terça-feira, 29 de novembro de 2016

Fazer um Test drive antes de investir no próprio negócio é possível?


Em algumas franquias mais profissionais, sim!

O famoso Test Drive que muitas concessionárias de veículos fazem para que os compradores possam testar o carro que desejam comprar, também está disponível em oportunidades de negócios, como em algumas franquias profissionais. Mudar de vida e comprar uma franquia é uma decisão importante, que requer muita pesquisa e cuidados. Então, por que não passar um dia operando aquele negócio antes de decidir se é isso mesmo que as pessoas desejam para os próximos anos de suas vidas?

O Test Drive normalmente é um dia onde o candidato à franquia acompanhe todos os processos do negócio, desde o horário de abertura, até o fechamento da loja. Ele acompanha a abertura do caixa, a limpeza, eventual contagem de estoque, preparação de tudo o que vai ser vendido, até a prospecção de clientes. Tudo isso para ter certeza de que realmente quer ter essa rotina diária de trabalho, se resolver comprar a franquia.

Na Dídio Pizza – franquia de pizzarias delivery, que possui 26 unidades, o Test Drive serve para que o candidato selecione a franquia que deseja e não o contrário. O franqueado da unidade Parque São Domingos, em São Paulo, Fernando Henrique Cabral, conta  que  no dia em que fez o test drive,  o que mais chamou sua atenção foram os processos de produção da cozinha para atender os pedidos. Segundo ele, a prática do dia-a-dia do negócio o encantou. “Antes de me tornar franqueado eu era bancário e procurei bastante por uma franquia, estudei várias propostas, mas até então, não tinha visto na prática o que era a rotina de uma pizzaria. Gostei de ver como  é feito o pedido da pizza através de uma central, montagem da pizza, sua padronização e também a verificação do atendente se a pizza está dentro do padrão e de acordo com o pedido do cliente e controle do estoque”, conta. Cabral ainda conta que o Test Drive fez toda a diferença na tomada de decisão pela franquia, pois se sentiu muito mais seguro.

Quem também se sentiu mais seguro para abrir uma unidade após ter feito o Test Drive foi Cheong Kuo Cheng, que está prestes a abrir sua primeira unidade da Ortodontic Center - rede com mais de 180 clínicas ortodônticas - em São Paulo.  Quando decidiu que havia chegado a hora de ter seu próprio negócio, Cheong pesquisou e participou de um evento de apresentação da rede. “Fui até Londrina, onde fica a sede da empresa franqueadora, para fazer o Test Drive em uma de suas unidades próprias. Conheci toda a operação, vi toda a rotina de trabalho de um dia na clínica, principalmente a gestão, a captação de clientes. Depois desse dia, tive certeza de que queria a franquia”, explica.

Para os franqueadores das duas redes – Elídio Biazini (Dídio Pizza) e Fernando Massi (Ortodontic Center) - é um direito do candidato à franquia conhecer o negócio antes de realizar um investimento que normalmente é para a vida inteira. E ambos concordam e orientam quem deseja abrir uma franquia, a solicitar o Test Drive para o franqueador antes de assinar o contrato. Afinal, segundo eles, quem é transparente e entrega realmente o que vende, não tem nada a temer.

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Crianças carentes começam tratamento na Ortodontic Center



Duas meninas e um menino que, neste momento, não teriam condições de pagar por um tratamento de ortodontia foram indicados por jornalistas de Londrina


Três crianças entre 8 e 10 anos acabam de realizar suas avaliações para  tratamento ortodôntico gratuito e completo em Londrina. A ação social faz parte de um novo programa que beneficiará crianças carentes em todos os lugares onde a rede Ortodontic Center abrir unidades.

Duas meninas e um menino que, neste momento, não teriam condições de pagar por um tratamento de ortodontia foram indicados por jornalistas da Revista Acil e da Folha de Londrina – Coluna Oswaldo Militão para fazer a avaliação e tratamentos completos pelo tempo que for necessário gratuitamente na nova Ortodontic Center da Rua Sergipe. As crianças já fizeram as avaliações e estão no começo do tratamento.

