058-2111


Dídio Pizza lança venda pelo “Facebook” e busca primeiro franqueado em Santos


Com 26 unidades no Estado e faturamento de R$30 milhões, Dídio Pizza e quer chegar a Santos

 
A rede de Pizzarias delivery Didio Pizza, busca franqueado para abertura de sua primeira unidade em Santos.

Uma das diferenças da rede é o modelo de negócio chave na mão em que o novo franqueado investe o valor inicial e recebe a loja pronta para operar. “Enquanto o franqueado está em treinamento, estamos montando tudo para ele e entregamos a pizzaria pronta para abrir as portas”, explica Elídio Bizini, diretor da rede.

Com unidades na Capital e no interior paulista, a rede está em processo de captação de franqueados para suas próximas lojas. Com faturamento médio mensal de R$ 70 mil no primeiro ano de operação e investimento inicial de R$ 310 mil, a Dídio Pizza é uma boa opção para quem está em Santos e região e busca um negócio sólido para investir.

De acordo com Elídio Biazini, diretor da rede, a cidade tem o perfil e potencial que a Didio Pizza procura em sua expansão. “Lojas em Santos tem tudo para serem unidades de sucesso. O público da cidade está dentro do target que nosso estudo de geoprocessamento aponta. O novo franqueado que investir terá um negócio de sucesso nas mãos”, garante Biazini.

Dídio lança ChatBot

Para pedir uma pizza da rede paulista Dídio Pizza não é mais necessário nem abrir o aplicativo de delivery. Por meio da ferramenta Chatbot, que une inteligência artificial e o Messenger, a rede começou a vender pizzas pelo Facebook em um processo que não leva mais que 1 minuto.

Para comprar, o cliente só precisa abrir a janela de mensagens inbox na fanpage oficial da pizzaria no Facebook e seguir os passos indicados pela ferramenta que responde automaticamente ao que é pedido. Textos intuitivos e simples garantem a rapidez e a assertividade no atendimento. O pedido é encaminhado para a central da rede de pizzarias que o repassa para a loja mais próxima ao cliente. Nas primeiras semanas, a ferramenta ainda oferece uma vantagem extra: os pedidos feitos por este canal não possuem taxa de entrega.

A Dídio Pizza possui hoje 26 lojas espalhadas pela capital paulista e cidades do interior do Estado e em 2016 fora 556 mil pizzas vendidas o faturamento da rede chegou a R$30milhões. Além de Limeira, o plano de expansão da Dídio Pizza inclui, Sorocaba, Santos, Mogi das Cruzes, Americana, Piracicaba, Guarulhos, entre outras.


DÍDIO PIZZA – ficha técnica
- Investimento inicial: R$ 310 mil
- Capital de Giro (incluso no investimento inicial): R$ 30 mil
- Taxa de franquia (inclusa no investimento inicial): R$ 55 mil
- Taxa de royalties 9% sobre Faturamento Bruto
- Taxa de Propaganda: 2% sobre Faturamento Bruto
- Faturamento médio mensal de uma loja: R$ 70 mil no primeiro ano
- Metragem mínima de uma loja: 85m²
- Lucratividade do franqueado: Média de 12%
- Retorno do investimento: 27 meses
- Número de funcionários por loja: 11 funcionários
- Tempo de contrato: 4 anos
Mais informações: www.didio.com.br

Linha Fashion Jeans da i2Go: cabos e acessórios para celulares


Inspirada na versatilidade e ar despojado do jeans, i2Go traz produtos que vão de baterias externas até chaveiros com mini cabo para Iphone e Android, todos revestidos em Jeans.

Recém lançada, a Linha Fashion Jeans chega ao mercado mirando os clientes mais descolados. Os acessórios para celular deixam de ser apenas uma utilidade e ganham estilo e identidade para se tornarem por si sós objetos de desejo. Essa é a posposta da  marca I2GO  que desde sua criação em 2013 preocupa-se em lançar produtos duráveis que unem estilo à qualidade e preço justo em suas linhas de acessórios essenciais para celulares e tablets.

A Linha Fashion Jeans chega com cabos, carregadores, power bank, e fone de ouvido.  Os preços variam entre R$29,90 a R$99,90. Está disponível no mercado e no e-commerce da marca (www.i2go.com.br). 


Produtos da linha Fashion Jeans:Cabo Micho-USB – conexão Micro-USB, alta velocidade, cabo resistente (Android e outros): R$ 49,90

Cabo Lightning – Chip original Apple, alta velocidade, cabo resistente (iPod, IPhone e IPad): R$ 99,90

Chaveiro com cabo Lightning – prático, resistente, chip original Apple e alta velocidade (iPod, Iphone e Ipad): R$ 99,90

Chaveiro com cabo Micro-USB – prático, resistente, conexão micro-usb e alta velocidade (Android e outros): R$ 49,90

Carregador veicular 2 USB – 2 saídas USB, potência 3,1 amps, proteção garantida: R$ 59,90

Carregador de tomada USB – 1 saídas USB, potência 2,4 amps, proteção garantida: R$ 59,90

Fone de ouvido com estojo – Som nítido e potente, estojo seguro e portátil, com microfone (controle de música): R$ 69,90

Bateria portátil – Carga rápida, proteção garantida, bateria tipo AI Premium, 5000 mAh de capacidade: R$ 129,90

Jeans Pocket – Útil e prático, adesivo qualidade 3M, fácil de usar: R$ 29,90


quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Empreendedorismo: Da infância simples na cidade de Capitão Leônidas Marques, no Paraná, até a construção de um império de estofados e colchões



Presidente da rede Anjos Colchões começou do zero, perdeu tudo em um incêndio e deu a volta por cima construindo uma rede de franquias de 54 unidades e três plantas fabris



Claudinei dos Anjos, fundador da rede de franquias Anjos Colchões, possui uma história de empreendedorismo surpreendente. Filho de um humilde vendedor de cereais no interior do Paraná, Claudinei superou até um incêndio para hoje ser um empresário de sucesso.

Mesmo com poucos recursos, seus pais faziam questão que os 4 filhos estudassem em colégio particular na cidade vizinha de Cascavel, para que pudessem ter uma vida mais confortável, pois o sonho do seu pai era que seus filhos fossem Gerentes de Banco.

Em 1991, com 20 anos de idade e já casado, Claudinei montou seu primeiro negócios: uma loja de estofados onde trabalhava com apenas 4 funcionários. "A gente não conseguia vender, na época precisava comprar uma furadeira e nem pra isso tinha crédito. Mas eu acreditava nos meus sonhos e persisti", diz Claudinei.

Aos poucos os negócios começaram a engrenar. De um barracão que pagava para usar, Claudinei fez todo um parque fabril e começou a ganhar notoriedade, de uma loja o empresário já tinha sua primeira fábrica de estofados.

Com os negócios já estabelecidos, a fábrica de estofados sofreu um incêndio de grandes proporções e nada sobrou. O empresário viu tudo se perder em chamas, literalmente. Muito abalado, neste momento, o empresário pensou que talvez fosse a hora de desistir. Por sorte, foi só um pensamento. "Quando ocorreu o incêndio, eu tinha alguns caminhões. Pensei em vender, pagar todas as contas e desistir. Mas, ao mesmo tempo, eu vi que tinha construído tudo aquilo", afirma. O próximo passo foi deixar de lamentar e procurar soluções. Pediu uma “concordata branca”, como ele mesmo define, entrou em acordo com as companhias para que elas não deixassem de fornecer matéria-prima e solicitou prazos para o pagamento das mesmas. 

Em dois anos, as dívidas foram zeradas e foi assim que reencontrou o caminho do sucesso. 

