quinta-feira, 28 de março de 2013

Dídio Pizza em parceria com Prefeitura de São Paulo abre novas inscrições para curso gratuito de pizzaiolos



Mais de 550 pizzaiolos já foram formados e as inscrições para o curso de abril que acontece no CAT Santana abrem no dia 3

Estão abertas as inscrições para mais um curso gratuito de pizzaiolos, que terá início no dia 15 de abril em São Paulo. A iniciativa é resultado da parceria entre a Dídio Pizza (rede de pizzarias delivery) e a Semdet (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho), que já formou mais de 550 pizzaiolos e agora abre mais 50 vagas para a quarta turma de 2013. As inscrições vão até o dia 10 de abril.

O curso será dividido em duas partes: entre os dias 15 e 18 de abril serão ministradas as aulas teóricas na unidade do CAT (Centro de Apoio ao Trabalhador) Santana  (Rua Voluntários da Pátria, 1.553, das 7 às 18h  de segunda a sexta-feira) e no dia 19 de abril será a vez das aulas práticas na unidade da Lapa da Dídio Pizza (Rua Tito, 1274).

O curso forma trabalhadores para pizzarias com possibilidade de contratação na própria rede Dídio Pizza. A primeira parte do curso ensina boas práticas de manipulação de alimentos, vigilância sanitária, higiene pessoal e ambiental, controle de pragas, compras, recebimento e armazenamento, além de regras de segurança do trabalho. A segunda parte, já na cozinha da Dídio Pizza, vai levar os alunos que tiverem 100% de assiduidade e aproveitamento na fase teórica para, literalmente, colocar a mão na massa e preparar pizzas variadas, aplicando os conceitos que aprenderam.

Os critérios continuam os mesmo para que o aluno passe para a etapa prática do curso, como:
·                    Assiduidade e pontualidade em todos os dias do treinamento teórico;
·                    Não possuir experiência anterior em cozinhas de pizzarias;
·                    Estar fora do mercado de trabalho;

Segundo a nutricionista responsável pelo curso, Adriana Rios, a formação é completa: “quem fizer o curso vai sair sabendo como deve se portar em uma cozinha profissional de pizzarias”, explica. , para que os jovens possam entrar no mercado de trabalho e conseguir uma vaga em uma das mais de 4 mil pizzarias existentes na cidade de São Paulo, que só perde para Nova Iorque no consumo de pizzas.

A Dídio Pizza possui 20 anos de existência no mercado paulistano e é conhecida pelas pizzas com o dobro de recheio das demais do mercado. Com 21 unidades em funcionamento, a rede agora parte para a abertura de lojas no interior paulista e continua sua expansão em diversos bairros de São Paulo com a venda de franquias. A rede é famosa por oferecer suas pizzas com o dobro de recheio, se comparadas às outras pizzarias, e em sabores inusitados, como a de Abobrinha na massa 100% integral, a de Mousse de Maracujá, além da premiada Marguerita com Pepperone.

O CAT, da Semdet, possui 31 postos (fixos e móveis) onde o cidadão paulistano pode encontrar o emprego que procura. Com o curso da Didio Pizza, o profissional terá um instrumento a mais na hora em que procurar uma oportunidade de trabalho no CAT. Aqueles que se destacaram no curso poderão também ser aproveitados pela própria rede, porém, todos os alunos participantes já saem
treinados para atuar em uma cozinha profissional de pizzarias, aptos a trabalhar em qualquer uma das mais de 4 mil existentes na cidade.

CURSO GRATUITO DE PIZZAIOLOS – Dídio Pizza e CAT (Prefeitura de São Paulo)
Inscrições: do dia 03  ao dia 10/04 - gratuitamente
Abril: de 15 a 18/04 - parte teórica no CAT Santana (Rua Voluntários da Pátria, 1.553, das 7 às 18h  de segunda a sexta-feira) e no dia 19/04 - parte prática na Dídio Pizza (unidade da Lapa – Rua Tito, 1274)
Inscrições: no próprio CAT Santana, mediante apresentação do RG, CPF, nº do PIS e Carteira de Trabalho.


terça-feira, 26 de março de 2013

Credfácil espera crescimento de 30% no faturamento em 2013

Primeira franquia de crédito do país chega a 72 unidaes e espera crescimento de 30% no faturamento em 2013

CREDFÁCIL reestrutura sua operação de franquias e há 2 anos cresce em ritmo acelerado, com uma média de 20 novas lojas por ano
   