Esta ação faz parte do plano de inauguração de novas unidades da Ortodontic Center.  A rede passou por uma reformulação recentemente e agora, as unidades deste novo modelo são de alta performance com  100 m² distribuídos em recepção, 4 cadeiras de dentistas, sala de fechamento de contrato e escritório.  Tudo isso garantindo pelo menos 100 novos contratos fechados para os franqueados todos os meses em cada unidade.  A Ortodontic Center possui mais de 150 unidades em todo o Brasil. 








segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Dídio Pizza conta sua receita de sucesso em evento do Sebrae

 Elídio Biazini, franqueador com mais de duas décadas de experiência, é um dos convidados do evento que vai discutir as tendências do setor de alimentação fora de casa


Com mais de 20 anos de experiência e franqueador de uma das mais profissionais redes de pizzarias do Estado de São Paulo, Elidio Biazini, da Dídio Pizza, participa na terça-feira, dia 29 de novembro, do evento do Sebrae sobre o mercado de pizzarias, que convida empreendedores que possuem histórias inspiradoras para levar experiências a empresários que querem saber mais sobre o ramo em um talk show.

Durante o evento deste mês, que é focado nas tendências da Alimentação fora de casa e vai focar no gerenciamento de estoque das pizzarias, Biazini vai falar sobre sua experiência no setor com a Dídio Pizza, que é especializada em entrega de pizzas delivery e também comentar seus principais erros e acertos durante essa trajetória. “Tenho muita história para contar sobre os desafios de criar a primeira rede de pizzarias delivery 100% nacional, com padronização de lojas e treinamentos específicos para os profissionais, desde os ajudantes de cozinha, até os entregadores motorizados e também de tudo o que aprendi com experiências que precisaram ser aprimoradas depois”, comenta o empresário.

A Dídio Pizza conta hoje com 26 unidades na capital paulista e interior. Somente em 2015 a rede vendeu 600 mil pizzas e fechou o ano com um faturamento de R$ 30 milhões. Para 2016, estão previstas mais 8 lojas no Estado de São Paulo e a previsão é chegar a dezembro com 770 mil pizzas vendidas e um crescimento de 28% no faturamento.

O evento tem início às 09:30 e além de Biazini,  também participa do bate papo José  Venâncio do Sebrae-SP e palestra sobre gestão de estoque. 

Serviço
Local: Sebrae-SP – Capital Sul
Av. Adolfo Pinheiro 712 -Santo Amaro - São Paulo – SP
Inscrições pelo telefone 5525-5270
Programação:
09:30 - Recepção e Boas-vindas
09:45 – Apresentação do Sebrae-SP e informações relevantes do setor
10:45 – Como administrar o estoque da sua pizzaria com José  Venâncio – Sebrae-SP
12:05 – Apresentação do case da Dídio Pizza “Como se destacar no mercado competitivo das pizzarias” com Elídio Biazini
12:30 - Encerramento

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Como suportar as despesas de fim de ano e ainda ter lucro?


Especialista em redução de custos para empresas dá dicas para sobreviver nesta época de pagamento de 13 º salários, abonos e férias



Novembro é o mês do pagamento da primeira parcela do 13º salário dos colaboradores e no mês que vem, mais despesas se aproximam, como férias, abonos, gratificações extras e também a hora de rever e renovar diversos contratos com fornecedores. Como sobreviver a tudo isso num ano onde as vendas foram menores do que as de anos anteriores e, ainda assim, contabilizar lucros? O especialista em redução de custos para empresas, Fernando Macedo, da consultoria ERA – Expense Reduction Analysts, dá algumas dicas para empresários não entrarem em 2016 no vermelho.