Depois de zerar as dívidas, era necessário voltar a lucrar. Além de começar a fazer linhas mais altas de sofás, Claudinei viu a possibilidade de aumentar os ganhos por meio da expansão dos negócios. Com a criação da rede Anjos Colchões e da D Angelis Indústria Móbili, o empresário formou o grupo Anjos do Brasil, que hoje emprega mais de 700 funcionários diretos na produção de estofados e colchões. Além disso, desde 2007, a Anjos Colchões foi aberta para franquias, contando hoje com 54 unidades espalhadas pelo Brasil. 

A Anjos Colchões é uma empresa 100% nacional que conta hoje com um complexo fabril de 27.000 m2 de área construída, num terreno de 73.000 m2.


segunda-feira, 11 de setembro de 2017

Mr Kids abre 26 novas unidades e meta são 14 novos franqueados até dezembro


A rede de vending machines tem investimento de R$18.700 e foca sua expansão no interior de São Paulo e no Nordeste. São mais de 800 pontos de venda já negociados e esperando os novos franqueados

Investimento baixo, modelo de negócio Home Office que permite conciliar a franquia com outro negócio e máquina que troca cédulas por fichas são alguns dos segredos do sucesso do Mr Kids. A rede de vending machines que comercializa brinquedos e doces fechou o primeiro semestre com 26 novos franqueados, uma média de 4 novos franqueados por mês. 

Ao todo o Mr Kids já soma 138 franqueados e a meta é de mais 14 novos franqueados na rede até dezembro, totalizando 40 novas franquias em 2017. O sucesso da rede que se vale da simplicidade de um negócio clássico – quem nunca, na infância, quis um brinquedo de uma das máquinas que funcionam por moedas? -, mas que nem por isso deixa de ter inovações.

Para garantir a boa rentabilidade e faturamento dos franqueados, a rede investiu na criação de uma maquina própria que troca cédulas por fichas compatíveis com os equipamentos do Mr Kids. Assim, tendo um faturamento completamente depende de moedas, os franqueados não são mais reféns das mesmas, que andam escassas no mercado. Nos pontos onde a nova máquina já foi instalada, o aumento do faturamento chega a até 50%. 

A meta da rede, que no ano passado faturou R$3,6 milhões (o equivalente a 28 toneladas de moendas de R$1), é conquistar mais 14 franqueados até dezembro. O foco está no interior de São Paulo e a Capital e nas cidades do nordeste. Para facilitar ainda mais a vida dos novos franqueados, a rede negocia com o seu poder de negociação pontos de venda em hipermercados como rede Extra, Carrefour, Assai Atacado, Tenda Atacado, GBarbosa (nordeste), Bretas (Goiás),  Prezunic (Rio de Janeiro)  e em todo o país além de aeroportos e shoppings centers. 

Para se tornar um franqueado o investimento inicial é de R$18.700. Cerca de 800 pontos em todo o Brasil já estão disponíveis e esperando por novos franqueados. Um franqueado do Mr Kids fatura entre R$ 1.600,00 a R$ 30 mil dependendo do numero de máquinas instaladas que possui. A lucratividade é de 35% a 40%.  

 
Mr. Kids – Ficha Técnica
Investimento Total: R$ 18,7 mil
Taxa de Franquia: R$ 5 mil
Valor equipamentos: 11.7 mil
Valor de produtos para abastecimento das máquinas: 2.000
Taxa de Royalties: não cobra
Taxa de Propaganda: não cobra
Faturamento médio mensal: de R$ 1.600,00 a R$ 30 mil ou mais
Lucratividade: de 35 a 40%
Número de Funcionários: 0
Retorno do Investimento: 15 a 18 meses
Prazo do contrato: 3 anos
Contato da Franqueadora: franquia@mrkids.com.br ou 11 5058-2111

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

I2GO lança Linha Fashion Jeans e traz moda e estilo para cabos e acessórios para celulares


Inspirada na versatilidade e ar despojado do jeans, a empresa criou uma linha que traz produtos que vão de baterias externas com 4 cargas até chaveiros com mini cabo para Iphone e Android revestidos do icônico tecido


Recém lançada, a Linha Fashion Jeans chega ao mercado mirando os clientes mais descolados. Os acessórios para celular deixam de ser apenas uma utilidade e ganham estilo e identidade para se tornarem por si sós objetos de desejo. Essa é a posposta da  marca I2GO  que desde sua criação em 2013 preocupa-se em lançar produtos duráveis que unem estilo à qualidade e preço justo em suas linhas de acessórios essenciais para celulares e tablets.

A Linha Fashion Jeans chega com cabos, carregadores, power bank, e fone de ouvido.  Os preços variam entre R$29,90 a R$99,90.  Ela estará disponível no mercado o no e-commerce da marca (www.i2go.com.br). Conforme explica Marcelo Castro, um dos sócios fundadores: “A nova linha chega para quem busca além de qualidade, um produto bonito e diferente. Entendemos que o nosso público quer o equipamento de qualidade, mas também quer o estilo. Unimos tudo isso na Linha Fashion Jeans”.

Nascida em 2013, a I2GO já é famosa pelo constante lançamento de novas linhas e pela qualidade dos cabos, carregadores e acessórios super coloridos, e ainda oferece 3 anos de garantia para seus clientes em todo o país. Os cabos para Iphone possuem certificação Apple.


Linha Fashion Jeans

Produtos da linha Fashion Jeans:
Cabo Micho-USB – conexão Micro-USB, alta velocidade, cabo resistente (Android e outros): R$ 49,90
Cabo Lightning – Chip original Apple, alta velocidade, cabo resistente (iPod, IPhone e IPad): R$ 99,90
Chaveiro com cabo Lightning – prático, resistente, chip original Apple e alta velocidade (iPod, Iphone e Ipad): R$ 99,90
Chaveiro com cabo Micro-USB – prático, resistente, conexão micro-usb e alta velocidade (Android e outros): R$ 49,90
Carregador veicular 2 USB – 2 saídas USB, potência 3,1 amps, proteção garantida: R$ 59,90
Carregador de tomada USB – 1 saídas USB, potência 2,4 amps, proteção garantida: R$ 59,90
Fone de ouvido com estojo – Som nítido e potente, estojo seguro e portátil, com microfone (controle de música): R$ 69,90
Bateria portátil – Carga rápida, proteção garantida, bateria tipo AI Premium, 5000 mAh de capacidade: R$ 129,90
Jeans Pocket – Útil e prático, adesivo qualidade 3M, fácil de usar: R$ 29,90

terça-feira, 22 de agosto de 2017

Microfranquia que fatura 28 toneladas de moedas ao ano investe em máquina que troca cédulas para não perder clientes


A franquia, que trabalha apenas com moedas, viu o faturamento crescer 40% nos pontos em que o novo equipamento foi instalado


Com um faturamento anual que, pesado, são literalmente mais de 28 toneladas de moedas de R$ 1,00, a rede de vending machines Mr Kids encontrou uma solução eficiente para o problema da falta de moedas no mercado.  

Suas máquinas, que comercializam doces e brinquedos por R$ 2,00 ou R$ 3,00, funcionam apenas com moedas e muitas vendas eram perdidas quando essas faltavam nos bolsos dos pais e crianças.  Para driblar o problema, a rede de franquias investiu na instalação de máquinas que trocam cédulas por fichas e viu o faturamento crescer 40% nos pontos em que o dispositivo foi instalado. “Pesquisamos e vimos que não podíamos ficar reféns das moedas mesmo que nossas máquinas só funcionem com elas. Tínhamos que pensar em alternativas e esta máquina que converte dinheiro em fichas do mesmo tamanho de moedas de R$ 1,00 é a melhor opção, uma vez que ela ocupa pouco espaço no ponto e é de funcionamento bastante simples”, comenta Antonio Chiarizzi, diretor da franquia.