A CREDFÁCIL – primeira rede de franquias de crédito do país – está comemorando mais um ano de sucesso e conquistas, depois de passar por um logo período, por volta de 2008, sofrendo com a crise bancária. Com o aumento do poder aquisitivo da classe C e da população da terceira idade, que já recorre ao crédito consignado com mais segurança, a Credfácil tem sido uma boa oportunidade para quem deseja abrir um negócio próprio ajudando a população de renda mais baixa a viabilizar o sonho do crédito pessoal para uma série de financiamentos ou mesmo pagamento de dívidas.
Com 72 unidades espalhadas por 12 Estados brasileiros, a rede tem mantido um crescimento constante de 20 novas lojas a cada ano, desde 2010. Em 2013, a rede inaugura, só no primeiro trimestre, 13 novas lojas e abre suas primeiras unidades nos Estados do Maranhão, Bahia e Distrito Federal. Segundo André Oliveira, proprietário da rede que tem sede na cidade de Umuarama, interior do Paraná, a procura por empreendedores que desejam abrir uma franquia de crédito tem aumentado consideravelmente. “Este ano, nosso faturamento, que em 2012 foi de R$ 25 milhões, deve crescer 30% e nossa meta de abrir 20 unidades até dezembro de 2013 será cumprida até o final do primeiro semestre deste ano”, explica.
    Mas não é só pela facilidade do crédito mesmo a pessoas negativadas que o negócio vem crescendo em todo o Brasil com a abertura de um número bem maior de lojas do que nos outros anos. Segundo André, o bom faturamento das lojas e a alta rentabilidade oferecida aos franqueados é o principal motivo que tem atraído mais candidatos à Credfácil. “Uma loja bem trabalhada, com um franqueado que goste de fazer relacionamentos e criar uma carteira de clientes fiéis, chega a faturar R$ 200 mil mensais, com uma rentabilidade de 12%. Além disso, todas as vendas realizadas são comissionadas imediatamente, então o franqueado não precisa se preocupar em prazos para receber o que vendeu”, diz André Oliveira.
    Uma outra vantagem da Credfácil é a pequena estrutura que o franqueado precisa ter para começar a trabalhar, sem precisar investir alto em uma loja. As lojas possuem 3 guichês de atendimento e mobiliário simples, tudo cedido pelo próprio franqueador, que entrega a loja quando a loja é montada e pronta para começar a trabalhar. E todas usufruem de um suporte tecnológico, que funciona no Paraná e atende todos os franqueados e funcionários das lojas em tempo real.
Além dos créditos pessoais, consignado, crédito para servidores públicos e diversos tipos de financiamento, dois serviços da Credfácil têm traído bastante o público: o refinanciamento de imóveis, que não é feito pela maioria das empresas de crédito independentes e o financiamento de automóveis e equipamentos, incluindo máquinas agrícolas.

Empresário tinha apenas 25 anos

Quando a primeira loja da Credfácil foi aberta, em 2004, André Oliveira tinha apenas 25 anos. Um pouco antes, ele trabalhava como operador de crédito na área de veículos do banco Finasa e começou a fazer um relacionamento diferenciado com seus clientes, pedindo que eles indicassem outros e, aos poucos, passou a não depender mais das concessionárias, pois tinha uma clientela fiel devido ao trabalho realizado de fidelização. Nessa época, o crédito consignado tinha sido recém-lançado para dar oportunidade principalmente a aposentados e foi criada a figura do correspondente bancário.
André Oliveira partiu então para a abertura de sua primeira loja e em 2008 deu início à formatação por meio de franquias.

CREDFÁCIL – FICHA TÉCNICA

Investimento total:
R$ 120 mil – para capitais
R$  89 mil para cidades acima de 100 mil habitantes
R$  79 mil para cidades de até 100 mil habitantes
R$  35 mil para cidades de até 20 mil habitantes.
Taxa de Franquia:
R$ 110 mil – para capitais
R$  79 mil para cidades acima de 100 mil habitantes
R$  69 mil para cidades de até 100 mil habitantes
R$  25 mil para cidades de até 20 mil habitantes.
Taxa de Royalties: R$ 1.000,00 pagos pelo franqueado e de 2% a 3% repassado à franqueadora diretamente pelos bancos
Taxa de propaganda: Não cobra
Capital de Giro: R$ 50 mil
Faturamento médio mensal: R$ 200 mil
Lucratividade do Franqueado: 12%
Prazo de Retorno do investimento: 12 a 18 meses
Número de funcionários por loja: 4
Tempo de contrato: 5 anos
Informações sobre a franquia: www.franquiascredfacil.com.br
Email: expansão@franquiascredfacil.com.br


INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA:
INÉDITA COMUNICAÇÃO ESTRATÉGICA PARA REDES DE FRANQUIA
TELs: 11 5581-5658 / 11 2276-7112
Contatos: Luane Magalhães – luane@ineditasp.com.br
Gisele Melo – gisele@ineditasp.com.br
Monica Cintra – monica@ineditasp.com.br

segunda-feira, 25 de março de 2013

Tendências do mercado de franchising para 2013

    Segundo a Rizzo Franchise, apesar do baixo crescimento econômico esperado para 2013, com um PIB projetado para 3% de crescimento, as franquias deverão continuar crescendo a taxas bem superiores.
    Mesmo sem apresentar a enorme evolução dos últimos cinco anos, que variou entre 6% e 10% anuais, o ano de 2013 deverá apresentar um cenário bem intenso, com pelo menos 6% de crescimento da rede (equivalente a 11.000 negócios instalados durante o ano). O número de novas franquias no mercado deverá também se aproximar a 6% de crescimento, equivalente a 150 novos negócios - resultado um pouco inferior aos 7% do ano anterior.

Descentralização - Novos mercados fora dos grandes centros serão uma das forças que impulsionarão o Franchising em 2013. De um lado, a renda crescente da população do interior, que gerou forte crescimento do consumo e, do outro, o mercado local não conseguindo atender a esta nova demanda.