“Muitos empresários acreditam que para não ficar no vermelho, a única solução é o aumento das vendas e, se elas não ocorrem, eles não veem alternativas e acabam recorrendo a financiamentos com altas taxas de juros e, com isso, vão iniciar um ano já no prejuízo. Mas todas as reduções de custos podem ser revertidas diretamente em lucro”, explica Macedo.

Segundo ele, os resultados podem ser melhores se as empresas olharem para suas planilhas de custos dispostas a realizarem mudanças em certos hábitos muitas vezes repetitivos por anos a fio. “A redução de gastos desnecessários no dia a dia das empresas podem fazer a grande diferença na hora de contabilizar os lucros”, explica o especialista.

Macedo acredita que, através da renegociação de contratos de fornecedores, novas cotações para a compra de materiais, com empresas nunca antes consultadas, ou até mesmo, mudanças internas de hábitos viciosos com as equipes de compras, é possível ter um salto no lucro das empresas, mesmo mantendo o mesmo volume de vendas. “É preciso fazer um levantamento dos custos com diversos itens, como serviços de limpeza, compra de suprimentos, logística, energia elétrica, planos de telefonia, remessas, entregas e outras e estar disposto a iniciar novas negociações, seja com os atuais fornecedores ou com novas cotações”. A economia pode chegar, em média, de 20 a 30%, refletindo diretamente no aumento do lucro, afirma o consultor.



quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Neste Natal, Mr. Cheney lança o primeiro “cookietone” do Brasil


Rede de franquias de cookies tipicamente americanos lança o primeiro cookie do país inspirado no “Chocotone” e promete deixar as festas de final de ano ainda mais saborosas
 

O Natal no Mr. Cheney - rede de cookie stores - vai resgatar a tradição que muitos países têm de comemorar a data e presentear com doces decorados e feitos com ingredientes especiais. Este ano a grande novidade da marca é o primeiro cookie do Brasil inspirado no “chocotone”. Pensado e elaborado para agradar o mais exigente paladar, o “Cookietone” é uma sobremesa sofisticada que poderá ser desde um presente de Natal, amigo secreto ou um lindo enfeite para as mesas das festas de final de ano.

Além do grande lançamento, os apaixonados por cookies também poderão encontrar nas 59 unidades espalhadas por diversas localidades brasileiras, mais 3 sabores de cookies natalinos de dar água na boca, além de outras delícias americanas.

CookieTone: Inspirado no tradicional Chocotone, nossa Mamãe Noel desenvolveu esse maravilhoso cookie de chocolate meio amargo, com raspas de limão e laranja, cravo e um leve toque de essência de rum.
Red Velvet: Inspirado no Bolo Red Velvet, esse cookie é craquelado com açúcar de confeiteiro e muito chocolate branco.
Salted Caramel: Papai Noel decidiu incrementar o nosso delicioso Cookie de Chocolate Duplo com caramelo e para finalizar colocou uma pitada de sal marinho.
Ginger Cookie: Os opostos realmente se atraem. O maravilhoso Cookie de Chocolate Branco com gengibre

Preço de cada cookie: R$ 7,00 a R$ 9,00

Para encontrar a loja mais próxima, basta acessar www.mrcheney.com.br


Dídio Pizza lança sua nova Linha Healthy com massa sem glúten


A Linha Healthy vem para atender as pessoas que buscam uma vida mais saudável

Dídio Pizza, rede paulistana de pizzarias delivery,  lança a Linha Healthy e entra no mercado de produtos sem glúten prometendo qualidade e sabor para quem não dispensa uma boa pizza. 

A Linha Healthy estreia com a Brócolis Glúten Free que vem para atender pessoas que buscam uma vida mais saudável e o público fitness. “Essa pizza é para todos que não querem perder o prazer da boa mesa, conforme conta Elidio Biazini”, diretor da rede.
A redonda, que ganhou o nome de Brócolis Glúten Free, é preparada em massa sem glúten, produzida com farinha de arroz, sal, açúcar, batata doce, ovos, polvilho doce e goma xantana. Já o recheio vem com finas fatias de frango defumado Sadia  brócolis temperado, sob uma camada de cream cheese para dar aquele toque especial. 

