quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

Touch e Euro inauguram mais uma franquia no Rio de Janeiro


Shopping Tijuca é escolhido pelas duas franquias do Grupo Technos para dar continuidade à expansão no Estado do Rio de Janeiro


Óculos e relógios unissex da Touch, em quiosque com novo modelo atrativo e moderno e óculos, relógios e semijoias para o público feminino da franquia Euro, em quiosque fashion e atrativo. Essas são as duas franquias do Grupo Technos que acabam de ser inauguradas no Shopping Tijuca para dar continuidade à expansão carioca das marcas.
 
Com um mix de produtos nacionais e importados (relógios 100% montados no Brasil na fábrica da Technos) e óculos e semijoias (parte nacional e parte importados), os modelos de quiosques das franquias da Technos foi formatado para traduzir a identificação do ponto de venda com homens e mulheres de estilo, que não abrem mão dos acessórios como complemento de seu look em todas as ocasiões, desde o casual no dia a dia, trabalho e festas, sempre com muito glamour, ousadia e modernidade.

Quem comanda essa nova unidade é o casal de empresários Luana Durabi, 30 anos, e Bruno Durabi, 32 anos. Há cinco meses eles inauguraram as unidades da Touch e da Euro do Norte Shopping e agora, com o sucesso dessas duas operações, já investem na abertura de quiosques da Touch e da Euro no Shopping Tijuca. “Estamos ansiosos, mesmo com a experiência que já adquirimos. Somos felizes com as nossas unidades no Norte Shopping e assim que esse ponto no Tijuca ficou disponível, avisamos a franqueadora que queríamos instalar mais franquias”, conta Luana.

Sobre Euro e a Touch
A Euro foi fundada em 1998 e passou a fazer parte do Grupo Technos em 2009. Hoje, a rede possui 16 quiosques nos Estados de Pernambuco, Pará, Ceará, Rio Grande do Norte e Minas Gerais. Os quiosques apresentam, em media, uma lucratividade de 12%
a 15% e o franqueado conta com toda a estrutura do Grupo Technos, que hoje é 100% nacional, com toda a fabricação realizada em seu parque industrial em Manaus e uma rede com 15 centros de assistência técnica.

A Touch foi fundada em 1998 e passou a fazer parte do Grupo Technos em 2012. Em 2009 foi aberta a primeira loja e hoje, a rede possui 55 quiosques e 4 lojas em diversas localidades do Brasil. Cada quiosque tem um faturamento médio mensal de R$ 50 mil e o franqueado conta com toda a estrutura do Grupo Technos, que hoje é 100% nacional, com toda a fabricação realizada em seu parque industrial em Manaus e uma rede com 15 centros de assistência técnica.

Shopping Tijuca
Av. Maracanã, 987 - Tijuca – Rio de Janeiro - RJ

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Franquias Touch e Euro desembarcam em São Paulo


Shopping Internacional de Guarulhos é escolhido pelas duas franquias do Grupo Technos para iniciar a expansão no Estado de São Paulo
 
 
Óculos e relógios unissex da Touch, em quiosque com novo modelo atrativo e moderno e óculos, relógios e semijoias para o público feminino da franquia Euro, em quiosque fashion e atrativo. Essas são as duas franquias do Grupo Technos que acabam de ser inauguradas no Internacional Shopping em Guarulhos, São Paulo, e marcam o início da expansão paulista das marcas.

Com um mix de produtos nacionais e importados (relógios 100% montados no Brasil na fábrica da Technos) e óculos e semijoias (parte nacional e parte importados), os modelos de quiosques das franquias da Technos foi formatado para traduzir a identificação do ponto de venda com homens e mulheres de estilo, que não abrem mão dos acessórios como complemento de seu look em todas as ocasiões, desde o casual no dia a dia, trabalho e festas, sempre com muito glamour, ousadia e modernidade.

Quem está à frente das novas unidades da Touch e da Euro são os franqueados Fernando Andrade, 48 anos e José Luiz Rolim, 35 anos. Fernando vem do varejo, porém da área de logística e José Luiz, do mercado financeiro.  Ambos conheceram a franquias este ano e viram nelas o potencial que buscavam para investirem em um novo negócio. “Fomos rápidos. José Luiz conheceu um dos diretores da rede, viu o negócio e viu que o plano de expansão apontava para São Paulo. Conversamos e optamos por começar por Guarulhos e não vamos parar nessas duas unidades, não. Nosso plano prevê pelo menos 10 unidades ao todo”, contam, empolgados, os novos franqueados. 

 
Sobre Euro e a Touch
A Euro foi fundada em 1998 e passou a fazer parte do Grupo Technos em 2009. Hoje, a rede possui 16 quiosques nos Estados de Pernambuco, Pará, Ceará, Rio Grande do Norte e Minas Gerais. Os quiosques apresentam, em media, uma lucratividade de 12%
a 15% e o franqueado conta com toda a estrutura do Grupo Technos, que hoje é 100% nacional, com toda a fabricação realizada em seu parque industrial em Manaus e uma rede com 15 centros de assistência técnica.

A Touch foi fundada em 1998 e passou a fazer parte do Grupo Technos em 2012. Em 2009 foi aberta a primeira loja e hoje, a rede possui 55 quiosques e 4 lojas em diversas localidades do Brasil. Cada quiosque tem um faturamento médio mensal de R$ 50 mil e o franqueado conta com toda a estrutura do Grupo Technos, que hoje é 100% nacional, com toda a fabricação realizada em seu parque industrial em Manaus e uma rede com 15 centros de assistência técnica.

Touch e Euro em Guarulhos:
Internacional Shopping - Rodovia Presidente Dutra, Saída 225, s/n - Itapejica, Guarulhos - SP

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Ortodontic Center ignora crise econômica e inaugura 40 unidades em 2016


Mesmo em um ano de crise, a rede de clínicas odontológicas dobrou o faturamento em comparação com o ano anterior


A rede de franquias de clínicas ortodônticas Ortodontic Center tem uma grande história para contar neste ano de 2016. Enquanto muitos varejos e franquias sofreram com a crise econômica, principalmente no quesito venda de franquias, onde a maioria das empresas não chegou nem perto de concretizar suas metas de expansão, a Ortodontic Center comemora a abertura de 40 novas unidades e viu seu faturamento saltar de R$ 69 milhões em 2015 para R$ 140 milhões em 2016.

O segredo está na evolução do seu modelo de negócio e no profissionalismo de toda equipe da Franqueadora que trabalha constantemente para motivação de todos os Franqueados, que batem recordes em suas Unidades mês após mês. O investimento no mapeamento das localidade para instalação das Franquias em pontos de venda afinados com o público alvo, o  aumento do tempo em treinamento de franqueados, a intensificação do trabalho de consultoria de campo e o maior investimento em campanhas de marketing, principalmente nas mídias digitais, focada em atrair cada vez mais clientes também são fatores primordiais para os bons resultados se manterem constantes. Outro grande diferencial, que permitiu a entrada de novos franqueados na rede é o fato da Ortodontic Center não exigir que o empreendedor seja um profissional dentista. Ele poderá ser de qualquer outra área, pois vai gerir o negócio e contratar profissionais dentistas para os atendimentos. 

A Ortodontic Center começou o ano com 141 unidades e fecha 2016 com 167 franquias em operação em 19 Estados, além das que ainda estão em fase de implantação - uma média de três novas unidades inauguradas por mês. “É uma momento muito importante para a nossa marca e estamos muito satisfeitos com o que conseguimos fazer. Trabalhamos duro, nossas equipes deram o melhor em cada unidade e na franqueadora e está aí o resultado”, comemora Fernando Massi, um dos fundadores da Ortodontic Center.

Segundo Fernando Massi, a empresa está ainda mais confiante para 2017. “Temos um plano de expansão agressivo, que busca novos franqueados em todo o Brasil com bastante interesse no Sudeste e Nordeste do país”, conta.

A franquia Ortodontic Center
A Ortodontic Center é uma franquia compacta com serviços rápidos, que não ultrapassam 20 minutos, ela foi reformulada para prestar um atendimento ágil, principalmente na Ortodontia, que é o carro chefe da franquia, tornando a experiência de ir ao dentista mais agradável para crianças, adolescentes e jovens, que são os públicos alvos da empresa.

O investimento para abrir uma franquia da rede é de R$ 336 mil, já com a Taxa de Franquia, que é de R$65 mil. Cada unidade fatura em média, por mês, R$ 220 mil, já no primeiro ano de atividade, com uma rentabilidade de 20% a 25%. Hoje, a rede Ortodontic Center atende cerca de 100 mil clientes ao mês.

INVESTIMENTO
Investimento inicial: R$86.000,00 (taxa de franquia, equipamentos de informática e instrumental da clínica)
Despesas pré-operacionais: R$29.000,00 (despesas com o treinamento, serviços de legalização e taxas, materiais de escritório e outros e campanha de inauguração)
Investimento em instalações físicas: R$138.000,00 (equipamentos odontológicos, mobiliário e comunicação visual, equipamentos, utilidades e serviços)
Capital de giro: R$93.000,00
Total do investimento: R$336.000,00*
* Valores com obras e reformas não inclusos
TAXA DE FRANQUIA: R$ 65.000,00
TAXA DE ROYALTIES: 10% sobre o faturamento bruto
TAXA DE PROPAGANDA: 2% sobre o faturamento bruto
FATURAMENTO MÉDIO MENSAL: R$220.000,00
LUCRATIVIDADE: 20 a 25%
PONTO DE EQUILÍBRIO: 6 MESES
PAYBACK: 21 MESES
LUCRO MÉDIO MENSAL: R$53.000,00
TICKET MÉDIO: R$80,00
METRAGEM : 100m²
NÚMERO DE COLABORADORES: 7
PRAZO DE CONTRATO: 10 anos

Mr. Cheney, Dídio Pizza e i2Go trazem opções especiais para o Natal


Produtos “diferentões” inspirados no panetone e presentes úteis, coloridos e baratinhos para o seu amigo-secreto
 

Resgatando a tradição natalina de muitos países de presentear com doces decorados e feitos com ingredientes especiais, a rede de cookies Mr. Cheney traz a grande novidade da marca: o primeiro cookie do Brasil inspirado no “chocotone”. Pensado e elaborado para agradar o mais exigente paladar, o “Cookietone” é uma sobremesa sofisticada que poderá ser desde um presente de Natal, amigo secreto ou um lindo enfeite para as mesas das festas de final de ano.  Os cookies custam de R$ 7,00 a R$ 9,00 e para saber onde encontra basta acessar o site  www.mrcheney.com.br.