NEGÓCIOS EM ALTA E EM BAIXA
O crescimento da renda continuará impulsionando três setores de negócios:
1)    Educação & Treinamento – renda maior gera a necessidade de melhoria do nível educacional, especialmente da população jovem;
2)    Saúde & Beleza – com renda melhor, a vaidade se manifesta mais fortemente e esses negócios continuarão em alta;
3)    Alimentação – parte de população começa a ter suas primeiras experiências com alimentação fora de casa e especialmente o Fast food continuará tendo grande procura. Alimentação especializada também tem forte tendência de alta, assim como o Delivery, associado à necessidades de conveniência e falta de segurança nos grandes centros;
4)    Vestuário – especialmente as marcas com produtos de preço acessível terão forte demanda, principalmente devido ao crescimento da indústria de shopping centers, que está buscando a interiorização.

O que deverá se tomar muito cuidado para investir em 2013:
- Livrarias – gradativamente estão sendo agredidas pelos produtos com entrega eletrônica;
- Frozen Yogurt– uma onda que se espalhou rapidamente nos últimos dois anos, esses negócios possuem grande sazonalidade com altos custos de implantação e ticket médio baixo, aliado a clientes sazonais que aumentam consideravelmente o risco.

terça-feira, 19 de março de 2013

Falta de revisão do sistema refrigeração pode trazer sérios danos ao motor

Oficina Brasil dá dicas dos itens que devem ser revistos para evitar ficar parado a beira do caminho

Muitos motoristas já ouviram falar, mas poucos se lembram dele antes que o motor esquente demais e o carro pare de funcionar. O sistema de refrigeração, ou arrefecimento, do carro necessita de cuidados e manutenção constantes. Veja as dicas que Oficina Brasil – maior rede de franquias de serviços automotivos – traz para que você não fique empenhado no meio do caminho com um motor fervendo embaixo do capô.

Responsável pelo controle térmico do motor, o sistema de refrigeração ou arrefecimento funciona através de uma quantidade de água misturada a um aditivo especial que percorre tubulações internas no motor e o resfriam mantendo a temperatura adequada de funcionamento. Os principais componentes são o radiador, mangueiras, ventoinha, sensores, válvula termostática e o próprio liquido que é formado por água+aditivo.

Conforme Antonio César Costa, consultor técnico da Oficina Brasil, o sistema de arrefecimento necessita alguns cuidados, como verificação periódica do nível do liquido – lembrando que esse liquida tem naturalmente seu volume diminuído com o uso normal do veículo – completando quando necessário. Além disso, a limpeza e troca do liquido deve ser feita de tempos em tempos, sempre seguindo orientação do fabricante do veículo especificado no manual do proprietário. 

“Não tomar esses cuidados gera falta de liquido no sistema e pode acarretar um superaquecimento do motor que entre outros danos pode causar desde queima de junta até empenamento do cabeçote”, alerta Antonio Cesar.

O ideal é que semanalmente seja verificado o nível da água do sistema. Caso haja uma redução substancial o motorista deve procurar imediatamente uma oficina, pois este é o indicativo de problemas no sistema. Se o nível se mantiver relativamente estável, então basta uma limpeza e substituição do liquido do arrefecimento a cada 2 anos.

“Essa limpeza custa em média R$150. Um custo muito pequeno perto de uma retífica de cabeçote, que não sairia por menos de R$380,00 + juntas + mão de obra, caso o carro venha a superaquecer”, diz o consultor.

Outra dica importante é a verificação do estado das mangueiras e o uso do aditivo correto no sistema.  Todas essas medidas simples são essenciais para garantir a tranquilidade do motorista. Os carros refrigerados a ar, caso dos fusquinhas e outros “antigos”, quase não necessitam de manutenção, mas estão em extinção hoje em dia, pois a refrigeração a água é muito mais eficiente.

Saiba mais sobre a Oficina Brasil

A Oficina Brasil possui 54 unidades espalhadas em diversas regiões é especializada em manutenção de todos os itens da parte de baixo do automóvel (escapamentos, amortecedores, freios, alinhamento e balanceamento, sistema de ar, injeção eletrônica, arrefecimento, suspensão, direção, pneus, troca de óleo, etc.) e dispõe em suas unidades de um ambiente de oficina diferenciado, com recepção climatizada, cyber café, espaço para leitura com mini-biblioteca e TV com programação variada e filmes. O objetivo é oferecer aos clientes momentos de descontração durante a espera pelo reparo do automóvel. 

Para agendar uma revisão gratuita, basta ligar para 0800 19 9977 ou acessar: www.redeoficinabrasil.com.br

ATENÇÃO: Antonio Cesar Costa, consultor técnico da Oficina Brasil está à disposição para entrevistas.