A pizza está disponível em todas as 26 unidades da rede e a pizza média com 6 pedaços sai  por R$57, enquanto a grande com 8 pedaços custa R$63,50. A dica é pedir a pizza acompanhada de uma Coca-Cola Stevia, parceira da Dídio Pizza neste lançamento.

Mais sobre a Dídio Pizza
Nascida há 23 anos, a Dídio Pizza tem entre seus os diferenciais os ingredientes, provenientes somente de fornecedores de procedência, lançamento de sabores inusitados, com receitas criadas especialmente para a rede, além de central de atendimento e aplicativo próprias. 

A Dídio Pizza possui hoje 26 lojas espalhadas pela capital paulista e cidades do interior do Estado e a previsão é chegar a dezembro de 2016 com 770 mil pizzas vendidas e um crescimento de 28% no faturamento. O plano de expansão da Dídio Pizza este ano inclui, além de diversos bairros da capital paulista, cidades próximas como Guarulhos, Paulínia, Americana, Piracicaba, Sorocaba, Mogi das Cruzes, Santos, entre outras.

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Franquias geram empregos fixos em Minas Gerais no final do ano


O segundo semestre é a época em que as franquias mais inauguram unidades e geram empregos sem exigir experiência

O segundo semestre do ano é uma época em que muitas redes de franquias se preparam para inaugurar as unidades comercializadas no primeiro semestre e com a chegada da época natalina, a contratação de mão de obra se faz muito necessária. Porém, não serão empregos temporários e sim fixos. Uma franquia não abre suas portas sem o número mínimo de funcionários para trabalhar (em média 16 novos empregos por franquia) e não é necessário ter experiência, já que as redes oferecem treinamento.

Segundo a Rizzo Franchise – consultoria responsável por pesquisas sobre o Franchising em toda a América Latina, somente no segundo semestre deste ano serão abertas 107 mil novas franquias dos mais variados setores, gerando mais de 11.300 empregos diretos em todas as cidades do país. No primeiro semestre, o número de novas franquias instaladas foi de 71.350, mas 60% de todas as franquias instaladas anualmente são inauguradas no segundo semestre.
 

O franqueado Daniel Peluso, da rede Mr Cheney – de cookies tipicamente americanos – com apenas 27 anos comemora a inauguração da sua 3ª unidade no Shopping Diamond Mall, em Belo Horizonte. O quiosque que tem um ponto privilegiado fica em frente ao cinema e dispõe de uma área de mesas com 54 lugares. Para atender a demanda, Daniel precisou contratar 10 funcionários e até o final do ano terá que contratar pelo menos mais 3, apenas para essa unidade e 8 para as outras duas lojas “Sou o pioneiro da marca em Belo Horizonte, eu trouxe para os mineiros um produto sofisticado, exclusivo e  completamente diferente de tudo que já existe em nosso mercado. A conta não poderia ser outra, minhas lojas possuem muito movimento e a contratação contínua de funcionários é sempre necessária.” Afirma Peluso.

Temos cases de franquias sendo instaladas e que estão gerando empregos e impulsionando as indústrias de seus segmentos.


quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Outer Shoes busca por investidor para ponto disponível no BH Shopping


Rede carioca de calçados já tem um ponto negociado no melhor piso do shopping mineiro


O BH Shopping, tradicional centro de compras de Belo Horizonte, foi o ponto escolhido para receber a segunda loja da Outer Shoes no Estado de Minas Gerais. O ponto foi negociado estrategicamente pela franqueadora e já está disponível para quem deseja ter uma loja de calçados diferente de todas que o Shopping já tem. Segundo o Gerente de Expansão da rede, Filipe Lamim, a franquia está com uma excelente oportunidade para quem deseja investir no próprio negócio “O ponto escolhido para a instalação imediata da Outer Shoes foi negociado nas melhores condições do mercado. O franqueado que for aprovado para esta unidade aproveitará uma oportunidade única. É raro no mercado conseguir um ponto tão bom e com um preço tão acessível”.