 


Já a tradicional rede de pizzaria delivery Dídio Pizza, une a paixão do paulistano pela pizza e o Natal e lança um sabor exclusivo: a Pizzatone. A pizzatone é uma receita exclusiva e secreta, mas dá para revelar quais são os ingredientes: massa folhada com creme especial que leva a essência de panetone, coberta de frutas cristalizadas e uvas passas. Lançada em 2008 o sabor voltou ao cardápio no dia 1/12 e fica até o dia 31/12, somente na Unidade da Lapa da Dídio Pizza. É vendida no tamanho Mini (R$ 27,00) e média (6 pedaços) e pode ser comprada pela central de atendimento no numero (11) 3123-2121 ou diretamente na Unidade da Lapa - Tito, 1274. www.didio.com.br
 

 
E pra quem está procurando um presente de amigo secreto de qualidade, bom preço e bonito, a dica são os acessórios para celular i2Go. A startup que é especializada em acessórios para celulares e tablets, tem mais de 6mil pontos de venda em todo país entre vending machines e displays acrílicos instalados em lojas de conveniência, livrarias e supermercados, e possui Kits Natalinos que vão de R$ 89,90 a R$ 199,90, além dos produtos avulsos que podem ser uma excelente opção para o seu amigo-secreto. www.i2go.com.br

terça-feira, 6 de dezembro de 2016

i2GO tem lançamentos para ninguém ficar desconectado no Natal


Vai trocar de celular no Natal? A i2GO tem lançamentos em acessórios para turbinar seu smartphone novo


Cabos, adaptadores e suporte para carro são as dicas da i2GO para que ninguém fique sem bateria nesse neste Natal. A startup que é especializada em acessórios para celulares e tablets tem marca própria e entre os diferenciais oferece 3 anos de garantia em todos os produtos.

Com mais de 6mil pontos de venda em todo país entre vending machines e displays acrílicos instalados em lojas de conveniência, livrarias e supermercados, a i2GO oferece linhas PRO e divertidas com certificação Apple e para modelos Android. Em 2015, a rede movimentou R$12milhões em vendas e espera bater os R$20milhões neste ano.

Os produtos da i2GO podem ser encontrados em lojas de conveniência das maiores redes de postos de gasolina, nos principais supermercados, livrarias em todo o Brasil e  nas máquinas de vending machines próprias.  Entre o mix de produtos estão cabos certificados pela Apple, como a nova linha Pro, que são cabos USB/Carregadores exclusivos para iPhone, carregadores de celular em geral, fones de ouvido, suportes veiculares, tomadas USB, baterias externas e outros.

Para o Natal, selecionamos uma opção de cabo, um carregador USB que funciona no isqueiro do carro e um suporte veicular para o papai colocar o telefone e ficar ligado no caminho enquanto dirige.   


Kit Natal sempre conectado!

Cabo Iphone 6 + Mobile Batery + Tomada. Por R$169,90

Kit Natal Sempre conectado PRO

Cabo Iphone 6 PRO 2 metros + Mobile Batery + Tomada Duas Saídas  Por R$199,90

Kit Natal Veicular sempre conectado!

Cabo Iphone 6 + Acendedor 2usb + Suporte Veicular AirVent  Por R$129,90


KITs com cabo MicroUSB (Android):

Kit Natal sempre conectado!

Cabo MicroUSB + Mobile Batery + Tomada. Por R$129,90

Kit Natal Sempre conectado PRO

Cabo MicroUSB PRO 2 metros + Mobile Batery + Tomada Duas Saídas  Por R$149,90

Kit Natal Veicular sempre conectado!

Cabo MicroUSB + Acendedor 2usb + Suporte Veicular AirVent  Por R$89,90


Para visualizar melhor os produtos e displays da i2GO, acesse o vídeo:
 https://www.youtube.com/watch?v=WpYSGIuk5Js&feature=youtu.be


terça-feira, 29 de novembro de 2016

Fazer um Test drive antes de investir no próprio negócio é possível?


Em algumas franquias mais profissionais, sim!

O famoso Test Drive que muitas concessionárias de veículos fazem para que os compradores possam testar o carro que desejam comprar, também está disponível em oportunidades de negócios, como em algumas franquias profissionais. Mudar de vida e comprar uma franquia é uma decisão importante, que requer muita pesquisa e cuidados. Então, por que não passar um dia operando aquele negócio antes de decidir se é isso mesmo que as pessoas desejam para os próximos anos de suas vidas?

O Test Drive normalmente é um dia onde o candidato à franquia acompanhe todos os processos do negócio, desde o horário de abertura, até o fechamento da loja. Ele acompanha a abertura do caixa, a limpeza, eventual contagem de estoque, preparação de tudo o que vai ser vendido, até a prospecção de clientes. Tudo isso para ter certeza de que realmente quer ter essa rotina diária de trabalho, se resolver comprar a franquia.

Na Dídio Pizza – franquia de pizzarias delivery, que possui 26 unidades, o Test Drive serve para que o candidato selecione a franquia que deseja e não o contrário. O franqueado da unidade Parque São Domingos, em São Paulo, Fernando Henrique Cabral, conta  que  no dia em que fez o test drive,  o que mais chamou sua atenção foram os processos de produção da cozinha para atender os pedidos. Segundo ele, a prática do dia-a-dia do negócio o encantou. “Antes de me tornar franqueado eu era bancário e procurei bastante por uma franquia, estudei várias propostas, mas até então, não tinha visto na prática o que era a rotina de uma pizzaria. Gostei de ver como  é feito o pedido da pizza através de uma central, montagem da pizza, sua padronização e também a verificação do atendente se a pizza está dentro do padrão e de acordo com o pedido do cliente e controle do estoque”, conta. Cabral ainda conta que o Test Drive fez toda a diferença na tomada de decisão pela franquia, pois se sentiu muito mais seguro.

Quem também se sentiu mais seguro para abrir uma unidade após ter feito o Test Drive foi Cheong Kuo Cheng, que está prestes a abrir sua primeira unidade da Ortodontic Center - rede com mais de 180 clínicas ortodônticas - em São Paulo.  Quando decidiu que havia chegado a hora de ter seu próprio negócio, Cheong pesquisou e participou de um evento de apresentação da rede. “Fui até Londrina, onde fica a sede da empresa franqueadora, para fazer o Test Drive em uma de suas unidades próprias. Conheci toda a operação, vi toda a rotina de trabalho de um dia na clínica, principalmente a gestão, a captação de clientes. Depois desse dia, tive certeza de que queria a franquia”, explica.

Para os franqueadores das duas redes – Elídio Biazini (Dídio Pizza) e Fernando Massi (Ortodontic Center) - é um direito do candidato à franquia conhecer o negócio antes de realizar um investimento que normalmente é para a vida inteira. E ambos concordam e orientam quem deseja abrir uma franquia, a solicitar o Test Drive para o franqueador antes de assinar o contrato. Afinal, segundo eles, quem é transparente e entrega realmente o que vende, não tem nada a temer.

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

Crianças carentes começam tratamento na Ortodontic Center



Duas meninas e um menino que, neste momento, não teriam condições de pagar por um tratamento de ortodontia foram indicados por jornalistas de Londrina


Três crianças entre 8 e 10 anos acabam de realizar suas avaliações para  tratamento ortodôntico gratuito e completo em Londrina. A ação social faz parte de um novo programa que beneficiará crianças carentes em todos os lugares onde a rede Ortodontic Center abrir unidades.

Duas meninas e um menino que, neste momento, não teriam condições de pagar por um tratamento de ortodontia foram indicados por jornalistas da Revista Acil e da Folha de Londrina – Coluna Oswaldo Militão para fazer a avaliação e tratamentos completos pelo tempo que for necessário gratuitamente na nova Ortodontic Center da Rua Sergipe. As crianças já fizeram as avaliações e estão no começo do tratamento.

Esta ação faz parte do plano de inauguração de novas unidades da Ortodontic Center.  A rede passou por uma reformulação recentemente e agora, as unidades deste novo modelo são de alta performance com  100 m² distribuídos em recepção, 4 cadeiras de dentistas, sala de fechamento de contrato e escritório.  Tudo isso garantindo pelo menos 100 novos contratos fechados para os franqueados todos os meses em cada unidade.  A Ortodontic Center possui mais de 150 unidades em todo o Brasil. 








segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Dídio Pizza conta sua receita de sucesso em evento do Sebrae

 Elídio Biazini, franqueador com mais de duas décadas de experiência, é um dos convidados do evento que vai discutir as tendências do setor de alimentação fora de casa


Com mais de 20 anos de experiência e franqueador de uma das mais profissionais redes de pizzarias do Estado de São Paulo, Elidio Biazini, da Dídio Pizza, participa na terça-feira, dia 29 de novembro, do evento do Sebrae sobre o mercado de pizzarias, que convida empreendedores que possuem histórias inspiradoras para levar experiências a empresários que querem saber mais sobre o ramo em um talk show.

Durante o evento deste mês, que é focado nas tendências da Alimentação fora de casa e vai focar no gerenciamento de estoque das pizzarias, Biazini vai falar sobre sua experiência no setor com a Dídio Pizza, que é especializada em entrega de pizzas delivery e também comentar seus principais erros e acertos durante essa trajetória. “Tenho muita história para contar sobre os desafios de criar a primeira rede de pizzarias delivery 100% nacional, com padronização de lojas e treinamentos específicos para os profissionais, desde os ajudantes de cozinha, até os entregadores motorizados e também de tudo o que aprendi com experiências que precisaram ser aprimoradas depois”, comenta o empresário.

A Dídio Pizza conta hoje com 26 unidades na capital paulista e interior. Somente em 2015 a rede vendeu 600 mil pizzas e fechou o ano com um faturamento de R$ 30 milhões. Para 2016, estão previstas mais 8 lojas no Estado de São Paulo e a previsão é chegar a dezembro com 770 mil pizzas vendidas e um crescimento de 28% no faturamento.

O evento tem início às 09:30 e além de Biazini,  também participa do bate papo José  Venâncio do Sebrae-SP e palestra sobre gestão de estoque. 

Serviço
Local: Sebrae-SP – Capital Sul
Av. Adolfo Pinheiro 712 -Santo Amaro - São Paulo – SP
Inscrições pelo telefone 5525-5270
Programação:
09:30 - Recepção e Boas-vindas
09:45 – Apresentação do Sebrae-SP e informações relevantes do setor
10:45 – Como administrar o estoque da sua pizzaria com José  Venâncio – Sebrae-SP
12:05 – Apresentação do case da Dídio Pizza “Como se destacar no mercado competitivo das pizzarias” com Elídio Biazini
12:30 - Encerramento

quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Como suportar as despesas de fim de ano e ainda ter lucro?