Entrar em contato com:
INÉDITA COMUNICAÇÃO ESTRATÉGICA PARA REDES DE FRANQUIAS
Tels.: 11 5581-5658 /11 2276-7112
Contato: Luane Magalhães – luane@ineditasp.com.br


segunda-feira, 18 de março de 2013

Aula prática do curso gratuito de pizzaiolo realizado pela parceria entre a Dídio Pizza e a Prefeitura de São Paulo

500 pizzaiolos já foram formados e as inscrições para a quarta turma de 2013 que acontece no CAT Santana começam no dia 3 de abril

Novos Pizzaiolos estão saindo do forno em São Paulo. A terceira turma 2013 do curso gratuito de pizzaiolos oferecido através de uma parceria entre a Dídio Pizza (rede de pizzarias delivery) e a Semdet (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho) tem sua aula prática marcada para a próxima sexta-feira, dia 22. A iniciativa já formou mais de 500 pizzaiolos e vagas novas são abertas todos os meses.
Em março as aulas teóricas do curso estão acontecendo desde o dia 18 no CAT Interlagos, no dia 22 de março serão realizadas as aulas prática na unidade da Lapa da Dídio Pizza (Rua Tito, 1274). Nas aulas práticas poderão ser realizadas imagens como manuseio de alimentos, separação de ingredientes, preparo das pizzas e degustação.
O curso forma trabalhadores para pizzarias com possibilidade de contratação na própria rede Dídio Pizza. A primeira parte do curso ensina boas práticas de manipulação de alimentos, vigilância sanitária, higiene pessoal e ambiental, controle de pragas, compras, recebimento e armazenamento, além de regras de segurança do trabalho. A segunda parte, já na cozinha da Dídio Pizza, vai levar os alunos que tiverem 100% de assiduidade e aproveitamento na fase teórica para, literalmente, colocar a mão na massa e preparar pizzas variadas, aplicando os conceitos que aprenderam.
Os critérios continuam os mesmo para que o aluno passe para a etapa prática do curso, como:
•    Assiduidade e pontualidade em todos os dias do treinamento teórico;
•    Não possuir experiência anterior em cozinhas de pizzarias;
•    Estar fora do mercado de trabalho;

Segundo a nutricionista responsável pelo curso, Adriana Rios, a formação é completa: “quem fizer o curso vai sair sabendo como deve se portar em uma cozinha profissional de pizzarias”, explica. , para que os jovens possam entrar no mercado de trabalho e conseguir uma vaga em uma das mais de 4 mil pizzarias existentes na cidade de São Paulo, que só perde para Nova Iorque no consumo de pizzas.
A Dídio Pizza possui 20 anos de existência no mercado paulistano e é conhecida pelas pizzas com o dobro de recheio das demais do mercado. Com 22 unidades em funcionamento, a rede agora parte para a abertura de lojas no interior paulista e continua sua expansão em diversos bairros de São Paulo com a venda de franquias. A rede é famosa por oferecer suas pizzas com o dobro de recheio, se comparadas às outras pizzarias, e em sabores inusitados, como a de Abobrinha na massa 100% integral, a de Mousse de Maracujá, além da premiada Marguerita com Pepperone.

O CAT, da Semdet, possui 31 postos (fixos e móveis) onde o cidadão paulistano pode encontrar o emprego que procura. Com o curso da Didio Pizza, o profissional terá um instrumento a mais na hora em que procurar uma oportunidade de trabalho no CAT. Aqueles que se destacaram no curso poderão também ser aproveitados pela própria rede, porém, todos os alunos participantes já saem
treinados para atuar em uma cozinha profissional de pizzarias, aptos a trabalhar em qualquer uma das mais de 4 mil existentes na cidade.
Atenção Jornalistas! Os responsáveis pelo curso estarão disponíveis para entrevista.
A aula prática pode ser gravada e fotografada para sua matéria. Entre em contato conosco e agendamos entrevistas e gravações para sua equipe.

CURSO GRATUITO DE PIZZAIOLOS – Dídio Pizza e CAT (Prefeitura de São Paulo)
Março (turma já iniciada): de 18 a 21/03 - parte teórica no CAT Interlagos
Parte prática - 22/03 na Dídio Pizza Unidade Lapa (Rua Tito, 1274) das 9h às 12h

quinta-feira, 14 de março de 2013

Dídio Pizza abre nova unidade em São Paulo

Santa Cecília recebe a 22ª pizzaria da rede de franquias de pizzarias exclusivamente delivery

A DÍDIO PIZZA – rede de franquias de pizzarias exclusivamente delivery – aposta no crescimento do mercado gastronômico e inaugura sua 22ª unidade no bairro paulistano Santa Cecília.
Quem está à frente da nova unidade, que abriu suas portas no dia 3 de Março é Douglas Boé Bordinasso, 36 anos, empresário que após anos de trabalho como assessor comercial decidiu investir em um negócio próprio. O amor pelas pizzas e admiração pelo trabalho da Dídio Pizza nortearam na hora de escolher o ramo e local onde investir.
“Estamos muito empolgados, pois a Santa Cecília é um bairro excelente por ter bastante verticalização, então estamos fazendo um trabalho agressivo na divulgação com os condomínios. Desde a inauguração estamos batendo nossas metas diariamente e nossa tendência é o crescimento”, comemora Bordinasso.
A Dídio Pizza, fundada em 1995, aposta nos diferenciais, como os sabores inusitados Pizza de Mousse de Maracujá e a premiada Marguerita com Peperoni. Conhecida pelas pizzas com o dobro de recheio se comparadas às demais pizzarias, oferece também em seu cardápio, uma linha light de pizzas com massa 100% integral, e entrega todos os dias a partir das 18h.
Todo o processo da Dídio Pizza de elaboração dos produtos é acompanhado por profissionais nutricionistas, para garantir a qualidade e a segurança no manuseio dos ingredientes e a permanência do sabor. A pizza chega à casa dos consumidores de forma ágil através de entregadores motorizados, treinados para serem verdadeiros embaixadores da marca. As entregas são programadas para serem feitas num prazo de, no máximo, 30 minutos.
Com um público fiel, a rede é responsável pela venda de 35 mil pizzas todos os meses. Hoje, são 22 unidades distribuídas pelas cidades de São Paulo, Valinhos, Jundiaí, Campinas e também a região do ABC paulista. A previsão é atingir 33 unidades até o final de 2013.