 
A Outer promete ser o local ideal para encontrar aquele modelo descontraído, confortável e de alta qualidade que faltava em Minas Gerais. Todos os modelos da marca são desenhados especialmente para a Outer e utilizam materiais escolhidos e pensados levando em consideração o conforto e o estilo dos homens e mulheres Outer Shoes.

Sobre a Outer Shoes
Com lojas sofisticadas, porém com elementos simples e da natureza que remetem ao conceito de um “jardim urbano”, a Outer Shoes está se posicionando como uma franquia sem concorrência no mercado e que tem atraído muitos candidatos que desejam ter o próprio negócio, mas querem fugir do lugar comum, faturando com um público de classes A e B exigente e que não abre mão do bom gosto pessoal e do conforto, sem ter que seguir a moda preestabelecida pelas tendências mundiais. Hoje a Outer conta com 26 lojas no Brasil.

Ficha Técnica
Investimento total (incluindo a Taxa de Franquia): R$ 330 mil
Capital de Giro: R$ 120 mil
Taxa de Franquia: R$ 40 mil
Taxa de Royalties: 30% sobre compras
Taxa de Propaganda: não cobra
Metragem mínima das lojas: 30m²
Número de funcionários por loja: 10
Ticket Médio: R$ 300,00
Faturamento médio mensal: R$ 150 mil
Lucratividade: 14%
Prazo de retorno do investimento: 24 meses
Prazo de contrato: 5 anos
Informações da franquia: www.outershoes.com.br

BH Shopping
BR 356, n.º 3.049
Bairro Belvedere - CEP: 30320-900
Belo Horizonte – MG



terça-feira, 8 de novembro de 2016

Didio Pizza busca franqueados em Sorocaba e Santos


Com 26 unidades no Estado, rede vai fechar o ano com 770 mil pizzas vendidas e um crescimento de 28% no faturamento
 

A rede de Pizzarias delivery  Didio Pizza foca sua expansão no interior de São Paulo e mira Sorocaba e Santos como prioridades para abrir novas unidades nos próximos meses.

Com unidades em Guarulhos, Campinas e Jundiaí, entre outras cidades do interior paulista, a rede está processo captação de franqueados para suas próximas lojas. Com faturamento médio mensal de R$ 70 mil no primeiro ano de operação e investimento inicial de R$ 350 mil, a Dídio é uma boa opção de negócio para quem está na baixada Santista e Sorocaba.

De acordo com Elídio Biazini, diretor da rede, as duas cidades têm o perfil e potencial que a Didio Pizza procura em sua expansão. “Lojas em Sorocaba e Santos tem tudo para serem unidades de sucesso. O público das duas cidades está dentro do target que nosso estudo de geoprocessamento aponta. Os novos franqueados que investirem nessas unidades terão negócios de sucesso nas mãos”, garante Biazini.

A Dídio Pizza possui hoje 26 lojas espalhadas pela capital paulista e cidades do interior do Estado e a previsão é chegar a dezembro de 2016 com 770 mil pizzas vendidas e um crescimento de 28% no faturamento. Além de Sorocaba e Santos, plano de expansão da Dídio Pizza inclui, Paulínia, Americana, Piracicaba, Mogi das Cruzes, entre outras.