Produzidas no Brasil, porém, com peças importadas, as trocadoras de cédulas precisam apenas ser instaladas ao lado das máquinas com os produtos e não necessitam de energia elétrica para funcionar. Foram testadas por 4 meses antes do começo da implantação na rede e mostraram um aumento nas vendas de até 40% no faturamento do ponto de venda.  Até o momento, 48 franqueados já instalaram os novos equipamentos e até o final do ano toda a rede deve estar coberta. 

Com 138 franqueados em operação, são mais de 6.200 máquinas em todo o país com a marca Mr Kids, só no ano passado o faturamento atingiu R$3,6 milhões e a previsão é de um crescimento de 40% neste ano.  Para se tornar um franqueado o investimento inicial é de R$18.700 e existem mais de 800 pontos já negociados pela franqueadora com hipermercados como Walmart, rede Extra e Pão de Açúcar em todo o país além de aeroportos e shoppings centers. 

Sobre a produção de moedas no Brasil 

Cada vez mais escassas, as moedas estão sumindo do mercado. O problema é agravado pela diminuição na produção de moedas desde 2014, que ocorre -- segundo o Banco Central -- devido à necessidade de redução da despesa pública no âmbito federal. 
Até junho do ano passado foram disponibilizadas 187,7 milhões de unidades de novas moedas. Em 2015, o BC disponibilizou 685 milhões de novas unidades. Existem hoje em circulação 24,01 bilhões de unidades de moedas ou R$ 6,33 bilhões em valor, o que corresponde a uma disponibilidade per capita de R$ 29,28 em moedas e 116 moedas por habitante. 


Mr. Kids – Ficha Técnica
Investimento Total: R$ 18,7 mil
Taxa de Franquia: R$ 5 mil
Valor equipamentos: 11.7 mil
Valor de produtos para abastecimento das máquinas: 2.000
Taxa de Royalties: não cobra
Taxa de Propaganda: não cobra
Faturamento médio mensal: de R$ 1.600,00 a R$ 30 mil ou mais
Lucratividade: de 35 a 40%
Número de Funcionários: 0
Retorno do Investimento: 15 a 18 meses
Prazo do contrato: 3 anos
Contato da Franqueadora: franquia@mrkids.com.br ou 11 5058-2111

segunda-feira, 21 de agosto de 2017

Test drive é opção para quem quer ter certeza em que negócio investir


Anjos Colchões e Dídio Pizza oferecem a possibilidade para que candidato possa conhecer a fundo o negócio antes de assinar o contrato 

O famoso “test drive” que muitas concessionárias de veículos fazem para que os compradores possam testar o carro que desejam comprar, também está disponível em oportunidades de negócios, como em algumas franquias. 

Mudar de vida e comprar uma franquia é uma decisão importante, que requer muita pesquisa e cuidados. Então, por que não conhecer melhor aquele negócio antes de decidir se é isso mesmo que as pessoas desejam para os próximos anos de suas vidas?

O test drive normalmente é um dia onde o candidato à franquia acompanha todos os processos do negócio, desde o horário de abertura, até o fechamento da loja. Ele acompanha a abertura do caixa, a limpeza, eventual contagem de estoque, preparação de tudo o que vai ser vendido, até a prospecção de clientes. Tudo isso para ter certeza de que realmente quer ter essa rotina diária de trabalho, se resolver comprar a franquia.


Na Anjos Colchões, rede de franquias de colchões e estofados, para ser um franqueado é necessário passar por um processo de ambientação, que consiste em conhecer todo o processo de fabricação estrutura de negócio e suas particularidades. Só depois desse período o candidato a franqueado da rede pode firmar o interesse na franquia. 

“Após essa etapa a franqueadora irá avaliar o perfil do candidato e verificar se ele possui afinidade com o sistema de gestão da rede. Uma vez aprovado, é hora do treinamento, que tem duração de 10 dias e abordam aspectos teóricos e práticos para se tornar um franqueado da rede”, explica Claudinei dos Anjos, diretor Anjos Colchões.

Na franquia de pizzarias delivery Dídio Pizza, o test drive acontece da mesma forma. O candidato passa um dia “comandando” uma das pizzarias da rede para ver como funciona o trabalho em todas as etapas, para enfim decidir se realmente deseja ser um franqueado. Todo o processo acontece em uma unidade franqueada para que um franqueado mais antigo da rede possa passar toda sua experiência para o interessado. 

O test drive serve para que o candidato selecione a franquia que deseja e não o contrário e faz toda a diferença na tomada de decisão pela franquia, pois faz com que o investidor se sinta mais seguro quanto a investir ou não em um negócios que será seu pelos próximos anos e se realmente tem afinidade com ele. 

Sobre as redes 

Atualmente a Anjos Colchões possui 50 unidades em operação:45  franqueadas, 5 próprias. Todos os produtos Anjos Colchões são de fabricação própria e as franquias contam com 3 indústrias do grupo para o fabricação dos colchões e estofados e são atendidos em média 200 clientes por mês em cada unidade.  A Dídio Pizza, possui 26 unidades. A rede faturou R$31 milhões no ano passado e 556 mil pizzas foram comercializadas.

No mercado há mais de 20 anos, a Dídio Pizza se tornou uma das referencias em delivery de pizza em São Paulo.  Com 26 lojas, um faturamento consistente na casa do R$31 milhões e 560 mil pizzas vendidas a cada ano, o sucesso, acredita Elídio Biazini, se deve a busca constante por inovação.

Anjos Colchões – Dados Técnicos:
Investimento a partir : a partir de R$ 120.000,00 
Taxa de Franquia: R$ 20.000,00
Fundo de Propaganda: 2 % sobre as  compras.
Faturamento médio: R$ 60.000,00
Lucratividade estimada de  10% a 15% do faturamento.
Royalties de 10 % já incluso no valor de compra do produto.
Contato: www.anjoscolchoes.com.br


DÍDIO PIZZA – dados técnicos
Investimento inicial: R$ 310 mil
Taxa de franquia (inclusa no investimento inicial): R$ 55 mil
Capital de Giro: R$ 30 mil
Taxa de royalties: 9% sobre Faturamento Bruto
Taxa de Propaganda: 2% sobre Faturamento Bruto
Faturamento médio mensal de uma loja: R$ 70 mil no primeiro ano
Metragem mínima de uma loja: 85m²
Lucratividade do franqueado: Média de 12%
Retorno do investimento: 27 meses
Número de funcionários media por loja: 11 funcionários 
Tempo de contrato: 4 anos
Mais informações: www.didio.com.br

quarta-feira, 9 de agosto de 2017

Dídio Pizza investe R$300 mil em criação de Centro de Distribuição único para a rede franqueada


O Centro de Distribuição, que funciona na Lapa, reduz custos com frete, aumenta margem de negociação da rede e diminuiu o desperdício em 40%


No mercado há mais de 20 anos, a Dídio Pizza se tornou uma das referencias em delivery de pizza em São Paulo.  Com 26 lojas, um faturamento consistente na casa do R$31 milhões e 560 mil pizzas vendidas a cada ano, o sucesso, acredita o diretor da rede Elídio Biazini se deve a busca constante por inovação.

Para ter sucesso no mercado, a rede que sempre inova nos sabores e parcerias para suas pizzas, também investe em processos ao mecanizar suas cozinhas,  criar CDD (Centro de Distribuição) e investir na criação de novos canais de venda como o recém lançado Chatbot. 


Com investimento inicial de R$300 mil foi criado neste ano o Centro de Distribuição (CDD) da Dídio Pizza. O local funciona na unidade da Lapa, em São Paulo, e ele é responsável pelo processamento de todos os insumos dos franqueados. Todos os fornecedores entregam em um mesmo endereço, o que reduz o frete e dá uma margem maior de negociação devido ao maior volume da compra. Todo o sistema é transparente com os franqueados que pagam apenas pelos insumos. Não se comercializa produtos entre a franqueadora.