Unidade Santa Cecília
Endereço: Rua Conselheiro Brotero, 696 - São Paulo - SP
Telefones: (0xx11) 3877-1000


Brasil é o 2º país em número de franqueadores no mundo

Pesquisa da Rizzo Franchise divulga o ranking dos países com maior número de franqueadores e unidades próprias e franqueadas

    O Brasil já é o segundo país do mundo em número de empresas franqueadoras segundo a Rizzo Franchise – tradicional empresa de consultoria e pesquisa sobre o Franchising de toda a América Latina.
Este ano, apenas a China superou o Brasil no número de empresas que resolveram partir para a expansão por meio da venda de franquias. Depois do Brasil, os países que lideram este ranking são Coréia do Sul, Taiwan e Estados Unidos (veja os números abaixo):

Franqueadores 2013
1° lugar: China – 4.650 franqueadores
2° lugar: Brasil – 2.579 franqueadores
3° lugar: Coréia do Sul: 2.426 franqueadores
4° lugar: Taiwan – 1.374 franqueadores
5° lugar: Estados Unidos – 1.240 franqueadores

    Já no número de unidades próprias e franqueadas, quem lidera o ranking dos países são os Estados Unidos, com 757.055 estabelecimentos. O Brasil aparece em 5° lugar, com 190.568 unidades no varejo (veja os números abaixo):

Unidades próprias e franquias 2013
1° lugar: Estados Unidos – 757.055 entre unidades próprias e franquias
2° lugar: China – 435.000 entre unidades próprias e franquias
3° lugar: Coréia do Sul – 254.274 entre unidades próprias e franquias
4° lugar: Japão – 234.687 entre unidades próprias e franquias
5° lugar: Brasil – 190.568 entre unidades próprias e franquias

    Segundo o consultor e especialista Marcus Rizzo, da Rizzo Franchise, a colocação em segundo lugar do Brasil em número de franqueadores se deve porque o Brasil, por seu um dos maiores países empreendedores do mundo, possui muitos empresários que recorrem rapidamente ao Franchising pouco depois de abrirem redes de varejo. “Isso não acontece, por exemplo, nos Estados Unidos, onde as redes procuram ter um grande número de unidades próprias antes de partir para o Franchising”, explica.
    Já o fato do Brasil ocupar o 5° lugar em número de unidades próprias e franquias, segundo o especialista, se deve à falta de estruturação adequada de muitas redes, que abrem rapidamente muitas unidades, mas fecham também com uma grande rapidez.

ATENÇÃO: a pesquisa completa da Rizzo Franchise, com o balanço do desempenho do Franchising em 2012, pode ser adquirida na INÉDITA COMUNICAÇÃO ESTRATÉGICA PARA REDES DE FRANQUIAS:

quarta-feira, 13 de março de 2013

Franquia de "caçar gastos" é opção de carreira para se tornar um consultor de empresas

ERA – única rede de franquias de redução de gastos para empresas do Brasil oferece opção para quem deseja ter o próprio negócio trabalhando em casa

    Uma oportunidade de franquia para quem deseja deslanchar na carreira profissional, trabalhando em casa e com uma carteira de clientes que são empresas em busca de reduzir os gastos do dia-a-dia. Esta é a ERA – EXPENSE REDUCTION ANALYSTS, rede inglesa de consultorias de redução e otimização de gastos para empresas, que já está presente em mais de 30 países, com mais de 700 franqueados em todo o mundo.
    Além de receberem todo o know-how com o método utilizado pela rede em todas as unidades e um treinamento que é feito na Inglaterra, os franqueados passam a ser consultores para trabalhar para empresas de médio porte e, com isso, conquistam a liberdade financeira e a satisfação profissional. “É uma franquia que possui investimento bem abaixo da maioria dos negócios que necessitam de um ponto comercial ou funcionários para trabalhar, já que se trata de uma franquia home based, onde o franqueado faz o seu próprio horário”, explica Fernando Macedo, Master Franqueado da ERA no Brasil.
     A ERA já possui 10 franqueados no Brasil e está com o plano de expansão aberto para diversas localidades este ano, nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. O investimento é de R$ 125 mil. Destes, R$105mil compreendem a taxa da franquia,  suporte inicial, área de mercado de atuação, treinamento local, manuais de operação  e suporte na prospecção inicial de clientes. Os outros R$20mil são para o treinamento presencial na Inglaterra.
    Outro diferencial da ERA é a alta lucratividade para os franqueados. Os honorários são cobrados de maneira diferente e baseada nos resultados. Os ganhos do franqueado são sempre 50% do valor da redução dos gastos que conseguir para as empresas, em média de R$ 15 mil a R$ 20 mil ao mês – um salário equivalente a um cargo executivo ou de diretoria de uma grande empresa.
    Em 2012, a Era cresceu 31% em relação ao ano anterior e a meta para 2013 é a abertura de mais 10 franquias. A empresa fechou o ano passado com um faturamento de R$ 1,1 milhão somente no Brasil.