DÍDIO PIZZA – ficha técnica
- Investimento inicial: R$ 350 mil
- Capital de Giro (incluso no investimento inicial): R$ 30 mil
- Taxa de franquia (inclusa no investimento inicial): R$ 45 mil
- Taxa de royalties 9% sobre Faturamento Bruto
- Taxa de Propaganda: 2% sobre Faturamento Bruto
- Faturamento médio mensal de uma loja: R$ 70 mil no primeiro ano
- Metragem mínima de uma loja: 85m²
- Lucratividade do franqueado: Média de 12%
- Retorno do investimento: 27 meses
- Número de funcionários por loja: 11 funcionários
- Tempo de contrato: 4 anos
Mais informações: www.didio.com.br


Não é o varejo já existente que vai gerar novos empregos neste fim de ano. E, sim, as novas franquias que estão sendo inauguradas até dezembro


 As indústrias também não serão prejudicadas pela diminuição de pedidos para o Natal, já que as novas franquias só começam suas operações adquirindo todo o estoque inicial necessário


Com a crise vivida este ano pelo comércio, a maioria das lojas de varejo estão mais retraídas neste fim de ano. Com os estoques ainda cheios, não vão arriscar compras extras para o Natal e muito menos contratar mão de obra extra, gerando, assim, mais custos fixos.

Porém, no mundo as franquias, a coisa é um pouco diferente. As franquias já instaladas vão seguir este mesmo rumo do varejo no fim do ano, mas as que estão sendo inauguradas até dezembro, estão gerando empregos e impulsionando as indústrias. Isso porque, uma franquia não abre suas portas sem o número mínimo de funcionários para trabalhar (em média 16 novos empregos por franquia) e o estoque inicial precisa estar completo.

Segundo a Rizzo Franchise – consultoria responsável por pesquisas sobre o Franchising em toda a América Latina, somente no segundo semestre deste ano serão abertas 107 mil novas franquias dos mais variados setores, gerando mais de 11.300 empregos diretos em todas as cidades do país. No primeiro semestre, o número de novas franquias instaladas foi de 71.350, mas 60% de todas as franquias instaladas anualmente são inauguradas no segundo semestre.




quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Ortodontic Center bate recorde de vendas em época de crise e salta de 7 mil para mais de 11 mil contratos no mês de Agosto

Franqueadora conscientiza e motiva franqueados, principalmente aqueles que atuavam como dentistas e atendiam pacientes em suas clínicas, para irem a campo prospectar clientes e gerir pessoalmente o negócio
  

Em plena época de crise do varejo, onde a maioria dos estabelecimentos comerciais vem registrando queda nas vendas, a Ortodontic Center – maior rede de franquias de clínicas ortodônticas do país, registra recorde de vendas neste segundo semestre. Somente no mês de Agosto, a rede contabilizou um aumento de mais de 4.300 novos clientes em relação ao mesmo mês do ano passado (de 7.137 em agosto de 2015, para 11.459 novos clientes em agosto deste ano).

O resultado surpreendente não vem de nenhuma ação estratégica implantada recentemente. A franqueadora apenas passou a incentivar os franqueados dentistas, que antes tinham como principal foco atender pacientes em suas unidades, a deixarem literalmente a odontologia e passar a ter foco somente na gestão de seus negócios, e irem a campo prospectar clientes e administrar a franquia, contratando dentistas para a realização dos serviços odontológicos.

 “Começamos mostrando resultados de alguns franqueados que deixaram de atuar como dentistas e rapidamente tiveram um salto em seus faturamentos. Motivados com os resultados desses franqueados, pouco a pouco, muitos deles passaram a fazer o mesmo e ficaram surpresos como realmente cuidar apenas da gestão da franquia faz toda a diferença na performance das clínicas”, explica Fernando Massi, um dos sócios da Ortodontic Center, que também largou a odontologia para criar a empresa há mais de 15 anos e hoje recebe muito mais cadastros de interessados na franquia que possuem as mais diversas profissões e nunca tiveram contato com a odontologia. “Uma franquia é um negócio como outro qualquer. No nosso caso, não importa se são dentistas, engenheiros, advogados ou executivos. O que importa é o dono estar na gestão do negócio pessoalmente”, completa Fernando.

Para ter uma ideia de apenas alguns resultados surpreendentes, a unidade de Laranjeiras do Sul, no Paraná, teve 30% de aumento em suas vendas. A franquia de Cascavel, também no Paraná, aumentou em 39% o número de novos clientes e a de Santa Cruz do Sul, RS, aumentou em mais de 400% o número de clientes colocando em prática a atividade de ir para a rua junto com seus promotores de venda. E isso tudo somente no mês de Agosto deste ano.