Especialista em redução de custos para empresas dá dicas para sobreviver nesta época de pagamento de 13 º salários, abonos e férias



Novembro é o mês do pagamento da primeira parcela do 13º salário dos colaboradores e no mês que vem, mais despesas se aproximam, como férias, abonos, gratificações extras e também a hora de rever e renovar diversos contratos com fornecedores. Como sobreviver a tudo isso num ano onde as vendas foram menores do que as de anos anteriores e, ainda assim, contabilizar lucros? O especialista em redução de custos para empresas, Fernando Macedo, da consultoria ERA – Expense Reduction Analysts, dá algumas dicas para empresários não entrarem em 2016 no vermelho.

“Muitos empresários acreditam que para não ficar no vermelho, a única solução é o aumento das vendas e, se elas não ocorrem, eles não veem alternativas e acabam recorrendo a financiamentos com altas taxas de juros e, com isso, vão iniciar um ano já no prejuízo. Mas todas as reduções de custos podem ser revertidas diretamente em lucro”, explica Macedo.

Segundo ele, os resultados podem ser melhores se as empresas olharem para suas planilhas de custos dispostas a realizarem mudanças em certos hábitos muitas vezes repetitivos por anos a fio. “A redução de gastos desnecessários no dia a dia das empresas podem fazer a grande diferença na hora de contabilizar os lucros”, explica o especialista.

Macedo acredita que, através da renegociação de contratos de fornecedores, novas cotações para a compra de materiais, com empresas nunca antes consultadas, ou até mesmo, mudanças internas de hábitos viciosos com as equipes de compras, é possível ter um salto no lucro das empresas, mesmo mantendo o mesmo volume de vendas. “É preciso fazer um levantamento dos custos com diversos itens, como serviços de limpeza, compra de suprimentos, logística, energia elétrica, planos de telefonia, remessas, entregas e outras e estar disposto a iniciar novas negociações, seja com os atuais fornecedores ou com novas cotações”. A economia pode chegar, em média, de 20 a 30%, refletindo diretamente no aumento do lucro, afirma o consultor.



quarta-feira, 16 de novembro de 2016

Neste Natal, Mr. Cheney lança o primeiro “cookietone” do Brasil


Rede de franquias de cookies tipicamente americanos lança o primeiro cookie do país inspirado no “Chocotone” e promete deixar as festas de final de ano ainda mais saborosas
 

O Natal no Mr. Cheney - rede de cookie stores - vai resgatar a tradição que muitos países têm de comemorar a data e presentear com doces decorados e feitos com ingredientes especiais. Este ano a grande novidade da marca é o primeiro cookie do Brasil inspirado no “chocotone”. Pensado e elaborado para agradar o mais exigente paladar, o “Cookietone” é uma sobremesa sofisticada que poderá ser desde um presente de Natal, amigo secreto ou um lindo enfeite para as mesas das festas de final de ano.

Além do grande lançamento, os apaixonados por cookies também poderão encontrar nas 59 unidades espalhadas por diversas localidades brasileiras, mais 3 sabores de cookies natalinos de dar água na boca, além de outras delícias americanas.

CookieTone: Inspirado no tradicional Chocotone, nossa Mamãe Noel desenvolveu esse maravilhoso cookie de chocolate meio amargo, com raspas de limão e laranja, cravo e um leve toque de essência de rum.
Red Velvet: Inspirado no Bolo Red Velvet, esse cookie é craquelado com açúcar de confeiteiro e muito chocolate branco.
Salted Caramel: Papai Noel decidiu incrementar o nosso delicioso Cookie de Chocolate Duplo com caramelo e para finalizar colocou uma pitada de sal marinho.
Ginger Cookie: Os opostos realmente se atraem. O maravilhoso Cookie de Chocolate Branco com gengibre

Preço de cada cookie: R$ 7,00 a R$ 9,00

Para encontrar a loja mais próxima, basta acessar www.mrcheney.com.br


Dídio Pizza lança sua nova Linha Healthy com massa sem glúten


A Linha Healthy vem para atender as pessoas que buscam uma vida mais saudável

Dídio Pizza, rede paulistana de pizzarias delivery,  lança a Linha Healthy e entra no mercado de produtos sem glúten prometendo qualidade e sabor para quem não dispensa uma boa pizza. 

A Linha Healthy estreia com a Brócolis Glúten Free que vem para atender pessoas que buscam uma vida mais saudável e o público fitness. “Essa pizza é para todos que não querem perder o prazer da boa mesa, conforme conta Elidio Biazini”, diretor da rede.
A redonda, que ganhou o nome de Brócolis Glúten Free, é preparada em massa sem glúten, produzida com farinha de arroz, sal, açúcar, batata doce, ovos, polvilho doce e goma xantana. Já o recheio vem com finas fatias de frango defumado Sadia  brócolis temperado, sob uma camada de cream cheese para dar aquele toque especial. 

A pizza está disponível em todas as 26 unidades da rede e a pizza média com 6 pedaços sai  por R$57, enquanto a grande com 8 pedaços custa R$63,50. A dica é pedir a pizza acompanhada de uma Coca-Cola Stevia, parceira da Dídio Pizza neste lançamento.

Mais sobre a Dídio Pizza
Nascida há 23 anos, a Dídio Pizza tem entre seus os diferenciais os ingredientes, provenientes somente de fornecedores de procedência, lançamento de sabores inusitados, com receitas criadas especialmente para a rede, além de central de atendimento e aplicativo próprias. 

A Dídio Pizza possui hoje 26 lojas espalhadas pela capital paulista e cidades do interior do Estado e a previsão é chegar a dezembro de 2016 com 770 mil pizzas vendidas e um crescimento de 28% no faturamento. O plano de expansão da Dídio Pizza este ano inclui, além de diversos bairros da capital paulista, cidades próximas como Guarulhos, Paulínia, Americana, Piracicaba, Sorocaba, Mogi das Cruzes, Santos, entre outras.

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Franquias geram empregos fixos em Minas Gerais no final do ano


O segundo semestre é a época em que as franquias mais inauguram unidades e geram empregos sem exigir experiência

O segundo semestre do ano é uma época em que muitas redes de franquias se preparam para inaugurar as unidades comercializadas no primeiro semestre e com a chegada da época natalina, a contratação de mão de obra se faz muito necessária. Porém, não serão empregos temporários e sim fixos. Uma franquia não abre suas portas sem o número mínimo de funcionários para trabalhar (em média 16 novos empregos por franquia) e não é necessário ter experiência, já que as redes oferecem treinamento.

Segundo a Rizzo Franchise – consultoria responsável por pesquisas sobre o Franchising em toda a América Latina, somente no segundo semestre deste ano serão abertas 107 mil novas franquias dos mais variados setores, gerando mais de 11.300 empregos diretos em todas as cidades do país. No primeiro semestre, o número de novas franquias instaladas foi de 71.350, mas 60% de todas as franquias instaladas anualmente são inauguradas no segundo semestre.
 

O franqueado Daniel Peluso, da rede Mr Cheney – de cookies tipicamente americanos – com apenas 27 anos comemora a inauguração da sua 3ª unidade no Shopping Diamond Mall, em Belo Horizonte. O quiosque que tem um ponto privilegiado fica em frente ao cinema e dispõe de uma área de mesas com 54 lugares. Para atender a demanda, Daniel precisou contratar 10 funcionários e até o final do ano terá que contratar pelo menos mais 3, apenas para essa unidade e 8 para as outras duas lojas “Sou o pioneiro da marca em Belo Horizonte, eu trouxe para os mineiros um produto sofisticado, exclusivo e  completamente diferente de tudo que já existe em nosso mercado. A conta não poderia ser outra, minhas lojas possuem muito movimento e a contratação contínua de funcionários é sempre necessária.” Afirma Peluso.

Temos cases de franquias sendo instaladas e que estão gerando empregos e impulsionando as indústrias de seus segmentos.


quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Outer Shoes busca por investidor para ponto disponível no BH Shopping


Rede carioca de calçados já tem um ponto negociado no melhor piso do shopping mineiro


O BH Shopping, tradicional centro de compras de Belo Horizonte, foi o ponto escolhido para receber a segunda loja da Outer Shoes no Estado de Minas Gerais. O ponto foi negociado estrategicamente pela franqueadora e já está disponível para quem deseja ter uma loja de calçados diferente de todas que o Shopping já tem. Segundo o Gerente de Expansão da rede, Filipe Lamim, a franquia está com uma excelente oportunidade para quem deseja investir no próprio negócio “O ponto escolhido para a instalação imediata da Outer Shoes foi negociado nas melhores condições do mercado. O franqueado que for aprovado para esta unidade aproveitará uma oportunidade única. É raro no mercado conseguir um ponto tão bom e com um preço tão acessível”.

 
A Outer promete ser o local ideal para encontrar aquele modelo descontraído, confortável e de alta qualidade que faltava em Minas Gerais. Todos os modelos da marca são desenhados especialmente para a Outer e utilizam materiais escolhidos e pensados levando em consideração o conforto e o estilo dos homens e mulheres Outer Shoes.

Sobre a Outer Shoes
Com lojas sofisticadas, porém com elementos simples e da natureza que remetem ao conceito de um “jardim urbano”, a Outer Shoes está se posicionando como uma franquia sem concorrência no mercado e que tem atraído muitos candidatos que desejam ter o próprio negócio, mas querem fugir do lugar comum, faturando com um público de classes A e B exigente e que não abre mão do bom gosto pessoal e do conforto, sem ter que seguir a moda preestabelecida pelas tendências mundiais. Hoje a Outer conta com 26 lojas no Brasil.

Ficha Técnica
Investimento total (incluindo a Taxa de Franquia): R$ 330 mil
Capital de Giro: R$ 120 mil
Taxa de Franquia: R$ 40 mil
Taxa de Royalties: 30% sobre compras
Taxa de Propaganda: não cobra
Metragem mínima das lojas: 30m²
Número de funcionários por loja: 10
Ticket Médio: R$ 300,00
Faturamento médio mensal: R$ 150 mil
Lucratividade: 14%
Prazo de retorno do investimento: 24 meses
Prazo de contrato: 5 anos
Informações da franquia: www.outershoes.com.br

BH Shopping
BR 356, n.º 3.049
Bairro Belvedere - CEP: 30320-900
Belo Horizonte – MG



terça-feira, 8 de novembro de 2016

Didio Pizza busca franqueados em Sorocaba e Santos


Com 26 unidades no Estado, rede vai fechar o ano com 770 mil pizzas vendidas e um crescimento de 28% no faturamento
 

A rede de Pizzarias delivery  Didio Pizza foca sua expansão no interior de São Paulo e mira Sorocaba e Santos como prioridades para abrir novas unidades nos próximos meses.