ERA – EXPENSE REDUCTION ANALYSTS (ficha técnica):
Ano de fundação e início do Franchising (Inglaterra): 1992
Ano de chegada ao Brasil e início do Franchising: 2004
Investimento total: R$ 110 mil (já incluída a taxa de franquia)
Taxa de Franquia: R$ 90 mil
Taxa de Royalties: 18% sobre o faturamento bruto
Taxa de Propaganda: 2% sobre o faturamento bruto
Capital de Giro: não exige
Número de funcionários: não necessita
Tempo de contrato: 10 anos
Informações sobre a franquia: www.expensereduction.com.br


Dídio Pizza abre primeira unidade em Osasco

Vila São Francisco recebe a 21ª pizzaria da rede de franquias de pizzarias exclusivamente delivery

A DÍDIO PIZZA – rede de franquias de pizzarias exclusivamente delivery – aposta no crescimento do mercado gastronômico e inaugura sua 1ª unidade em Osasco. A loja que nasce no bairro Vila São Francisco é a 21ª pizzaria da rede Dídio Pizza.
Quem está à frente da nova unidade, que abriu suas portas no final de janeiro, é o casal Daniela Padron Constâncio e Fabio Constâncio.  Quando o empresário Fabio e a esposa decidiram investir em um novo negócio o modelo franquia foi escolhido por ser um dos mais seguros. Ao buscar uma rede para investir eles encontraram a Dídio Pizza através de uma indicação de um amigo. “Participamos de uma das reuniões de apresentação do negócio promovidas pela Dídio Pizza e saímos encantados com o profissionalismo e o apoio oferecido pela franqueadora aos seus fraqueados”, conta Fabio.
“Nossas perspectivas são boas, pois desde o dia em que abrimos as portas estamos batendo as metas de venda e nos tornando conhecidos pela alta qualidade das pizzas. O feedbak dos clientes é sempre positivo e todos falam que o bairro necessitava de uma pizzaria deste nível. Temos muito espaço para crescer”, conta Fábio.
A Dídio Pizza, fundada em 1995, aposta nos diferenciais, como os sabores inusitados Pizza de Mousse de Maracujá e a premiada Marguerita com Peperoni. Conhecida pelas pizzas com o dobro de recheio se comparadas às demais pizzarias, oferece também em seu cardápio, uma linha light de pizzas com massa 100% integral, e entrega todos os dias a partir das 18h.
Todo o processo da Dídio Pizza de elaboração dos produtos é acompanhado por profissionais nutricionistas, para garantir a qualidade e a segurança no manuseio dos ingredientes e a permanência do sabor. A pizza chega à casa dos consumidores de forma ágil através de entregadores motorizados, treinados para serem verdadeiros embaixadores da marca. As entregas são programadas para serem feitas num prazo de, no máximo, 30 minutos.
Com um público fiel, a rede é responsável pela venda de 35 mil pizzas todos os meses. Hoje, são 21 unidades distribuídas pelas cidades de São Paulo, Valinhos, Jundiaí, Campinas e também a região do ABC paulista.

Unidade Vila São Francisco
Endereço: Avenida dos Autonomistas, 375 - Osasco - São Paulo
Telefones: (0xx11) 3684-0044
Terça a Sábado das 18h às 23h30min Domingo das 18 às 23h
Área de Entrega: VL. SÃO FRANCISCO • VILA YARA • VILA CAMPESINA • PQ. CONTINENTAL

quarta-feira, 6 de março de 2013

Contém1g Make-Up fecha o ano de 2012 com faturamento de R$ 152 milhões e prevê crescimento de 25% este ano

Com 169 pontos de venda, rede pretende abrir mais 30 unidades em 2013, entre lojas e quiosques em diversas localidades, principalmente nas cidades do interior do Brasil

    A Contém1g Make-Up – uma das maiores redes de franquias de maquiagens do país – vai abrir mais 30 pontos de venda em 2013, chegando a quase 200 lojas até o final do ano. O crescimento esperado de 25% está baseado no ousado plano de expansão da empresa, que tem como alvo principal as cidades potenciais acima de 150 mil habitantes no interior de diversos Estados brasileiros.
    No cronograma de abertura de novas unidades estão pontos de venda em shoppings onde a rede ainda não está, outros em fase de expansão e aqueles que serão inaugurados este ano. Entre as capitais onde a rede deve ampliar sua atuação de mercado estão Natal (RN), Aracaju (SE), Campo Grande (MS), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Florianópolis (SC), Porto Alegre (RS) e Boa Vista (RR). Os destaques entre as cidades interioranas que devem receber lojas e quiosques da Contém1g Make-Up  estão: Paraupebas, Marabá e Ananindeua (todas no Pará), Caruaru (PE), Uberlândia, Uberaba e Contagem (MG), São Gonçalo e Niterói (RJ), Joinville, Blumenau e São José (SC), Vila Velha e Serra (ES), Londrina, Maringá e Ponta Grossa (PR), Santa Maria e Pelotas (RS), além de diversas cidades do interior de São Paulo e na própria capital paulista.
    Também estão nos planos da empresa a abertura de diversas lojas próprias, com o objetivo de melhorar os processos da rede com a operação na prática pela franqueadora. “A operação com lojas próprias ajuda a melhorar, não só o que precisa ser sistematizado e implantado, como também aumenta ainda mais a visibilidade da marca”, explica Joelma Francisco, gerente sênior de Expansão da Contém1g Make-up.
    A Contém1g  Make-up atende cerca de 200 mil clientes por mês e gera atualmente 1.250 empregos em todo o Brasil. A empresa deve fechar o ano de 2013 com um faturamento de R$ 190 milhões .