E os resultados não estão apenas sendo refletidos por franqueados dentistas que não atendem mais pacientes em suas clínicas. Os novos franqueados, que possuem outras profissões, mas resolveram investir em uma franquia de clínica ortodôntica, estão atingindo e superando suas metas antes do tempo previsto. É o caso, por exemplo, da franquia de Curitiba, que tinha uma meta de 100 novos contratos fechados por mês. Ela foi inaugurada no início de setembro e, em apenas 20 dias de atividade, já tinha em carteira 100 contratos fechados e pagos.

A Ortodontic Center continua sua expansão com foco nas cidades de Curitiba e em São Paulo, onde duas novas unidades serão abertas em São Paulo no mês de dezembro. Nos próximos 10 anos, a rede prevê a abertura de 873 franquias em 300 localidades selecionadas com, no mínimo, 100 mil habitantes concentrados nas classes B2, C e D, com potencial para captação de 7 mil clientes ao longo de 10 anos.

Ortodontic Center - Ficha Técnica:

Investimento total: R$ 220 mil (R$ 65 mil de Taxa de Franquia, R$ 12 mil de materiais iniciais e R$ 143 mil de Capital de Giro)
Obs: O franqueado não tem custos com reformas do ponto comercial, nem com a instalação de equipamentos e mobiliário, pois há o investidor imobiliário e a franquia é entregue pronta.
Taxa de Royalties: 10% sobre o faturamento bruto
Taxa de Propaganda: 2% sobre o faturamento bruto
Faturamento médio mensal: R$ 220 mil
Ticket Médio: R$ 80,00
Lucratividade: 20%
Metragem: 100m²
Número de funcionários: 5 contratados e 2 dentistas profissionais liberais
Prazo de Contrato: 10 anos


terça-feira, 1 de novembro de 2016

Kick Off realiza a segunda edição do Franchise Showcase no Centro de Eventos do World Trade Center, em São Paulo

 A Consultoria Kick Off realiza em São Paulo encontro de negócios para pessoas que desejam investir em franquias
 

A segunda edição do Franchise Showcase acontece dia 10 de novembro no Centro de Eventos do World Trade Center São Paulo. O principal objetivo é informar empresários, executivos e investidores de todo o país sobre oportunidades no mercado franquias com linguagem adequada a este público.

Em sua primeira edição, o evento gerou mais de R$ 2,5Mi em investimentos diretos, e a expectativa é que esta edição supere os R$ 4 Mi em transações.  Com a evolução do mercado, as franquias deixaram de ser uma opção apenas para o pequeno investidor ou para o “marinheiro de primeira viagem”, transformando-se em modalidade de negócio para executivos focados no “plano B”, para family offices que buscam alternativas para herdeiros, para empresários em busca de diversificação e para multifranqueados; estes grupos compõem o público-alvo do evento.

O programa é composto por palestras sobre como avaliar uma franquia, como investir em franquias tradicionais e também em negócios inovadores, cases de investidores de sucesso, além de rodada de negócios com franqueadores selecionados.

Organização: Kick Off Consultores Associados - especialista no aconselhamento de executivos e investidores qualificados para aquisição de negócios, com destaque para operações estruturadas de franquias.

As vagas são limitadas, as inscrições são gratuitas e poderão ser feitas até 08/11 no site www.kickoffconsultores.com.br/showcase

Local: Centro de Eventos do World Trade Center São Paulo
Av. das Nações Unidas 12.551 – São Paulo
Data: 10 de novembro de 2016 – 8h30 às 17h00

Contato para imprensa:
Renato L. Claro – Sócio-Diretor – Kick Off Consultores Associados
renato.claro@kickoffconsultores.com.br
(11) 2613-4856 – (11) 98639-8464