Nas cozinhas das unidades da Dídio Pizza, todos os ingredientes chegam  porcionados pelo  Centro e Distribuição Central que processa tudo para os franqueados. Com a iniciativa, o desperdício diminuiu em 40%. As compras são feitas conforme o movimento de cada unidade para nunca se comprar mais que o necessário. Tudo sempre na medida.

Outro investimento em tecnologia da Didio Pizza nos últimos meses é o sistema totalmente integrado de gestão. Com um investimento de R$130 mil, a rede montou um único programa que controla desde o recebimento de mercadoria, estoque, passando pelas questões fiscais até conciliação bancaria.  Com isso os franqueados têm maior controle sobre os custos, verificação em tempo real da media de preços de produtos e podem tomar suas decisões.  

Conforme Elidio Biazini o sistema foi implantado há pouco meses nas unidades próprias e já apresenta índices positivos como a diminuição de tempo, maior assertividade e controle de custos. 

DÍDIO PIZZA – ficha técnica
- Investimento inicial: R$ 310 mil
 - Taxa de franquia (inclusa no investimento inicial): R$ 55 mil
 - Capital de Giro R$ 30 mil
- Taxa de royalties 9% sobre Faturamento Bruto
- Taxa de Propaganda: 2% sobre Faturamento Bruto
- Faturamento médio mensal de uma loja: R$ 70 mil no primeiro ano
- Metragem mínima de uma loja: 85m²
- Lucratividade do franqueado: Média de 12%
- Retorno do investimento: 27 meses
- Número de funcionários media por loja: 11 funcionários 
- Tempo de contrato: 4 anos
Mais informações: www.didio.com.br

sexta-feira, 28 de julho de 2017

Didio Pizza lança chatbot e busca primeiro franqueado em Limeira



Com 26 unidades no Estado e faturamento de R$30 milhões, Dídio Pizza busca franqueado em Limeira



A rede de Pizzarias delivery  Didio Pizza, busca franqueado para abertura de sua primeira unidade em Limeira. A rede paulistana possui sistema chave na mão, onde o novo franqueado recebe a loja pronta para operar sem ter que se preocupar com escolha de ponto ou reforma.  

Com unidades na Capital e no interior paulista, a rede está em processo de captação de franqueados para suas próximas lojas. Com faturamento médio mensal de R$ 70 mil no primeiro ano de operação e investimento inicial de R$ 310 mil, a Dídio Pizza é uma boa opção para quem está em Paulínia e região e busca um negócio sólido para investir.

De acordo com Elídio Biazini, diretor da rede, a cidade tem o perfil e potencial que a Didio Pizza procura em sua expansão. “Lojas em Limeira tem tudo para serem unidades de sucesso. O público da cidade está dentro do target que nosso estudo de geoprocessamento aponta. O novo franqueado que investir terá um negócio de sucesso nas mãos”, garante Biazini.

Dídio lança ChatBot
Para pedir uma pizza da rede paulista Dídio Pizza não é mais necessário nem abrir o aplicativo de delivery. Por meio da ferramenta Chatbot, que une inteligência artificial e o Messenger, a rede começou a vender pizzas pelo Facebook em um processo que não leva mais que 1 minuto.

Para comprar, o cliente só precisa abrir a janela de mensagens inbox na fanpage oficial da pizzaria no Facebook e seguir os passos indicados pela ferramenta que responde automaticamente ao que é pedido. Textos intuitivos e simples garantem a rapidez e a assertividade no atendimento. O pedido é encaminhado para a central da rede de pizzarias que o repassa para a loja mais próxima ao cliente. Nas primeiras semanas, a ferramenta ainda oferece uma vantagem extra: os pedidos feitos por este canal não possuem taxa de entrega. 

A Dídio Pizza possui hoje 26 lojas espalhadas pela capital paulista e cidades do interior do Estado e em 2016 fora 556 mil pizzas vendidas o faturamento da rede chegou a R$30milhões. Além de Limeira, o plano de expansão da Dídio Pizza inclui, Sorocaba, Santos, Mogi das Cruzes, Americana, Piracicaba, Guarulhos, entre outras.


DÍDIO PIZZA – ficha técnica
- Investimento inicial: R$ 310 mil
- Capital de Giro (incluso no investimento inicial): R$ 30 mil
- Taxa de franquia (inclusa no investimento inicial): R$ 55 mil
- Taxa de royalties 9% sobre Faturamento Bruto
- Taxa de Propaganda: 2% sobre Faturamento Bruto
- Faturamento médio mensal de uma loja: R$ 70 mil no primeiro ano
- Metragem mínima de uma loja: 85m²
- Lucratividade do franqueado: Média de 12%
- Retorno do investimento: 27 meses
- Número de funcionários por loja: 11 funcionários 
- Tempo de contrato: 4 anos
Mais informações: www.didio.com.br


quinta-feira, 27 de julho de 2017

Anjos Colchões lança modelo Prime


Loja possui mesma taxa de franquia, mix de produtos maior e maior rentabilidade em comparação a uma unidade tradicional da rede

Estruturada para atender o público A e A+, as lojas Prime da rede Anjos Colchões possui o dobro do tamanho de uma unidade tradicional da rede foi desenvolvido como estratégia de expansão para cidades maiores e capitais.

O novo modelo mantém a mesma taxa de franquia (R$120mil) do modelo tradicional assim como todos os outros indicadores, porém, a loja Prime são maiores e possuem um mix de produtos especial.  O conceito traz lojas sofisticadas e produtos exclusivos, feitos pela própria indústria da marca. 

De acordo com Claudinei dos Anjos, diretor da rede, a estratégia visa  alcançar as cidades acima de 100 mil habitantes. “Enquanto uma loja normal da rede pode ser instaladas em cidades de 50 mil habitantes, o modelo prime é ideal para os cidades maiores do interior do país”, diz Claudinei.

Atualmente a Anjos Colchões possui 52 unidades em operação: 33 franqueadas, 18 próprias e a previsão de inauguração de 20 unidades até o final do ano. Todos os produtos Anjos Colchões são de fabricação própria e as franquias contam com 3 indústrias do grupo para o fabricação dos colchões e estofados. São atendidos em média 200 clientes por mês em cada unidade.

Anjos Colchões – Ficha técnica:
Investimento total (s/ taxa de franquia): a partir de R$ 120.000,00 
Taxa de Franquia: R$ 20.000,00
Capital de Giro: R$ 50 a 100 mil
Taxa de Royalties: 10% na compra.
Metragem média das unidades: de 90 a 300 m²
Número mínimo de funcionários: 2 
Lucratividade: entre 10% a 15% de acordo com o faturamento.



Empresários movimentam R$2 milhões em negócios trabalhando o networking coorporativo


Os empresários Glauco Vega e Guilherme Galletti perceberam que o networking no Brasil ainda é bastante deficiente, no sentido de ser feito de forma bastante informal e viram aí uma oportunidade de negócios

A partir do seu rico “caderno de contatos” resolveram transformar esse networking informal em um negócios que em pouco mais de 2 anos já movimenta algo em torno de R$ 2 milhões. Assim nasceu a República de Negócios, uma empresa que se propõe a fazer a ponte entre  quem tem o problema e quem tem a solução.

Glauco Vega
A ideia é ir além do que os clubes de networking geralmente fazem quando apenas apresentam empresários uns aos outros. A facilitadora de negócios idealizada por Glauco Vega e Guilherme Galletti, se propõe antes de tudo,  entender as necessidades dos empresários, “as suas dores”, como costumam dizer os sócios. 