Com unidades em Guarulhos, Campinas e Jundiaí, entre outras cidades do interior paulista, a rede está processo captação de franqueados para suas próximas lojas. Com faturamento médio mensal de R$ 70 mil no primeiro ano de operação e investimento inicial de R$ 350 mil, a Dídio é uma boa opção de negócio para quem está na baixada Santista e Sorocaba.

De acordo com Elídio Biazini, diretor da rede, as duas cidades têm o perfil e potencial que a Didio Pizza procura em sua expansão. “Lojas em Sorocaba e Santos tem tudo para serem unidades de sucesso. O público das duas cidades está dentro do target que nosso estudo de geoprocessamento aponta. Os novos franqueados que investirem nessas unidades terão negócios de sucesso nas mãos”, garante Biazini.

A Dídio Pizza possui hoje 26 lojas espalhadas pela capital paulista e cidades do interior do Estado e a previsão é chegar a dezembro de 2016 com 770 mil pizzas vendidas e um crescimento de 28% no faturamento. Além de Sorocaba e Santos, plano de expansão da Dídio Pizza inclui, Paulínia, Americana, Piracicaba, Mogi das Cruzes, entre outras.


DÍDIO PIZZA – ficha técnica
- Investimento inicial: R$ 350 mil
- Capital de Giro (incluso no investimento inicial): R$ 30 mil
- Taxa de franquia (inclusa no investimento inicial): R$ 45 mil
- Taxa de royalties 9% sobre Faturamento Bruto
- Taxa de Propaganda: 2% sobre Faturamento Bruto
- Faturamento médio mensal de uma loja: R$ 70 mil no primeiro ano
- Metragem mínima de uma loja: 85m²
- Lucratividade do franqueado: Média de 12%
- Retorno do investimento: 27 meses
- Número de funcionários por loja: 11 funcionários
- Tempo de contrato: 4 anos
Mais informações: www.didio.com.br


Não é o varejo já existente que vai gerar novos empregos neste fim de ano. E, sim, as novas franquias que estão sendo inauguradas até dezembro


 As indústrias também não serão prejudicadas pela diminuição de pedidos para o Natal, já que as novas franquias só começam suas operações adquirindo todo o estoque inicial necessário


Com a crise vivida este ano pelo comércio, a maioria das lojas de varejo estão mais retraídas neste fim de ano. Com os estoques ainda cheios, não vão arriscar compras extras para o Natal e muito menos contratar mão de obra extra, gerando, assim, mais custos fixos.

Porém, no mundo as franquias, a coisa é um pouco diferente. As franquias já instaladas vão seguir este mesmo rumo do varejo no fim do ano, mas as que estão sendo inauguradas até dezembro, estão gerando empregos e impulsionando as indústrias. Isso porque, uma franquia não abre suas portas sem o número mínimo de funcionários para trabalhar (em média 16 novos empregos por franquia) e o estoque inicial precisa estar completo.

Segundo a Rizzo Franchise – consultoria responsável por pesquisas sobre o Franchising em toda a América Latina, somente no segundo semestre deste ano serão abertas 107 mil novas franquias dos mais variados setores, gerando mais de 11.300 empregos diretos em todas as cidades do país. No primeiro semestre, o número de novas franquias instaladas foi de 71.350, mas 60% de todas as franquias instaladas anualmente são inauguradas no segundo semestre.




quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Ortodontic Center bate recorde de vendas em época de crise e salta de 7 mil para mais de 11 mil contratos no mês de Agosto

Franqueadora conscientiza e motiva franqueados, principalmente aqueles que atuavam como dentistas e atendiam pacientes em suas clínicas, para irem a campo prospectar clientes e gerir pessoalmente o negócio
  

Em plena época de crise do varejo, onde a maioria dos estabelecimentos comerciais vem registrando queda nas vendas, a Ortodontic Center – maior rede de franquias de clínicas ortodônticas do país, registra recorde de vendas neste segundo semestre. Somente no mês de Agosto, a rede contabilizou um aumento de mais de 4.300 novos clientes em relação ao mesmo mês do ano passado (de 7.137 em agosto de 2015, para 11.459 novos clientes em agosto deste ano).

O resultado surpreendente não vem de nenhuma ação estratégica implantada recentemente. A franqueadora apenas passou a incentivar os franqueados dentistas, que antes tinham como principal foco atender pacientes em suas unidades, a deixarem literalmente a odontologia e passar a ter foco somente na gestão de seus negócios, e irem a campo prospectar clientes e administrar a franquia, contratando dentistas para a realização dos serviços odontológicos.

 “Começamos mostrando resultados de alguns franqueados que deixaram de atuar como dentistas e rapidamente tiveram um salto em seus faturamentos. Motivados com os resultados desses franqueados, pouco a pouco, muitos deles passaram a fazer o mesmo e ficaram surpresos como realmente cuidar apenas da gestão da franquia faz toda a diferença na performance das clínicas”, explica Fernando Massi, um dos sócios da Ortodontic Center, que também largou a odontologia para criar a empresa há mais de 15 anos e hoje recebe muito mais cadastros de interessados na franquia que possuem as mais diversas profissões e nunca tiveram contato com a odontologia. “Uma franquia é um negócio como outro qualquer. No nosso caso, não importa se são dentistas, engenheiros, advogados ou executivos. O que importa é o dono estar na gestão do negócio pessoalmente”, completa Fernando.

Para ter uma ideia de apenas alguns resultados surpreendentes, a unidade de Laranjeiras do Sul, no Paraná, teve 30% de aumento em suas vendas. A franquia de Cascavel, também no Paraná, aumentou em 39% o número de novos clientes e a de Santa Cruz do Sul, RS, aumentou em mais de 400% o número de clientes colocando em prática a atividade de ir para a rua junto com seus promotores de venda. E isso tudo somente no mês de Agosto deste ano.

E os resultados não estão apenas sendo refletidos por franqueados dentistas que não atendem mais pacientes em suas clínicas. Os novos franqueados, que possuem outras profissões, mas resolveram investir em uma franquia de clínica ortodôntica, estão atingindo e superando suas metas antes do tempo previsto. É o caso, por exemplo, da franquia de Curitiba, que tinha uma meta de 100 novos contratos fechados por mês. Ela foi inaugurada no início de setembro e, em apenas 20 dias de atividade, já tinha em carteira 100 contratos fechados e pagos.

A Ortodontic Center continua sua expansão com foco nas cidades de Curitiba e em São Paulo, onde duas novas unidades serão abertas em São Paulo no mês de dezembro. Nos próximos 10 anos, a rede prevê a abertura de 873 franquias em 300 localidades selecionadas com, no mínimo, 100 mil habitantes concentrados nas classes B2, C e D, com potencial para captação de 7 mil clientes ao longo de 10 anos.

Ortodontic Center - Ficha Técnica:

Investimento total: R$ 220 mil (R$ 65 mil de Taxa de Franquia, R$ 12 mil de materiais iniciais e R$ 143 mil de Capital de Giro)
Obs: O franqueado não tem custos com reformas do ponto comercial, nem com a instalação de equipamentos e mobiliário, pois há o investidor imobiliário e a franquia é entregue pronta.
Taxa de Royalties: 10% sobre o faturamento bruto
Taxa de Propaganda: 2% sobre o faturamento bruto
Faturamento médio mensal: R$ 220 mil
Ticket Médio: R$ 80,00
Lucratividade: 20%
Metragem: 100m²
Número de funcionários: 5 contratados e 2 dentistas profissionais liberais
Prazo de Contrato: 10 anos


terça-feira, 1 de novembro de 2016

Kick Off realiza a segunda edição do Franchise Showcase no Centro de Eventos do World Trade Center, em São Paulo

 A Consultoria Kick Off realiza em São Paulo encontro de negócios para pessoas que desejam investir em franquias
 

A segunda edição do Franchise Showcase acontece dia 10 de novembro no Centro de Eventos do World Trade Center São Paulo. O principal objetivo é informar empresários, executivos e investidores de todo o país sobre oportunidades no mercado franquias com linguagem adequada a este público.

Em sua primeira edição, o evento gerou mais de R$ 2,5Mi em investimentos diretos, e a expectativa é que esta edição supere os R$ 4 Mi em transações.  Com a evolução do mercado, as franquias deixaram de ser uma opção apenas para o pequeno investidor ou para o “marinheiro de primeira viagem”, transformando-se em modalidade de negócio para executivos focados no “plano B”, para family offices que buscam alternativas para herdeiros, para empresários em busca de diversificação e para multifranqueados; estes grupos compõem o público-alvo do evento.

O programa é composto por palestras sobre como avaliar uma franquia, como investir em franquias tradicionais e também em negócios inovadores, cases de investidores de sucesso, além de rodada de negócios com franqueadores selecionados.

Organização: Kick Off Consultores Associados - especialista no aconselhamento de executivos e investidores qualificados para aquisição de negócios, com destaque para operações estruturadas de franquias.

As vagas são limitadas, as inscrições são gratuitas e poderão ser feitas até 08/11 no site www.kickoffconsultores.com.br/showcase

Local: Centro de Eventos do World Trade Center São Paulo
Av. das Nações Unidas 12.551 – São Paulo
Data: 10 de novembro de 2016 – 8h30 às 17h00

Contato para imprensa:
Renato L. Claro – Sócio-Diretor – Kick Off Consultores Associados
renato.claro@kickoffconsultores.com.br
(11) 2613-4856 – (11) 98639-8464

sexta-feira, 28 de outubro de 2016

No Halloween do Mr Cheney sua fantasia vale um cookie


Rede de franquias de cookies tipicamente americanos enfeita as lojas para o dia do halloween e aguarda clientes fantasiados para a comemoração
 
O dia 31 de outubro é uma data tipicamente americana, igualzinha aos cookies do Mr Cheney e para não passar em branco o dia em que muitos precisam escolher entre um doce ou uma travessura, a rede prepara uma surpresa temática, já que todas as lojas foram ambientadas para a comemoração.

O cliente que visitar qualquer unidade do Mr Cheney devidamente fantasiado, tirar uma foto e postar nas redes sociais @mrcheneyoficial no Instagram ou MrcheneyCookies no Facebook, com apresentação de CPF terá o direito de ganhar um cookie.