Ficha técnica - CONTÉM1G MAKE-UP:
Investimento (loja) R$ 343 mil (fora o ponto e capital de giro)
Investimento (quiosque): R$ 167 mil (fora o capital de giro)
Taxa de franquia: R$ 30 mil (loja) e R$ 15 mil (quiosque)
Taxa de Royalties: 20% já incluídos no valor do produto para ambos (loja e quiosque)
Taxa de Propaganda: 3% sobre o faturamento bruto (loja e quiosque)
Faturamento médio mensal: R$ 70 mil (loja) e R$ 40 mil (quiosque)
Lucratividade: 12 a 20% (loja e quiosque)
Retorno do investimento: 24 a 36 meses (loja e quiosque)
Informações: www.contem1g.com.br

Informações para a imprensa (Área de Negócios da Contém 1g Make-Up):
INÉDITA COMUNICAÇÃO ESTRATÉGICA PARA REDES DE FRANQUIAS
11 5581-5658 / 2276-7112
Contatos: Monica Cintra – monica@ineditasp.com.br
Luane Magalhães – luane@ineditasp.com.br
Ou negocios@ineditasp.com.br

CredFácil abre segunda unidade em Recife

Bairro Santo Antonio recebe a 2ª unidade da rede de franquias de crédito

A CredFácil – rede de franquias de crédito– aposta no crescimento do setor e inaugura sua 2ª unidade em Recife. A loja, localizada no centro financeiro da capital Pernambucana oferece para a região um leque de produtos maior que o encontrado até então no mercado local.
Quem está à frente da nova unidade, que abriu suas portas no dia 26 de fevereiro, são os sócios Alexandre Torreão e Paulo Roberto. Amigos de longa data, os empresários uniram-se para investir em um mercado que cresce a passos largos aproveitando-se do bom momento do país. Conforme o Banco Central, a estimativa do mercado financeiro para crescimento da economia este ano fica em torno de 3,1%.
“Estamos empolgados com as possibilidades do negócio. Sempre gostei da área financeira e sonhava em ter um negócio nessa linha. Quando decidi abrir uma unidade, busquei informações sobre o mercado e conheci a CredFácil através da imprensa que apontava como uma das melhores empresas do ramo. Tanto eu, como meu sócio, estamos confiantes e apostamos na economia de Recife”, 
A CredFácil, fundada em 2004, aposta nos diferenciais e no maior leque de produtos e linhas de crédito oferecidas nas lojas da rede. São pelo menos 12 linhas de crédito diferentes que buscam atender a necessidade do cliente. Entre elas estão os Empréstimos consignados, Financiamento de veículos, Crédito imobiliário e o Crédito pessoal com cheque, além do Financiamento de equipamentos e máquinas agrícolas.
Quando a primeira loja da CredFácil foi aberta, em 2004, o proprietário da rede, André Oliveira, tinha apenas 25 anos. Um pouco antes, ele trabalhava como operador de crédito na área de veículos do banco Finasa e começou a fazer um relacionamento diferenciado com seus clientes, pedindo que eles indicassem outros e, aos poucos, passou a não depender mais das concessionárias, pois tinha uma clientela fiel devido ao trabalho realizado de fidelização. Nessa época, o crédito consignado tinha sido recém-lançado para dar oportunidade principalmente a aposentados e foi criada a figura do correspondente bancário.
André Oliveira partiu então para a abertura de sua primeira loja e, em 2008, deu início à formatação por meio de franquias. Com 72 unidades espalhadas por 12 Estados brasileiros, a rede tem mantido um crescimento constante de 20 novas lojas a cada ano, desde 2010. Em 2013, a rede inaugura, só no primeiro trimestre, 13 novas lojas e abre suas primeiras unidades nos Estados do Maranhão, Bahia e Distrito Federal.

CredFácil Recife II
Endereço:Rua das Flores, n°72
Bairro: Santo Antonio
Telefone: (81) 3040-7863


terça-feira, 5 de março de 2013

Dídio Pizza vai abrir 15 lojas em 2013 e espera crescimento nas vendas de 75%, com a venda de 600 mil pizzas

Rede com 22 lojas fatura R$ 14 milhões em 2012 e intensifica o processo de expansão com franquias em São Paulo – capital e interior

A DÍDIO PIZZA – rede de franquias de pizzarias 100% delivery tem uma meta bastante ousada para 2013: a venda de 1.650 pizzas por dia (600 mil pizzas durante o ano) em sua rede que hoje conta com 22 lojas e que chegará a 33 lojas até o final deste ano. “Nosso crescimento em vendas chegará a 75%, um resultado nunca antes alcançado em nossa rede”, comenta Elídio Biazini, proprietário da Dídio Pizza.
O ano de 2012 para a rede foi bastante significativo, segundo a direção da empresa. O faturamento saltou de R$ 11 milhões em 2011 para R$ 14 milhões e o número de clientes atendidos vem crescendo a cada dia. “Nossas lojas juntas atendem hoje 104 mil clientes ao mês e, desses, 57 mil são clientes fiéis e representam 80% do faturamento da rede”, explica Biazini.
A expansão de 2013 segue praticamente o mesmo plano do ano passado. A capital de São Paulo continua sendo o grande alvo e agora, cada vez mais, o Grande ABCD e diversas cidades do interior até Campinas também estão sendo selecionados para a abertura de novas lojas.