A República de Negócios foi criada como um ecossistema fechado de empresas que tem um alto nível de relacionamento no mercado e estão desenvolvendo projetos de grande impacto e muito consistentes. “Unimos todas estas empresas para poder gerar o maior valor possível para o mercado e assim dispondo de uma vasta proposta de valor para seus parceiros e clientes”, explica Vega.

A metodologia da empresa está baseada em quarto pilares básicos que são a proximidade (trata da relação de confiança), a intenção (onde são expostos os porquês de aproximar aquelas duas empresas), a intensidade (fazer a comunicação entre as empresas frequentemente, mas sem pressão desnecessária) e o acompanhamento (onde se monitora o andamento do negócio com objetivo de ganho de eficiência).

Há cerca de dois anos no mercado, a facilitadora já colaborou com a geração de negócios e oportunidades na faixa dos R$ 300 milhões de reais (pipeline e negócios fechados).  Já geraram valor para empresas como Sky, Magazine Luiza, Gocil, Lojas Marisa, Banco Carrefour, Intelserv, Tivit, Via Varejo, KPMG, entre outras. 

“Queremos mudar essa visão extrativa do mercado e apresentá-los a nova era de negócios, o modelo colaborativo de fazer negócios, com real interesse em ajudar e assim, estamos desenvolvendo diversas formas de abordar o tema do crossnetwork. Nossa crença é que podemos de fato ajudar e gerar valor e riqueza para o mercado”, encerra Vega. 






Didio Pizza lança chatbot e busca primeiro franqueado em Paulínia


Com 26 unidades no Estado e faturamento de R$30 milhões, Dídio Pizza busca franqueado em Paulínia

A rede de Pizzarias delivery  Didio Pizza, busca franqueado para abertura de sua primeira unidade em Paulínia. A rede paulistana possui sistema chave na mão, onde o novo franqueado recebe a loja pronta para operar sem ter que se preocupar com escolha de ponto ou reforma.  

Com unidades na Capital e no interior paulista, a rede está em processo de captação de franqueados para suas próximas lojas. Com faturamento médio mensal de R$ 70 mil no primeiro ano de operação e investimento inicial de R$ 310 mil, a Dídio Pizza é uma boa opção para quem está em Paulínia e região e busca um negócio sólido para investir.

De acordo com Elídio Biazini, diretor da rede, a cidade tem o perfil e potencial que a Didio Pizza procura em sua expansão. “Lojas em Paulínia tem tudo para serem unidades de sucesso. O público da cidade está dentro do target que nosso estudo de geoprocessamento aponta. O novo franqueado que investir terá um negócio de sucesso nas mãos”, garante Biazini.

Dídio lança ChatBot

Para pedir uma pizza da rede paulista Dídio Pizza não é mais necessário nem abrir o aplicativo de delivery. Por meio da ferramenta Chatbot, que une inteligência artificial e o Messenger, a rede começou a vender pizzas pelo Facebook em um processo que não leva mais que 1 minuto.

Para comprar, o cliente só precisa abrir a janela de mensagens inbox na fanpage oficial da pizzaria no Facebook e seguir os passos indicados pela ferramenta que responde automaticamente ao que é pedido. Textos intuitivos e simples garantem a rapidez e a assertividade no atendimento. O pedido é encaminhado para a central da rede de pizzarias que o repassa para a loja mais próxima ao cliente. Nas primeiras semanas, a ferramenta ainda oferece uma vantagem extra: os pedidos feitos por este canal não possuem taxa de entrega. 

A Dídio Pizza possui hoje 26 lojas espalhadas pela capital paulista e cidades do interior do Estado e em 2016 fora 556 mil pizzas vendidas o faturamento da rede chegou a R$30milhões. Além de Limeira, o plano de expansão da Dídio Pizza inclui, Sorocaba, Santos, Mogi das Cruzes, Americana, Piracicaba, Guarulhos, entre outras.


DÍDIO PIZZA – ficha técnica
- Investimento inicial: R$ 310 mil
- Capital de Giro (incluso no investimento inicial): R$ 30 mil
- Taxa de franquia (inclusa no investimento inicial): R$ 55 mil
- Taxa de royalties 9% sobre Faturamento Bruto
- Taxa de Propaganda: 2% sobre Faturamento Bruto
- Faturamento médio mensal de uma loja: R$ 70 mil no primeiro ano
- Metragem mínima de uma loja: 85m²
- Lucratividade do franqueado: Média de 12%
- Retorno do investimento: 27 meses
- Número de funcionários por loja: 11 funcionários 
- Tempo de contrato: 4 anos
Mais informações: www.didio.com.br


quarta-feira, 26 de julho de 2017

Anjos Colchões busca primeiro franqueado em São José do Rio Preto


Índices econômicos e histórico positivo no varejo atrai franqueadores de todo o país



Com 5 shoppings centers e a 18ª colocação no ranking das mais promissoras cidades brasileiras para se construir uma carreira profissional segundo pesquisa da Fundação Getúlio Vargas, não é novidade que São José do Rio Preto esteja sempre em destaque no plano de expansão das grandes redes de franquias.

A cidade do interior paulista apresenta bons índices econômicos e histórico positivo quando se fala sobre redes que apostaram na região e abriram unidades lá.  Isso faz com que novas franquias também desejem um ponto comercial em São José do Rio Preto.

Uma dessas redes é a paranaense Anjo Colchões que com unidades em São Paulo, Santa Catarina, Paraná, entre outros Estados do país, está em processo de captação de franqueados para suas próximas lojas. Com investimento inicial de R$ 120 mil, a Anjos Colchões é uma boa opção de negócio para quem está em São José do Rio Preto e busca um negócio para investir. 

De acordo com Claudinei dos Anjos, presidente da rede, a cidade de São José do Rio Preto apresenta o perfil do público consumidor da marca e os bons números de receita apresentados pelas franquias locais foram um dos fatores determinantes para o plano de expansão da Anjos focar a região.  

Um dos grandes diferencias da rede é o conceito de lojas sofisticadas e produtos exclusivos, feitos pela própria indústria da marca. “O investidor que abrir a primeira unidade em São José do Rio Preto terá muito sucesso. A população local é ávida por novidades de primeira linha que certamente é o nosso grande diferencial”, afirma Dos Anjos.

Atualmente a Anjos Colchões possui 48 unidades em operação: 33 franqueadas, 15 próprias e a previsão de abertura de mais 5 unidades em São José do Rio Preto. A rede teve um faturamento de 36 milhões em 2015 e 63 milhões em 2016. Todos os produtos Anjos Colchões são de fabricação própria e as franquias contam com 3 indústrias do grupo para o fabricação dos colchões e estofados. São atendidos em média 200 clientes por mês em cada unidade e somente em São José do Rio Preto cabem mais 20 unidades da marca.

Anjos Colchões – Ficha técnica:
Investimento total (com a Taxa de Franquia incluída): a partir de R$ 140.000,00 
Capital de Giro: R$ 50 a 100 mil
Taxa de Franquia: R$ 20.000,00
Taxa de Royalties: 10% na compra.
Metragem média das unidades: de 90 a 300 m²
Número mínimo de funcionários: de 2 a 3 funcionários
Lucratividade: entre 10% a 15% de acordo com o faturamento.
Prazo de contrato: 5 anos
Contato: www.anjoscolchoes.com.br


Piracicaba tem alta nos índices de varejo e atrai redes de franquias


Mr Kids e Anjos Colchões são duas marcas que buscam franqueados na cidade


A alta do Índice de Confiança no Varejo de Piracicaba (ICV-P), que registrou alta de 5,72% no ultimo mês de abril, não passou despercebida pelos franqueadores. O varejo da cidade tem se mostrado bastante promissor e seguro e isso atraia as redes de franquias que buscam pontos seguros para investir.