Veja no site do Mr Cheney a unidade mais próxima de você e confira o regulamento da promoção  www.mrcheney.com.br

Tudo começou numa missão mórmon

O Mr. Cheney tem este nome depois que um americano, chamado Jay Cheney, veio ao Brasil numa missão mórmon e conheceu Lindolfo Paiva, que estava servindo na mesma missão no sul do país. Anos mais tarde, após nova visita ao Brasil, o americano contou que era gerente de uma loja de cookies nos Estados Unidos (um cookieman, como são chamados lá) e ensinou a receita original do cookie americano e seus segredos. Lindolfo e sua esposa começaram a fazer cookies de maneira caseira primeiramente, mas o sucesso foi tanto, que muita gente conhecida queria comprá-los. Ao comentar isso com seu amigo americano, Jay Cheney voltou ao Brasil e ajudou Lindolfo a montar a primeira loja na Zona Norte, que foi batizada de Mr. Cheney por Lindolfo para homenagear o amigo. Até hoje, quando um americano experimenta os cookies do Mr. Cheney os comentários são sempre os mesmos: “vocês deveriam abrir lojas nos EUA, porque nem mesmo lá comemos cookies tão saborosos como estes”.

Delícias Americanas do Mr. Cheney:


 
COOKIES
Os cookies são vendidos a R$ 6,00 cada e estão disponíveis em 10 diferentes sabores:
- Chocolate Chips (massa de baunilha com pedaços de chocolate)
- Double Chocolate (massa de cacau em pó com grandes pedaços de chocolate meio amargo)
- Triple Chocolate (3 chocolates juntos no mesmo cookie – cacau em pó, chocolate branco e chocolate meio amargo)
- White Chocolate Chips (massa de baunilha com grandes pedaços de chocolate branco)
- Macadamia (cookie gourmet com pedaços de macadamia e de chocolate meio amargo)
- White chocolate chips with walnuts (chocolate branco e nozes)
- Chocolate chips with M&M´s (cookie com pedaços de chocolate e coberto com os confeitos coloridos M&Ms)
- Chocolate chips with peanuts (cookie de pasta de amendoim com pedaços de chocolate e amendoim picado)
- Chocolate chips with walnuts (chocolate meio amargo com nozes chilenas)
- Oatmeal Raisins (cookie light com menos gordura, menos açúcar, com uvas passas e aveia em flocos).

OUTRAS GULOSEIMAS DOCES:
- Brownie: Semelhante a um bolo de chocolate (com ou sem nozes), úmido por dentro, servido quente com uma bola de sorvete de baunilha e calda de chocolate por cima.
- Apple pie: tortinhas de maçã individuais, recheadas com maçãs Granny Smith, canela, açúcar e noz moscada, servida quente com uma bola de sorvete de baunilha e calda de caramelo por cima.
- American Pancakes with maple syrup: 3 panquecas grossas feitas na hora, servidas quentes, cobertas com manteiga e uma cobertura a escolha do cliente, bem no estilo americano. Opções de cobertura: maple, leite condensado, geleia ou creme de avelã.
- Cinnamon Roll: enrolados de canela feitos de pão doce tipicamente americano, massa bem macia com bastante canela, servido quente com nossa exclusiva cobertura de cream cheese, calda de chocolate e caramelo.
- Cheesecake: Receita estilo New York feita à base de cream cheese, açúcar, ovos e baunilha sobre base de biscoitos com um toque de canela. Servida gelada pura ou com geleia de morango ou de amora.
- Cookie Ice Montain: seu cookie preferido servido com uma bola de sorvete de baunilha por cima e coberto com calda de caramelo ou chocolate.

SALGADOS

- Turkey & Ham rolls: pães salgados em forma de rocambole, recheados com mussarela, presunto ou peito de peru e servidos quentes com requeijão e orégano.

 BEBIDAS

- Shakes em 3 versões: milk shake, cookie shake e Ovomalcheney.
- Cafés, chás, cappuccinos e achocolatados.
- Água, refrigerantes e sucos.

ESPECIAIS

Produtos para viagem ou presentes, como as caixinhas de mini-cookies com 6 unidades, caixa com o Big Cookie (personalizados, com nomes ou frases), gingerbread (biscoitos de gengibre) e outros (preços diversos).

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

5 dicas de redução de custos que podem contribuir para as empresas voltarem a crescer

Especialista ensina como diminuir custos em pequenas atitudes diárias nas empresas, mas que são grandes soluções para lucrar mais
 
Algumas práticas foram criadas nas empresas e ninguém sabe dizer quem foi ou porque a regra foi criada assim. O fato é que, por comodismo, hábito ou resistência a mudanças, muitas empresas não se dão conta de que possuem grandes “ralos”, com uma série de desperdícios e custos desnecessários que comprometem a lucratividade. Muitas vezes, pode ser uma simples compra de papelaria ou cafezinho – pequenas despesas que acumulam milhões ao longo dos anos.

Para fazer uma boa revisão nos custos das empresas, Fernando Macedo, especialista em redução de custos da ERA – Expense Reduction Analysts, consultoria de origem inglesa que está no Brasil desde 2009, dá algumas dicas:

1- Cotações com fornecedores
Quando a equipe de compras está acostumada a fazer a famosa “cotação com 3 fornecedores para escolher o melhor”, cuidado! Este é um processo vicioso e nem sempre eficiente, principalmente se os fornecedores são sempre os mesmos. Faça um rodízio entre os colaboradores que realizam cotações periodicamente. Caso alguém se sinta incomodado com isso, aumente a vigilância, pois pode estar havendo favorecimento de fornecedores em sua empresa.

2- Limpeza
Se o serviço for terceirizado, esteja atento ao escopo do trabalho contratado e respectiva equipe comprometida. Às vezes, as empresas optam por contratar serviços noturnos, encarecendo os contratos de limpeza,  enquanto em certas horas do dia o fluxo de pessoas circulando é menor e a limpeza poderia ser feita bem mais em conta. Caso o serviço seja desenvolvido por funcionários da empresa, fique atento aos turnos de trabalho e áreas de maior circulação de pessoas. Nunca tente economizar suprimindo o encarregado ou supervisor.

3- Telecomunicações
A grande vilã do desperdício nas empresas. Alguns cuidados básicos para reduzir as tarifas: 1)evite ligar de telefone fixo para móvel, é sempre mais caro; 2) cuidado com promoções milagrosas, verifique todas as exceções para não ter decepções; 3) procure sempre identificar o perfil de consumo da sua operação, cuidado ao comparar apenas o valor total da conta na hora de avaliar propostas; 4) não confunda telefonia móvel com serviço de rádio; 5)  nunca contrate planos corporativos de telefonia móvel em função da hierarquia, tenha em mente que nem sempre os gerentes e diretores da empresa estão em trânsito gerando receitas.

4- Cafézinho
O cafézinho é uma tradição cultural e nem sempre recebe a devida atenção. Existem muitos fornecedores com boas propostas comerciais e é possível conseguir ainda melhores negociações, se a política da empresa autorizar a inclusão de itens complementares em equipamentos de auto-serviço, tais como: achocolatados, sucos, etc.
 
5- Compras repetidas
Não é difícil encontrar empresas cujos departamentos têm autonomia para compras isoladas ou contratação de serviços e dois ou mais departamentos compram a mesma coisa em momentos diferentes e com fornecedores diferentes. O ideal é centralizar as compras para ganhar no volume e diminuir a margem de preços. Estabelecer uma política de pagamentos mensais no lugar de pagamentos a cada compra também ajuda a ter mais controle.


quarta-feira, 26 de outubro de 2016

Mr Kids tem 96 pontos comerciais negociados e já aprovados no interior de São Paulo para novos franqueados


Microfranquia tem contratos com as maiores redes de hipermercados em todo o Brasil para instalação imediata das máquinas de doces e brinquedos
 

A microfranquia de máquinas de brinquedos e doces Mr Kids tem 96 pontos disponíveis no interior de São Paulo para quem deseja abrir uma franquia. São 48 cidades paulistas com pontos já negociados pela franqueadora em hipermercados como o Wall Mart, Extra, Carrefour, Socicam e Aeroportos. A negociação permite que os franqueados possam ter disponibilidade praticamente imediata para a instalação das máquinas de doces e brinquedos, logo depois da assinatura do contrato de franquia. Em todo o Brasil, são mais de 800 pontos disponíveis.

Para facilitar a compra da franquia e atrair mais candidatos, a franqueadora também está facilitando o pagamento, mesmo com um investimento considerado baixo, que é de R$ 18,5 mil. “Essa iniciativa é para que os nossos novos franqueados ganhem fôlego nos primeiros meses do negócio, já que a maioria de nossos candidatos são pessoas que estão ávidas por um novo negócio, principalmente com a atual conjuntura que todo brasileiro está vivendo. Cobramos a Taxa de Franquia à vista, que é de R$ 8 mil e o restante após o recebimento da ficha de pré-qualificação e análise de crédito. O franqueado poderá pagar o restante em até 5 vezes no boleto ou em 6 vezes no cartão”, explica Antonio Chiarizzi, fundador da Mr. Kids.

O Mr. Kids possui 115 franquias e 6.200 máquinas espalhadas por diversos pontos de venda. No ano passado, a rede faturou R$ 3,2 milhões e a meta para 2016 é a venda de 50 novas franquias e um crescimento de 40%.

Mr. Kids – Ficha Técnica
Investimento Total: R$ 18,5 mil
Taxa de Franquia: R$ 8 mil
Taxa de Royalties: não cobra
Taxa de Propaganda: não cobra
Faturamento médio mensal: de R$ 1.600,00 a R$ 30 mil ou mais
Lucratividade: de 35 a 40%
Número de Funcionários: 0
Retorno do Investimento: 15 a 18 meses
Prazo do contrato: 3 anos
Contato da Franqueadora: franquia@mrkids.com.br ou 11 5058-2111

terça-feira, 25 de outubro de 2016

Mr Cheney comemora o Halloween com concurso entre os franqueados da loja mais enfeitada


A rede do cookies tipicamente americanos contará com a criatividade de todos os franqueados e seus funcionários para realizar uma competição entre as unidades onde os juízes serão os fãs da marca


O Mr Cheney promete mexer com a criatividade de todos os franqueados para comemorar a passagem de mais um Halloween.  Começou a valer hoje uma competição entre todas as unidades que irá eleger a loja mais caracterizada para o dia da “gostosura ou travessura” e os juízes serão os fãs da marca, com votação pelas mídias sociais da rede.

A votação será encerrada no dia 31 de outubro, às 8h00 e a loja campeã será anunciada no mesmo dia.

Veja no site do Mr Cheney a unidade mais próxima de você e confira o regulamento do concurso  www.mrcheney.com.br

Delícias Americanas do Mr. Cheney:

COOKIES
Os cookies são vendidos a R$ 6,00 cada e estão disponíveis em 10 diferentes sabores:
- Chocolate Chips (massa de baunilha com pedaços de chocolate)
- Double Chocolate (massa de cacau em pó com grandes pedaços de chocolate meio amargo)
- Triple Chocolate (3 chocolates juntos no mesmo cookie – cacau em pó, chocolate branco e chocolate meio amargo)
- White Chocolate Chips (massa de baunilha com grandes pedaços de chocolate branco)
- Macadamia (cookie gourmet com pedaços de macadamia e de chocolate meio amargo)
- White chocolate chips with walnuts (chocolate branco e nozes)
- Chocolate chips with M&M´s (cookie com pedaços de chocolate e coberto com os confeitos coloridos M&Ms)
- Chocolate chips with peanuts (cookie de pasta de amendoim com pedaços de chocolate e amendoim picado)
- Chocolate chips with walnuts (chocolate meio amargo com nozes chilenas)
- Oatmeal Raisins (cookie light com menos gordura, menos açúcar, com uvas passas e aveia em flocos).

OUTRAS GULOSEIMAS DOCES:
- Brownie: Semelhante a um bolo de chocolate (com ou sem nozes), úmido por dentro, servido quente com uma bola de sorvete de baunilha e calda de chocolate por cima.
- Apple pie: tortinhas de maçã individuais, recheadas com maçãs Granny Smith, canela, açúcar e noz moscada, servida quente com uma bola de sorvete de baunilha e calda de caramelo por cima.
- American Pancakes with maple syrup: 3 panquecas grossas feitas na hora, servidas quentes, cobertas com manteiga e uma cobertura a escolha do cliente, bem no estilo americano. Opções de cobertura: maple, leite condensado, geleia ou creme de avelã.
- Cinnamon Roll: enrolados de canela feitos de pão doce tipicamente americano, massa bem macia com bastante canela, servido quente com nossa exclusiva cobertura de cream cheese, calda de chocolate e caramelo.
- Cheesecake: Receita estilo New York feita à base de cream cheese, açúcar, ovos e baunilha sobre base de biscoitos com um toque de canela. Servida gelada pura ou com geleia de morango ou de amora.
- Cookie Ice Montain: seu cookie preferido servido com uma bola de sorvete de baunilha por cima e coberto com calda de caramelo ou chocolate.
SALGADOS
- Turkey & Ham rolls: pães salgados em forma de rocambole, recheados com mussarela, presunto ou peito de peru e servidos quentes com requeijão e orégano.

 BEBIDAS
- Shakes em 3 versões: milk shake, cookie shake e Ovomalcheney.
- Cafés, chás, cappuccinos e achocolatados.
- Água, refrigerantes e sucos.

ESPECIAIS
Produtos para viagem ou presentes, como as caixinhas de mini-cookies com 6 unidades, caixa com o Big Cookie (personalizados, com nomes ou frases), gingerbread (biscoitos de gengibre) e outros (preços diversos).


segunda-feira, 17 de outubro de 2016

Ortodontic Center inaugura mais uma unidade em Londrina e faz ação social com crianças carentes


A partir de agora, as novas unidades da rede farão avaliações ortodônticas em crianças indicadas por personalidades e jornalistas de cada cidade e contribuirão para melhorar o sorriso e a autoestima com a colocação de aparelhos


A partir desta sexta, dia 14 de outubro, a Ortodontic Center de Londrina abre as portas da sua nova unidade no centro de Londrina – cidade onde a empresa foi fundada há 15 anos. A nova clínica inicia suas atividades na Rua Sergipe, 829 e traz a novidade da ação social com crianças, que será repetida a partir de agora em todas as clínicas que serão inauguradas no Brasil.

As crianças serão indicadas por personalidades e jornalistas de cada região onde a Ortodontic Center inaugurar uma nova unidade. Elas passarão por uma avaliação da equipe clínica para verificar a necessidade e o tipo de tratamento ortodôntico a ser realizado. Durante todo o tratamento, as crianças indicadas serão acompanhadas pelos profissionais da Ortodontic Center. A Rede é especializada em Ortodontia e reconhecida pela qualidade de seus profissionais e alto índice de satisfação de seus clientes.

A nova unidade da Ortodontic Center em Londrina está projetada para o fechamento de 100 novos clientes ao mês, com um faturamento médio mensal de R$ 220 mil e uma lucratividade de 20%. Somente esta clínica do centro da cidade vai gerar 15 novos empregos diretos e indiretos e uma renda para a cidade de Londrina de cerca de R$ 30 mil, já que 15% da receita de cada franquia será destinada ao Município em impostos, contratação de serviços extras, como coleta especial de lixo, pagamento a fornecedores e outros.

A Ortodontic Center possui hoje 160 unidades distribuídas por todo o país e pretende encerrar o ano de 2016 com 200 franquias e um faturamento de cerca R$ 150 milhões.

Ortodontic Center – nova unidade de Londrina/PR
Rua Sergipe, 829 – Centro

Mr. Cheney inaugura 25ª unidade na Capital de São Paulo

 Com uma expansão totalmente focada em Shopping Centers, a rede de franquias Mr Cheney inaugura unidade no Morumbi Town
  
Uma loja ambientada para trazer uma experiência única ao consumidor: o cookie sendo preparado na frente do cliente, levado ao forno e saindo quentinho, com um aroma inesquecível. Tudo igualzinho ao ambiente das famílias americanas, que esperavam as mães e as avós prepararem os cookies enquanto se reuniam nas cozinhas juntamente com as crianças. Este é o conceito do Mr. Cheney, uma verdadeira cookie store americana no Brasil, que inaugurou mais uma unidade da rede no Morumbi Town.
           
Além dos cookies em 10 sabores, que são o carro-chefe das lojas, o Mr. Cheney reproduziu as receitas de diversos american treats tradicionais como cinnamon roll, american pancakes with maple syrup, apple pie, cheesecake, brownies etc. Todos os produtos são resultados de receitas autênticas americanas, produzidos artesanalmente com ingredientes de primeira qualidade, bem recheados e fieis aos detalhes do preparo, como fazem as mães,  as avós e as tias americanas.

Rubem Balan é um publicitário de 40 anos que ainda não se sentia totalmente realizado. O sonho de ter o próprio negócio sempre esteve presente em sua lista de realizações pessoais e quando conheceu o Mr Cheney não teve dúvidas de que gostaria de ter uma franquia da rede “Antes de conhecer a marca, o que chamava muito a minha atenção eram as enormes filas que se formavam nas unidades dos shoppings que eu frequentava. Depois de provar o produto, comecei a procurar mais informações e logo me identifiquei com a comunicação visual da marca e com a experiência que a loja oferece aos clientes” afirma Rubem.

Com 58 unidades em funcionamento, entre lojas e quiosques, a rede pretende fechar o ano de 2016 com 80 contratos assinados.

Delícias Americanas do Mr. Cheney:
COOKIES
Os cookies são vendidos a R$ 6,00 cada e estão disponíveis em 10 diferentes sabores:
- Chocolate Chips (massa de baunilha com pedaços de chocolate)
- Double Chocolate (massa de cacau em pó com grandes pedaços de chocolate meio amargo)
- Triple Chocolate (3 chocolates juntos no mesmo cookie – cacau em pó, chocolate branco e chocolate meio amargo)
- White Chocolate Chips (massa de baunilha com grandes pedaços de chocolate branco)
- Macadamia (cookie gourmet com pedaços de macadamia e de chocolate meio amargo)
- White chocolate chips with walnuts (chocolate branco e nozes)
- Chocolate chips with M&M´s (cookie com pedaços de chocolate e coberto com os confeitos coloridos M&Ms)
- Chocolate chips with peanuts (cookie de pasta de amendoim com pedaços de chocolate e amendoim picado)
- Chocolate chips with walnuts (chocolate meio amargo com nozes chilenas)
- Oatmeal Raisins (cookie light com menos gordura, menos açúcar, com uvas passas e aveia em flocos).

OUTRAS GULOSEIMAS DOCES:
- Brownie: Semelhante a um bolo de chocolate (com ou sem nozes), úmido por dentro, servido quente com uma bola de sorvete de baunilha e calda de chocolate por cima.
- Apple pie: tortinhas de maçã individuais, recheadas com maçãs Granny Smith, canela, açúcar e noz moscada, servida quente com uma bola de sorvete de baunilha e calda de caramelo por cima.
- American Pancakes with maple syrup: 3 panquecas grossas feitas na hora, servidas quentes, cobertas com manteiga e uma cobertura a escolha do cliente, bem no estilo americano. Opções de cobertura: maple, leite condensado, geleia ou creme de avelã.
- Cinnamon Roll: enrolados de canela feitos de pão doce tipicamente americano, massa bem macia com bastante canela, servido quente com nossa exclusiva cobertura de cream cheese, calda de chocolate e caramelo.
- Cheesecake: Receita estilo New York feita à base de cream cheese, açúcar, ovos e baunilha sobre base de biscoitos com um toque de canela. Servida gelada pura ou com geleia de morango ou de amora.
- Cookie Ice Montain: seu cookie preferido servido com uma bola de sorvete de baunilha por cima e coberto com calda de caramelo ou chocolate.
SALGADOS
- Turkey & Ham rolls: pães salgados em forma de rocambole, recheados com mussarela, presunto ou peito de peru e servidos quentes com requeijão e orégano.

 BEBIDAS
- Shakes em 3 versões: milk shake, cookie shake e Ovomalcheney.
- Cafés, chás, cappuccinos e achocolatados.
- Água, refrigerantes e sucos.

ESPECIAIS
Produtos para viagem ou presentes, como as caixinhas de mini-cookies com 6 unidades, caixa com o Big Cookie (personalizados, com nomes ou frases), gingerbread (biscoitos de gengibre) e outros (preços diversos).

Mr. Cheney no Shopping Morumbi Town
Av. Giovanni Gronchi, 5930, Vila Andrade - São Paulo - SP
(11) 3740-6940



quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Setor infantil cresce e inspira negócios de sucesso que movimentam R$50 bilhões ao ano no Brasil


Sejam brinquedos, roupas ou cursos voltados para os pequenos, o setor é consistente e tem espaço para crescer quando se entende as necessidades do principal cliente


O setor infantil não para de crescer. Conforme um levantamento feito pela Universidade de São Paulo (USP), o mercado de produtos e serviços que tem os pequenos como público alvo movimenta ao ano cerca de R$50 bilhões e tem crescimento superior a 10% em média.