No interior paulista, a cidade de Piracicaba está sempre em destaque nos planos das redes de franquias dos mais diversos setores. A cidade apresenta um varejo consolidado, porém ainda com muito espaço para crescer. O que faz com que as redes disputem investidores e pontos de venda na cidade.

Um dessas redes é a Mr Kids – rede de vending machine de doces e brinquedos com mais de 150 franqueados no país – que com um investimento pequeno de R$18.700 possui pontos de venda no Carrefou e no Extra já pré-aprovados e que estão apenas aguardando os primeiros franqueados. Dentro do modelo de negócio home Office criado pela rede, o franqueado fatura de R$ 1.600,00 a R$ 30 mil conforme o numero de máquinas instaladas. 

“Negociamos os pontos de venda na frente para que nossos novos franqueados possam começar a trabalhar o mais rápido possível. Todos os pontos são cuidadosamente estudados conforme a rentabilidade para o franqueado”, explica Antônio Chiarizzi, diretor da rede. 

Outra grande rede é a paranaense Anjo Colchões que com unidades em São Paulo, Santa Catarina, Paraná, entre outros Estados do país, está em processo de captação de franqueados para suas próximas lojas. Com investimento inicial de R$ 120 mil, a Anjos Colchões é uma boa opção de negócio para quem está em Campinas e busca um negócio para investir. 

De acordo com Claudinei dos Anjos, presidente da rede, a cidade de Piracicaba apresenta o perfil do público consumidor da marca e os bons números de receita apresentados pelas franquias locais foram um dos fatores determinantes para o plano de expansão da Anjos focar a região.  

Um dos grandes diferencias da rede é o conceito de lojas sofisticadas e produtos exclusivos, feitos pela própria indústria da marca. “O investidor que abrir a primeira unidade em Piracicaba terá muito sucesso. A população local é ávida por novidades de primeira linha que certamente é o nosso grande diferencial”, afirma Dos Anjos.



Anjos Colchões – Ficha técnica
Investimento total (com a Taxa de Franquia incluída): a partir de R$ 140.000,00 
Capital de Giro: R$ 50 a 100 mil
Taxa de Franquia: R$ 20.000,00
Taxa de Royalties: 10% na compra.
Metragem média das unidades: de 90 a 300 m²
Número mínimo de funcionários: de 2 a 3 funcionários
Lucratividade: entre 10% a 15% de acordo com o faturamento.
Prazo de contrato: 5 anos
Contato: www.anjoscolchoes.com.br


Mr. Kids – Ficha Técnica
Investimento Total: R$ 18,7 mil
Taxa de Franquia: R$ 5 mil
Valor equipamentos: 11.7 mil
Valor de produtos para abastecimento das máquinas: 2.000
Taxa de Royalties: não cobra
Taxa de Propaganda: não cobra
Faturamento médio mensal: de R$ 1.600,00 a R$ 30 mil ou mais
Lucratividade: de 35 a 40%
Número de Funcionários: 0
Retorno do Investimento: 15 a 18 meses
Prazo do contrato: Três anos
Contato da Franqueadora: franquia@mrkids.com.br ou 11 5058-2111

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Dídio Pizza é pioneira, lança Chatbot e vende pizza via Messenger no Facebook


Para pedir pizza online não precisa mais nem abrir o aplicativo de delivery. Rede paulistana é a primeira pizzaria a investir em inteligência artificial para vender via redes sociais


Para pedir uma pizza da rede paulista Dídio Pizza não é mais necessário nem abrir o aplicativo de delivery.

Por meio da ferramenta Chatbot, que une inteligência artificial e o Messenger, a rede começou a vender pizzas pelo Facebook em um processo que não leva mais que 1 minuto.

Para comprar, o cliente só precisa abrir a janela de mensagens inbox na fanpage oficial da pizzaria no Facebook e seguir os passos indicados pela ferramenta que responde automaticamente ao que é pedido. Textos intuitivos e simples garantem a rapidez e a assertividade no atendimento. 

O pedido é encaminhado para a central da rede de pizzarias que o repassa para a loja mais próxima ao cliente. Nas primeiras semanas, a ferramenta ainda oferece uma vantagem extra: os pedidos feitos por este canal não possuem taxa de entrega. 

“Os canais de venda mudaram, assim como o perfil dos clientes. O telefone não é mais o único meio para se pedir uma pizza. A popularização dos smartphones e a facilidade de acesso à internet fizeram com que a maneira de pedir pizza mudasse. Aplicativos de delivery de comida e o aplicativo da própria rede são canais importantes hoje e até o final do ano espera-se que 40% dos pedidos venham por esses meios. Porém, tem sempre que se ir além”, explica Elidio Biazini, diretor da rede. 

No mercado há mais de 20 anos, a Dídio Pizza se tornou uma das referencias em delivery de pizza em São Paulo.  Com 26 lojas, um faturamento consistente na casa do R$31 milhões e 560 mil pizzas vendidas a cada ano, o sucesso, acredita Elídio Biazini, se deve a busca constante por inovação. Outro exemplo de sucesso dos canais de venda online é o aplicativo próprio DidioNow que desde o lançamento em março do ano passado já atendeu mais 35 mil pedidos. Hoje, ele representa 16% das vendas junto com o e-commerce Dídio Now. A meta para 2017 é que essa porcentagem chegue a 40%. 

quarta-feira, 12 de julho de 2017

Dídio Pizza busca franqueado em Mogi das Cruzes para sua primeira unidade na cidade



Com 26 unidades no Estado e faturamento de R$30 milhões, Dídio Pizza busca franqueado em Mogi das Cruzes

A rede de Pizzarias delivery  Didio Pizza, busca franqueado para abertura de sua primeira unidade em Mogi das Cruzes. A rede paulistana possui sistema chave na mão, onde o novo franqueado recebe a loja pronta para operar sem ter que se preocupar com escolha de ponto ou reforma.  

Com unidades na Capital e no interior paulista, a rede está em processo de captação de franqueados para suas próximas lojas. Com faturamento médio mensal de R$ 70 mil no primeiro ano de operação e investimento inicial de R$ 310 mil, a Dídio Pizza é uma boa opção para quem está em Mogi das Cruzes região e busca um negócio sólido para investir.

De acordo com Elídio Biazini, diretor da rede, a cidade tem o perfil e potencial que a Didio Pizza procura em sua expansão. “Lojas em Mogi das Cruzes tem tudo para serem unidades de sucesso. O público da cidade está dentro do target que nosso estudo de geoprocessamento aponta. O novo franqueado que investir terá um negócio de sucesso nas mãos”, garante Biazini.

A Dídio Pizza possui hoje 26 lojas espalhadas pela capital paulista e cidades do interior do Estado e em 2016 fora 556 mil pizzas vendidas o faturamento da rede chegou a R$30milhões. Além de Mogi das Cruzes, o plano de expansão da Dídio Pizza inclui, Sorocaba, Santos, Paulínia, Americana, Piracicaba, Guarulhos, entre outras.


DÍDIO PIZZA – ficha técnica
- Investimento inicial: R$ 310 mil
- Capital de Giro (incluso no investimento inicial): R$ 30 mil
- Taxa de franquia (inclusa no investimento inicial): R$ 55 mil
- Taxa de royalties 9% sobre Faturamento Bruto
- Taxa de Propaganda: 2% sobre Faturamento Bruto
- Faturamento médio mensal de uma loja: R$ 70 mil no primeiro ano
- Metragem mínima de uma loja: 85m²
- Lucratividade do franqueado: Média de 12%
- Retorno do investimento: 27 meses
- Número de funcionários por loja: 11 funcionários 
- Tempo de contrato: 4 anos
Mais informações: www.didio.com.br


terça-feira, 11 de julho de 2017

Com novo modelo de loja, Anjos Colchões mira Campinas para abertura de 5 lojas


Com investimento de R$120 mil, rede de franquias Anjos Colchões pretende inaugurar 5 lojas em Campinas 

Apostando em produtos “Premium” com um preço justo, a rede de franquias de colchões e estofados ANJOS COLCHÕES busca franqueados para a abertura de 5 lojas na cidade de Campinas. 