Uma fatia expressiva do varejo brasileiro é voltada para esses pequenos clientes.  Saber vender para eles e para seus pais é primordial para quem quer se dar bem nesse setor. Algumas empresas  apostam na experiência de compra como estratégia.

O Mr Kids – rede de franquias de vending machines – cresce em faturamento e número de unidades franqueadas ano a ano, sempre apostando na experiência das crianças. As máquinas que vendem doces e brinquedos não mudaram muito através dos tempos. A criança coloca uma ou duas moedas, gira a catraca e pega o brinquedo. Porém, se as máquinas não mudaram o fascínio dos pequenos também não. Só em 2015 a rede faturou R$3.6 milhões com mais de 3mil máquinas espalhadas em todo o país.

“O segredo do sucesso do negócio é a experiência de compra da criança. O brinquedo é legal, ela gosta com certeza. Mas, o que realmente as encantam é o ato de comprar, a autonomia de poder sozinha colocar a moeda na máquina, girar e pegar o brinquedo. A criança não fica satisfeita em fazer isso apenas uma vez, em seguida ela já quer uma outra moeda e novamente ter esse poder de compra, independente do brinquedo que irá cair ” explica Antônio Chiarizzi Jr, diretor da rede.

Outra rede que tem os pequenos como principais clientes é a The Kids Club - rede de escolas de inglês para crianças entre 2 e 12 anos. Aqui, os clientes chegam cedo e com 2 anos os pequenos alunos começam o contato com o inglês. Muitas vezes, mal começaram a falar português com um pouco mais de propriedade. Porém, com a metodologia certa e exclusiva que a rede trouxe da Inglaterra em pouco tempo, dominam os dois idiomas tornando-se bilíngües, antes mesmo de chegar à adolescência.

No Brasil desde 1994, a The Kids Club aprendeu o caminho das pedras para cativar os pais também. Com uma metodologia eficiente em que as crianças aprendem de forma lúdica e divertida, os pais começaram a mudar sua postura em relação a idade em que iriam matricular seus filhos em escolas de inglês. Se antes só pensavam nisso na adolescência, hoje já veem as vantagens de se começar cedo e ter uma criança bilíngue quando esse período chegar.

Com mais de 100 unidades no Brasil, a The Kids Club faturou R$ 8,3 milhões e a rede deve fechar 2016 com 20 novas unidades.  Com 2 modalidades de franquias – home-based e sede própria – a franquia pode ser adquirida com um investimento inicial de R$ 35 mil. 

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

The Kids Club promove no Rio de Janeiro encontro de negócios para interessados em investir no setor de Educação

A rede de microfranquias internacional de escolas de inglês reunirá no Rio de Janeiro pessoas que desejam investir no setor de Educação para crianças e que procuram negócios com diferenciais exclusivos

 
A rede de microfranquias internacional The Kids Club, que desde 1994 ensina inglês para crianças de 2 a 12 anos no Brasil, com método exclusivo e pioneiro, criado pela franqueadora na Inglaterra, promove no próximo dia 7 de Outubro, no Rio de Janeiro, às 14h00, um encontro de negócios para quem deseja investir no setor de Educação e estão procurando uma franquia com diferenciais que se sobressaiam diante da grande concorrência existente neste mercado.

A apresentação falará do modelo de negócio da rede, resultados esperados, metodologia, diferenciais de mercado, dicas sobre o melhor momento para abrir a franquia e sobre as novidades do The Kids Club, que a partir de agora, além de formar crianças bilíngues, vai prepará-las para serem cidadãos engajados com os problemas do planeta no futuro.

Presente em 95 cidades e com mais de 100 franquias no Brasil, o The Kids Club espera crescer em 30% o número de unidades no país.  O plano de expansão contempla diversas cidades brasileiras e oferece oportunidades de franquias home-based e sede própria, com os mesmos valores de Taxa de Franquia.

Encontro de Negócios The Kids Club – vagas limitadas
Data: 07/10 – Sexta-feira
Horário: 14h00
Endereço: Praia de Botafogo, 324 – Loja 15 – Botafogo - RJ
Informações: (21) 2539 6987


sexta-feira, 23 de setembro de 2016

Comédia “Uma mulher quase normal” encerra temporada em Sampa


Peça estreou temporada dia 07 de agosto e encerra suas apresentações no Teatro Viradalata no domingo, dia 25


Personagens hilários atormentaram a vida de Dora durante a temporada da peça “Uma mulher quase normal” em SP: desde um rapaz que faz cosplay do Darth Vader, um cara com TOC, um argentino hilário que não é o que parece, até alguém que enlouquece em um passeio de balão. Dora só queria encontrar um namorado.
 
A peça foi a estreia da dramaturga Renata Maria Pinheiro, contou com a direção de Márcio Mehiel e conta, de forma bem humorada, a história de uma mulher que idealiza demais, é ansiosa e só encontra os caras errados, se metendo em inúmeras encrencas.
        
“A ideia de escrever esse texto para teatro surgiu de experiências próprias e da observação de pessoas ao meu redor que comentavam muito a respeito de buscar um amor, a necessidade de vínculo, de ter alguém. Comecei a me questionar por que existem tantas reclamações de homens e mulheres sozinhos que dizem não conseguir encontrar um parceiro ou que seus relacionamentos não dão certo”, diz Renata que gostou da experiência e já tem outras ideias para dramaturgia.
As duas últimas apresentações acontecem no Teatro Viradalata nos dias 24 e 25/09, sábado às 20h e domingo às 19h. O teatro fica na Rua Apinajés, 1387, em Perdizes e os ingressos a R$ 40,00.
            
No elenco:  Antoniela Canto, Carol Scavone, João Paulo Oliveira, Patricia Polak, Vitor Campos e Wagner Galvão.
    

Serviço:
Uma mulher quase normal
Texto: Renata Maria Pinheiro
Direção: Márcio Mehiel
Gênero: Comédia
Elenco: Antoniela Canto, Carol Scavone, João Paulo Oliveira, Patricia Polak, Vitor Campos e Wagner Galvão.
Duração: 80 minutos
Recomendação: 14 anos
Local: Teatro Viradalata – Sala Nobre - Rua Apinajés, 1387 – Perdizes
Capacidade: 270 pessoas
Quando: De 07 de agosto a 25 de setembro – Sábados 20h00 e domingos 19h00
Ingressos: R$ 40,00 (Estudantes, maiores de 60 anos e classe teatral têm 50% de desconto).

Aceita cartões de débito e crédito - Mastercard, Redecard, Visa e Visa Electron. Não aceita cheques.

A bilheteria abre 2 horas antes do espetáculo.

As vendas também são realizadas  pelo: www.ingressorapido.com.br

Possui acesso para portadores de necessidades especiais.

Telefone: (11) 3868-2535

sexta-feira, 16 de setembro de 2016

The Kids Club promove em São Paulo encontro de negócios para interessados em investir no setor de Educação


A rede de microfranquias internacional de escolas de inglês reunirá em São Paulo pessoas que desejam investir no setor de Educação para crianças e que procuram negócios com diferenciais exclusivos

A rede de microfranquias internacional The Kids Club, que desde 1994 ensina inglês para crianças de 2 a 12 anos no Brasil, com método exclusivo e pioneiro, criado pela franqueadora na Inglaterra, promove no próximo dia 20 de setembro, em São Paulo, às 9h30, um encontro de negócios para quem deseja investir no setor de Educação e estão procurando uma franquia com diferenciais que se sobressaiam diante da grande concorrência existente neste mercado.

A apresentação falará do modelo de negócio da rede, resultados esperados, metodologia, diferenciais de mercado, dicas sobre o melhor momento para abrir a franquia e sobre as novidades do The Kids Club, que a partir de agora, além de formar crianças bilíngues, vai prepará-las para serem cidadãos engajados com os problemas do planeta no futuro.

Presente em 95 cidades e com mais de 100 franquias no Brasil, o The Kids Club espera crescer em 30% o número de unidades no país.  O plano de expansão contempla diversas cidades brasileiras e oferece oportunidades de franquias home-based e sede própria, com os mesmos valores de Taxa de Franquia.

Encontro de Negócios The Kids Club – vagas limitadas
Data: 20/09 – terça-feira
Horário: 9h30
Endereço: Rua Lourenço de Almeida, 913 – Vila Nova Conceição – São Paulo/SP
Informações: 0800-55-3565

quinta-feira, 15 de setembro de 2016

Mercado de Vending Machines que oferece produtos de conveniência em locais estratégicos cresce no Brasil


Até acessórios para celulares, como carregadores e fones de ouvido podem ser adquiridos em situações de emergência, como estações de metrô e aeroportos


No Brasil, cerca de 80 mil máquinas vendem de tudo hoje. O mercado de Vending Machines, que deve faturar cerca de R$ 1 bilhão em 2016, ainda está bem atrás do japonês, principal referência no setor.  Enquanto no Oriente, há uma máquina para cada 23 habitantes, no Brasil há uma máquina para cada 2.500 habitantes. Porém, o mercado cresce rapidamente a cada dia mais e marcas investem na venda direta por máquinas.

Ao contrário do que acontecia no passado, onde as máquinas vendiam apenas salgadinhos, doces e refrigerantes, cada vez mais produtos dos mais variados tipos podem ser adquiridos nos pontos de venda automáticos. A conveniência de levar produtos onde há sempre grande fluxo de pessoas é cada vez mais comum. O negócio é lucrativo e tem atraído principalmente empresas novas como a i2GO – startup especializada em acessórios para celulares – que começa sua expansão por máquinas e já possui 5% dos seus mais de 5.000 pontos de venda nesse modelo.

“Nossas 12 máquinas estão estrategicamente instaladas em aeroportos e estações de metrô. Nossos produtos têm o apelo da necessidade também. Escolhemos esses pontos para facilitar a vida do consumidor que precisa de um carregador de emergência, de uma bateria extra, de um fone que quebrou no meio do dia”, conta Marcelo Castro, um dos fundadores da empresa.

A estratégia da escolha de ponto é certeira e as vendas por esse modelo só têm crescido. Conforme os sócios da startup, a ideia é aumentar o volume de vending machines em 6 novas máquinas até o final do ano e 30 em 2017.  No caso da i2GO, a entrada neste  mercado foi uma escolha natural, uma vez que a empresa iniciou a distribuição de seus produtos em pontos de venda como lojas de conveniência, padarias, livrarias, supermercados, entre outros varejos, com displays recheados de acessórios, onde o cliente escolhe o que precisa e paga no caixa.

“Quando falamos de vending machines, estamos falando de uma tendência natural do consumidor, mas que ainda carrega algumas barreiras no Brasil. Aqui, as pessoas ainda se sentem desconfortáveis em comprar sem conversar com o vendedor, sem poder tirar dúvidas. Por isso, em todas as nossas máquinas, disponibilizamos um serviço de pós venda, através de nosso SAC, email e Whatsapp para atender a dúvidas dos clientes em tempo real”, explica Castro.

Fundada em 2013, a I2GO faturou R$ 12milhões em 2015. Somente nos seis primeiros meses desde ano, a empresa já bateu os 100% de crescimento e dobrou a meta que era de R$ 20 milhões de faturamento para o ano inteiro de 2016 Entre os principais produtos, a empresa apresenta cabos para linha iPhone certificados pela Apple e com 3 anos de garantia.  Linhas especiais e coloridas com acessórios e utilidades para smartphones e tablets, como o lançamento Smart Pocket, um bolsinho de silicone que transforma o celular em uma carteira para cartões e dinheiro.

terça-feira, 13 de setembro de 2016

Franquia de Seguros é excelente oportunidade para quem já tem negócios no ramo imobiliário

Empresários do ramo imobiliário têm apostado em franquia de seguros para agregar valor aos serviços prestados ao mailing de clientes já existente
 
Empresários de administradoras de condomínios e imobiliárias têm investido na franquia É Seguro para ter um leque ainda maior de serviços terceirizados para oferecer aos clientes. Por se tratar de um modelo home office, quem já tem uma empresa em operação, seja uma administradora de condomínio, concessionária, escritórios de contabilidade e outros, além de uma carteira de clientes, pode se destacar no ranking de vendas de seguros dos mais variados tipos.

Carlos Eduardo Fresmedo, de 35 anos, é proprietário de uma administradora de condomínios em Umuarama – PR e há 2 meses tornou-se franqueado da É Seguro “O meu perfil profissional é totalmente comercial, por essa razão,  o meu investimento só tem a agregar um faturamento ainda mais positivo para minha empresa, já que quando eu  fecho um negócio, sempre ofereço um seguro para deixar meu cliente ainda mais tranquilo e satisfeito” explica Eduardo.

Já o franqueado Enzo Cicuto, de 38 anos, possui uma empresa que presta serviços de administração de condomínios, contabilidade e Corretora de imóveis. Há 18 anos no mercado de Maringá, recentemente sentiu que já era hora de agregar mais um serviço para oferecer aos seus clientes. Foi quando leu uma matéria sobre a É Seguro e resolveu investir no negócio “Hoje eu tenho um leque completo de serviços para os meus clientes, desde segurança patrimonial até seguros dos imóveis. Antes eu tinha que terceirizar esse serviço, mas hoje tenho tudo dentro da minha empresa” Comenta satisfeito Cicuto.

Para provar que o segmento de seguros realmente é um negócio lucrativo, a rede comercializou 10 franquias em apenas 4 meses, atendem em média 50 novos clientes por mês e a meta da empresa é chegar a R$ 120 milhões em seguros emitidos. Somente a unidade própria da É Seguro em Umuarama – PR, comercializou R$ 40 milhões em cobertura de bens segurados.

O modelo de negócio é típico para quem tem uma empresa em operação, ou para quem quer trabalhar em casa e garantir uma alta rentabilidade. Com um investimento de R$ 20 mil e um faturamento médio mensal de R$ 30 mil, o franqueado poderá ganhar de R$ 7 a R$ 10 mil líquido todos os meses com a venda de mais de 180 tipos de seguros. Além disso, recebe gratuitamente da franqueadora um site próprio para fazer vendas online, que hoje representam cerca de 15% de todas as vendas.

A outra modalidade de franquia da É Seguro é a Comercial, onde o franqueado pode investir na abertura de uma loja de seguros. O investimento é de R$ 50 mil, fora o ponto comercial e o faturamento médio é de R$ 80 mil mensais, com rentabilidade que pode chegar a R$ 30 mil ao mês.


É Seguro – Ficha Técnica
Modalidade Casa
Investimento total: R$ 20 mil
Capital de Giro: R$ 7 mil
Taxa de Franquia: R$ 12.900 mil
Taxa de Royalties: 15 a 25% sobre as vendas
Taxa de Propaganda: 5% sobre o faturamento
Retorno do Investimento: 18 meses
Faturamento médio mensal: R$ 30 mil
Ticket Médio: R$ 20 mil
Rentabilidade: R$ 7 a 10 mil mensais
Número de Funcionários: 0
Tempo de contrato: 5 anos

Modalidade Comercial
Investimento total: R$ 50 mil (fora o ponto comercial)
Capital de Giro: R$ 15 mil
Taxa de Franquia: R$ 25 mil
Taxa de Royalties: 10% sobre as vendas
Taxa de Propaganda: 5% sobre o faturamento
Retorno do Investimento: 18 meses
Faturamento médio mensal: R$ 80 mil
Ticket Médio: R$ 50 mil
Rentabilidade: R$ 20 a 30 mil mensais
Número de Funcionários: 3 a 4
Tempo de contrato: 5 anos 


Contato: www.grupoeseguro.com.br

The Kids Club passa a ensinar responsabilidade social e cultura mundial em inglês para crianças

Através parceria com o conteúdo da National Geographic, a rede de ensino de inglês para crianças a partir dos 2 anos, passa a ser a única rede de franquias de idiomas a conscientizar os alunos sobre os cuidados com planeta, cidadania, responsabilidade social e o papel das crianças no mundo do futuro

 
A rede de franquias The Kids Club, que desde 1994 ensina inglês para crianças de 2 a 12 anos no Brasil, com método exclusivo criado pela franqueadora na Inglaterra, acaba de fazer uma parceria para obter o conteúdo da National Geographic para oferecer a mesma fluência na língua inglesa, porém através de conteúdo cultural e da conscientização dos alunos sobre o mundo ao seu redor  (diferentes raças, climas, costumes, fauna e flora, artes, ciência e tecnologias), cidadania (ética, trabalhos voluntários, meio ambiente e a redução de danos para o planeta no futuro), Curiosidades (invenções, máquinas, tecnologias), além de conceitos sobre inclusão, igualdades, preconceitos e problemas sociais.

Para Sylvia de Moraes Barros, máster franqueada do The Kids Club no Brasil, a mudança estratégica do posicionamento da rede é o preenchimento de uma lacuna existente hoje no ensino em geral, que possui pouco conteúdo voltado à formação de adultos preparados para enfrentar o mundo e suas diversidades . “Com a parceria, que fizemos, buscamos não só ensinar inglês, mas usar o idioma para trazer aos alunos  conhecimento sobre  o planeta em que vivemos, suas curiosidades, e sua enorme sua diversidade.  O aprendizado de um novo idioma só faz sentido quando o aluno consegue ver o propósito de seu uso. O que queremos é tornar nossos alunos não só bilíngues, mas também cidadãos  mais conscientes e preparados, que poderão conversar sobre qualquer assunto em qualquer país do mundo. E tudo isso sem deixar nossa principal filosofia de lado, que é fazer com que as crianças se relacionem com o idioma sempre como algo fácil e divertido, criando, assim, a motivação para que nunca mais parem de aprender” , explica.

O The Kids Club também possui parceria com o Play Kids – aplicativos voltados ao aprendizado do inglês, que divertem as crianças e motivam a participação dos pais. São eles:
- Talk: uma espécie de whatsapp para conversar com outras crianças em inglês
- Party: diversos jogos para aprender brincando
- Stories: estórias em inglês que permitem a participação dos pais, proporcionando momentos de união familiar durante o aprendizado das crianças.
O aplicativo é gratuito por 1 ano para todos os alunos matriculados no The Kids Club.

Presente em 95 cidades e com mais de 100 unidades no Brasil e mais de 10 mil alunos, a rede possui parcerias com diversas escolas, condomínios, clubes e outros locais, além de diversas sedes próprias, que crescem cada vez mais devido ao sucesso do método no país.

Para consultar as unidades do The Kids Club em todo o país, basta acessar:
www.thekidsclub.com.br

sexta-feira, 9 de setembro de 2016

Ex-Empresário inaugura franquia em Curitiba após fechar empresa familiar


Administrador de Empresas de apenas 30 anos de idade é o primeiro franqueado da Ortodontic Center do novo modelo “Chave na Mão”, que permite que investidores reformem o imóvel, montem a franquia e entreguem o negócio pronto ao novo franqueado, que terá uma diminuição de 80% do investimento inicial 
  
Fernando Malucelli é o primeiro franqueado da rede de clínicas ortodônticas Ortodontic Center a inaugurar o novo modelo “Chave na Mão”. Após ter fechado uma empresa familiar de 60 anos de atividade na cidade devido à crise, ele estava à procura de um novo negócio que pudesse proporcionar uma estabilidade econômica e que, ao mesmo tempo, pudesse ser viável para investir.

Com o novo modelo de franquia “Chave na Mão”, lançado recentemente pela Ortodontic Center, Fernando investiu apenas na Taxa de Franquia e nos materiais e insumos iniciais para começar a trabalhar, já que contou com um investidor imobiliário, que fez a maior parte do investimento de seu novo negócio: aluguel, reforma do ponto e montagem da clínica, com todos os equipamentos e mobiliários necessários para o franqueado começar a trabalhar. 

“O modelo chave na mão foi decisivo para eu investir no negócio, senão não teria todos os recursos necessários para investir”, afirma Fernando, que vai remunerar o investidor imobiliário com um percentual do faturamento de seu negócio.

A nova franquia da Ortodontic Center de Curitiba, que fica na Avenida XV de Novembro, no Centro, estará aberta na primeira semana de setembro, já com todo o trabalho de prospecção de novos clientes também pronto. “Fiquei bastante animado também, porque quando fui escolhido para ser o franqueado em meio à seleção de candidatos, a franqueadora já tinha todo o estudo pronto de localização da minha unidade, que garante o número mínimo de fechamento de clientes para alcançar o resultado esperado”, completa o franqueado.

A nova unidade da Ortodontic Center de Curitiba está projetada para o fechamento de 100 novos cientes ao mês, com um faturamento médio mensal de R$ 200 mil e uma lucratividade de 20%. Somente a clínica de Fernando vai gerar 15 novos empregos diretos e uma renda para a cidade de Curitiba de cerca de R$ 30 mil, já que 15% da receita da franquia será destinada ao Município em impostos, contratação de serviços extras como coleta especial de lixo, pagamento a fornecedores e outros.

Ortodontic Center – Curitiba
Av. XV de Novembro, 467 – 3º andar