De acordo com Claudinei dos Anjos, presidente da rede, a cidade de Campinas apresenta o perfil do público consumidor da marca e os bons números de receita apresentados pelas franquias locais foram um dos fatores determinantes para a cidade entrar nos planos de expansão da rede.  O novo modelo, o prime, que deve ser instalado em Campinas foi criado para cidades acima de 100mil habitantes. As lojas possuem 300 m² e um mix maior de produtos em comparação as lojas tradicionais da rede. 

Um dos grandes diferencias da rede é o conceito de lojas sofisticadas e produtos exclusivos, feitos pela própria indústria da marca. “O investidor que abrir a primeira unidade em Campinas terá muito sucesso. O povo Campineiro é muito ávido por novidades de primeira linha que certamente é o nosso grande diferencial”, afirma Claudinei.

Atualmente a Anjos Colchões possui 48 unidades em operação: 33 franqueadas, 15 próprias e a previsão de abertura de mais 5 unidades em Campinas. Todos os produtos Anjos Colchões são de fabricação própria e as franquias contam com 3 indústrias do grupo para o fabricação dos colchões e estofados. São atendidos em média 200 clientes por mês em cada unidade e somente em Campinas cabem mais 20 unidades da marca.

FRANQUIA Anjos Colchões – Ficha técnica:
Investimento total (com a Taxa de Franquia incluída): a partir de R$ 140.000,00 
Capital de Giro: R$ 50 a 100 mil
Taxa de Franquia: R$ 20.000,00
Taxa de Royalties: 10% na compra.
Metragem média das unidades: de 90 a 300 m²
Número mínimo de funcionários: de 2 a 3 funcionários
Lucratividade: entre 10% a 15% de acordo com o faturamento.
Prazo de contrato: 5 anos


quarta-feira, 5 de julho de 2017

Anjos Colchões lança modelo de loja maior


Loja Prime possui mesma taxa de franquia, mix de produtos maior e maior rentabilidade em comparação a uma unidade tradicional da rede



A ANJOS COLCHÕES – rede de franquias de colchões e estofados – que possui 52 unidades em operação atualmente e prevê a abertura de 20 novas unidades até o final de dezembro de 2017, acaba de lançar o seu novo modelo de loja.

A Loja Prime da Anjos possui o dobro do tamanho de uma unidade tradicional da rede foi desenvolvido como estratégia de expansão para cidades maiores e capitais.

O novo modelo mantém a mesma taxa de franquia (R$120mil) do modelo tradicional assim como todos os outros indicadores, porém o novo conceito traz lojas sofisticadas e produtos exclusivos, feitos pela própria indústria da marca. A loja é ambientada para trazer uma experiência única de conforto e bem estar ao cliente.

De acordo com Claudinei dos Anjos, diretor da rede, a estratégia visa  alcançar as cidades acima de 100 mil habitantes, enquanto uma loja normal da rede pode ser instaladas em cidades de 50 mil habitantes. 
Todos os produtos Anjos Colchões são de fabricação própria e as franquias contam com 3 indústrias do grupo para o fabricação dos colchões e estofados. São atendidos em média 200 clientes por mês em cada unidade.

Sobre a Anjos Colchões
A Anjos Colchões é uma empresa 100% nacional que conta hoje com um complexo fabril de 27.000 m2 de área construída, num terreno de 73.000 m2. Em 2008, foi criada as Lojas Anjos Colchões Franchising e teve início a expansão por meio da venda de franquias de lojas de colchões e estofados. O projeto deu muito certo, hoje a rede de franquias conta com mais de 51 lojas em operação e um plano de expansão que prevê a abertura de 20 unidades até dezembro de 2017.


FRANQUIA Anjos Colchões – Ficha técnica:
Investimento total (s/ taxa de franquia): a partir de R$ 120.000,00 
Taxa de Franquia: R$ 20.000,00
Capital de Giro: R$ 50 a 100 mil
Taxa de Royalties: 10% na compra.
Metragem média das unidades: de 90 a 300 m²
Número mínimo de funcionários: 2 
FAturamento médio mensal: R$ 60 mil 
Lucratividade: entre 10% a 15% de acordo com o faturamento.


terça-feira, 4 de julho de 2017

Em menos de 5 anos, i2GO chega a 10 mil pontos de venda e vende um produto a cada 5 minutos no Brasil


Fundada em 2013 para vender acessórios para celulares em pequenos varejos, i2GO chega a marca de 10 mil pontos de venda 

Marcelo Castro e Daniel Doho são amigos de infância e sempre pensaram em montar algo juntos que fizesse sucesso. Em 2013, iniciaram a importação de acessórios para celulares certificados e originais, como carregadores, cabos, fones e outros. Mas a concorrência de camelôs ou lojas autorizadas das grandes marcas, fazia com que o consumidor só tivesse duas chances de compra: o produto baratinho, normalmente vendido em semáforos ou os bem mais caros, para um público mais exigente. A solução? Criar uma marca que virasse referência unindo preço e qualidade. Nasceu a i2GO.

E foi o que aconteceu. Com pouco menos de 5 anos de mercado, a i2GO acaba de atingir a marca de 10 mil pontos de venda no Brasil. Os pontos de venda de fácil instalação, em displays de acrílico estão presentes desde pequenos estabelecimentos, caixas de supermercado, lojas de conveniência, padarias e bancas de jornais, além das vending machines instaladas em aeroportos e estações de metrô. 

Com garantia de 3 anos em todos os produtos, qualidade dos produtos certificados pela Apple e órgãos internacionais (CE, FCC, ROHS) e com preços mais atrativos que nas  grandes lojas autorizadas, faz com que o público busque a marca.  Os produtos tem  variedades, conveniência e bom preço. O lançamento constante de novos produtos e a busca por novidades também é uma estratégia a ser destacada na trajetória de sucesso da empresa que abriu um novo escritório na China para desenvolver fornecedores e fazer testes de qualidade dos produtos. 

Nesse primeiro semestre faturaram R$18milhões com a venda de produtos, chegaram a 10 mil pontos de venda e com as novas parcerias que vem firmando com estabelecimentos tem a meta de chegar ao final de 2017 com 15 mil pontos de venda e um faturamento de R$40milhões ao ano.

“Não existe empreendedorismo sem um bom planejamento de Marketing, o posicionamento de uma marca é essencial quando existem produtos que são percebidos pelos consumidores sem nenhum diferencial, já que a maioria vem da China, como qualquer outro”, explica Marcelo Castro, um dos fundadores da i2GO.

E o pioneirismo no lançamento de novos produtos também vem sendo conquistado: com viagens frequentes à China e Estados Unidos, os empresários planejam trazer acessórios inéditos no Brasil. 




Bono Pneus inaugura terceira unidade em Belo Horizonte


Nova unidade foi inaugurada essa semana e vai atender a região central da cidade 



Chegou a vez do centro receber a Bono Pneus. A rede, que é única franquia de centros automotivos multimarcas do país, inaugurou na segunda-feira, dia 26, sua terceira unidade na cidade. A loja localizada na Rua São Paulo, 1382, vai oferecer toda a gama de serviços da Bono Pneus que é especialista em under car.

Quem está à frente da nova unidade é o franqueado Gabriel Passos, 27 anos. Estudante de administração, ele vem de uma família empreendedora que sempre investiu na cidade. “Agora, chegou a minha vez de ter meu primeiro negócio próprio. Meus irmãos e minha mãe são meus sócios e procuramos bastante no setor de franquias e quando chegamos na Bono vimos que a queríamos. Conhecemos a franqueadora, vimos o material e nos sentimos seguros em investir. A inauguração foi um sucesso e já nos primeiros dias tivemos um bom movimento. Minhas expectativas são as melhores.”, comenta Passos.

A Bono Pneus tem em seu conceito lojas amplas e com projeto arquitetônico clean.  São oferecidos todos os serviços de under car (suspensão automotiva, pneus, limpeza de bicos, injeção eletrônica, amortecedor, freios, bateria) e cada unidade fatura em média R$158 mil mensais, com lucratividade na faixa dos 10%.  Cerca de 300 carros são atendidos por mês em cada unidade. 

A Rede Bono Pneus iniciou suas atividades em 1992 e atualmente possui 55 unidades, sendo 27 lojas no interior paulista, 12 lojas em São Paulo, 4 lojas no Paraná, 5 lojas em Mato Grosso, 2 lojas em Santa Catarina, 1 loja na Bahia, 2 lojas em Minas Gerais, 1 loja no Rio Grande do Norte e 1 loja no Amazonas.

Unidade Centro – Belo Horizonte
Rua São Paulo, 1382
Telefones: (31) 32-14-2530

segunda-feira, 3 de julho de 2017

Dia da Pizza: Dídio comemora a data com preço especial e lançamento de pizza doce


Os sabores doces vão custar R$ 20 no tamanho mini no mês de julho


Julho é um mês especial. Além de ser o período de férias, dia 10/07 é o Dia da Pizza. Para comemorar, a Dídio Pizza lançou uma pizza especial para o dia 10, a Holandesa. Além disso, todos os sabores doces tem preço especial no tamanho mini e serão vendidos de R$ 27 por R$ 20 até o final de julho.

Os famosos sabores Sensação Chocolate, Cheesecake, Banana com Chocolate, Maracujá Brigadeiro, Banana com Canela e o lançamento Holandesa são preparados em massa folheada crocante e são a pedida de sobremesa para acompanhar a sua Dídio preferida. Um dos grandes diferenciais das pizzas doces da Dídio é que todos recheios  são desenvolvidos exclusivamente para serem servidos frios. Uma pizza única que casa muito bem como sobremesa para os sabores salgados da casa.

“A ideia da ação é comemorar o Dia da Pizza, não só no dia 10, e sim o mês inteiro. Somos apaixonados por pizza e um único dia é pouco para a Dídio Pizza”, afirma Elidio Biazini, diretor da rede.

Os preços especiais valem para todas unidades. Para pedir e conhecer todas as pizzas da Dídio Pizza é só visitar o Dídio Now http://www.didionow.com.br/. A Dídio Pizza possui hoje 26 lojas estrategicamente distribuídas na capital paulista e cidades do interior do Estado.

Descrição dos sabores da promoção:
Banana com Canela – massa folhada, bananas fatiadas cobertas por açúcar e canela.
Sensação Chocolate - massa folhada, tradicional brigadeiro coberto com morangos fatiados.
Cheesecake - massa folhada, creme de queijo Philadelphia, geléia de frutas vermelhas e xerem de castanhas.
Holandesa – massa folhada, creme de chocolate branco com cream cheese Philadelphia e uma leve cobertura de ganache.
Brigadeiro – massa folhada com cobertura de brigadeiro tradiconal e chocolate granulado.
Banana com Chocolate – massa folhada com banana fatiada com açúcar, canela e cobertura de chocolate.
Maracujá - Massa folhada com creme de maracujá coberto com calda e sementes naturais.



quinta-feira, 29 de junho de 2017

Dídio Pizza busca franqueado em Guarulhos para sua primeira unidade na cidade


Com 27 unidades no Estado e faturamento de R$30 milhões, Dídio Pizza busca franqueado em Guarulhos
 

A rede de Pizzarias delivery  Didio Pizza, busca franqueado para abertura de sua primeira unidade em Guarulhos. A rede paulistana possui sistema chave na mão, onde o novo franqueado recebe a loja pronta para operar sem ter que se preocupar com escolha de ponto ou reforma. 

Com unidades na Capital e no interior paulista, a rede está em processo de captação de franqueados para suas próximas lojas. Com faturamento médio mensal de R$ 70 mil no primeiro ano de operação e investimento inicial de R$ 310 mil, a Dídio é uma boa opção de negócio para quem está em Guarulhos  região e busca um negócio sólido para investir.

De acordo com Elídio Biazini, diretor da rede, a cidade tem o perfil e potencial que a Didio Pizza procura em sua expansão. “Lojas em Guarulhos tem tudo para serem unidades de sucesso. O público da cidade está dentro do target que nosso estudo de geoprocessamento aponta. O novo franqueado que investir terá um negócio de sucesso nas mãos”, garante Biazini.

A Dídio Pizza possui hoje 27 lojas espalhadas pela capital paulista e cidades do interior do Estado e em 2016 fora 556 mil pizzas vendidas o faturamento da rede chegou a R$30milhões. Além de Guarulhos, o plano de expansão da Dídio Pizza inclui, Sorocaba, Santos, Paulínia, Americana, Piracicaba, Mogi das Cruzes, entre outras.


DÍDIO PIZZA – ficha técnica
- Investimento inicial: R$ 310 mil
- Capital de Giro (incluso no investimento inicial): R$ 30 mil
- Taxa de franquia (inclusa no investimento inicial): R$ 55 mil
- Taxa de royalties 9% sobre Faturamento Bruto
- Taxa de Propaganda: 2% sobre Faturamento Bruto
- Faturamento médio mensal de uma loja: R$ 70 mil no primeiro ano
- Metragem mínima de uma loja: 85m²
- Lucratividade do franqueado: Média de 12%
- Retorno do investimento: 27 meses
- Número de funcionários por loja: 11 funcionários
- Tempo de contrato: 4 anos
Mais informações: www.didio.com.br




Bono Pneus Drift participa da 2ª Etapa Super Drift Brasil em Aldeia da Serra

O Kartódromo Aldeia da Serra será o palco para a segunda etapa do campeonato que reúne pilotos e equipes de drift de todo o país. A  franquia de centros automotivos, Bono Pneus, possui equipe própria em que o diretor da rede, Aparecido Bueno,  é um dos pilotos. O evento acontece no domingo, 2 de julho, às 16h.

“Estamos ansiosos e confiantes que vamos fazer um grande espetáculo para o público. Os pilotos estão animados”, comentou  Bueno, piloto da Bono Pneus Drift.

A equipe da Bono Pneus Drift nasceu devido a influencia dos franqueados da marca egressos do Japão, conforme conta Aparecido Bueno.  Foram eles que apresentaram o esporte para o empresário que logo se apaixonou e criou a equipe.

O Super Drift Brasil foi criado em 2015 para suprir a falta de eventos e competições do esporte no Estado de São Paulo e fortalecer o Drift, tornando-o conhecido e amado em todo o país.
Sobre o drift

O esporte criado pelos japoneses há 45 anos é uma técnica de direção de carros que consiste em deslizar nas curvas escapando a traseira, girar o volante para que as rodas dianteiras estejam sempre em uma direção oposta a curva controlando o nível de derrapagem, fazendo o carro literalmente andar de lado.


Serviço do Evento
O QUE: 2ª Etapa do Super Drift Brasil 2017
INGRESSOS:  https://www.eventbrite.com.br/e/campeonato-brasileiro-de-drift-2a-etapa-tickets-34069236002?aff=es2
ONDE: Aldeia da Serra
QUANDO: 02 de Julho