Diferenciais, curso gratuito de pizzaiolos e entregadores treinados para atendimento ao consumidor:

Com mais de 20 anos de experiência no mercado de Alimentação, a Dídio Pizza continua investindo para ter diferenciais potenciais diante da concorrência e firmar sua marca no mercado. Há um ano firmou parceria com a secretaria Municipal do Trabalho de São Paulo e através do CAT  (Centro de Apoio ao Trabalhador) oferece curso gratuito de pizzaiolos, que já formou quase 500 pessoas em diversos bairros. O curso tem continuidade em 2013 e todos os meses novas vagas são abertas para formar profissionais – em sua maioria – para o primeiro emprego. O mesmo cuidado no treinamento dos colaboradores é uma constante na rede. A Dídio Pizza é a única pizzaria delivery que fornece curso de direção defensiva e de atendimento ao consumidor para os entregadores motorizados, que hoje já são 130 em toda a rede. “O objetivo é aprimorar cada vez mais o atendimento ao cliente, não somente quando o pedido é feito por telefone, mas na hora da entrega da pizza, onde nossos colaboradores, que são todos admitidos com registro em carteira e todos os benefícios da CLT, possam representar nossa marca em cada residência ou comércio onde entregam nossos produtos”, completa Biazini.
Outros diferenciais da rede ficam por conta do foco exclusivamente no delivery, alta rentabilidade para os franqueados, acréscimo de recheio, que conta com 200g a mais de ingredientes em comparação a outras pizzarias, sabores diferenciados, como a premiada Marguerita com Peperoni e a pizza de Abobrinha e a parceria com a Nestlé nos sabores doces, com receitas especiais para as pizzas, como a de Brigadeiro e a de Maracujá, entre outras. Além das mais tradicionais, a Dídio Pizza também lançou uma linha light de pizzas com massa 100% integral, voltada ao público preocupado com as calorias.


FICHA TÉCNICA DA FRANQUIA
- Investimento inicial: R$ 280 mil
- Capital de Giro (incluso no investimento inicial): R$ 20 mil
- Taxa de franquia (inclusa no investimento inicial): R$ 40 mil
- Taxa de royalties 5% sobre Faturamento Bruto
- Taxa de Propaganda: 2% sobre Faturamento Bruto
- Faturamento médio mensal de uma loja: R$ 70 mil no primeiro ano
- Metragem mínima de uma loja: 85m²
- Lucratividade do franqueado: Média de 12%
- Retorno do investimento: 1 ano e 11 meses
- Número de funcionários por loja: 25 funcionários (quando a loja já está consolidada)
- Tempo de contrato: 4 anos

Mais informações: www.didio.com.br

segunda-feira, 4 de março de 2013

Dídio Pizza em parceria com Prefeitura de São Paulo abre novas inscrições para curso gratuito de pizzaiolos

Mais de 480 pizzaiolos já foram formados e as inscrições para o curso de março que acontece no CAT Interlagos já estão abertas

Estão abertas as inscrições para mais um curso gratuito de pizzaiolos, que terá início no dia 18 de março em São Paulo. A iniciativa é resultado da parceria entre a Dídio Pizza (rede de pizzarias delivery) e a Semdet (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho), que já formou mais de 480 pizzaiolos e agora abre mais 50 vagas para a terceira turma de 2013. As inscrições vão até o dia 13 de março.

O curso será dividido em duas partes: entre os dias 18 e 21 de março serão ministradas as aulas teóricas na unidade do CAT (Centro de Apoio ao Trabalhador) de Interlagos (Av. Interlagos, 6.122
das 7 às 18h de segunda-feira a sexta-feira) e no dia 22 de março será a vez das aulas práticas na unidade da Lapa da Dídio Pizza (Rua Tito, 1274).

O curso forma trabalhadores para pizzarias com possibilidade de contratação na própria rede Dídio Pizza. A primeira parte do curso ensina boas práticas de manipulação de alimentos, vigilância sanitária, higiene pessoal e ambiental, controle de pragas, compras, recebimento e armazenamento, além de regras de segurança do trabalho. A segunda parte, já na cozinha da Dídio Pizza, vai levar os alunos que tiverem 100% de assiduidade e aproveitamento na fase teórica para, literalmente, colocar a mão na massa e preparar pizzas variadas, aplicando os conceitos que aprenderam.

Os critérios continuam os mesmo para que o aluno passe para a etapa prática do curso, como:
•    Assiduidade e pontualidade em todos os dias do treinamento teórico;
•    Não possuir experiência anterior em cozinhas de pizzarias;
•    Estar fora do mercado de trabalho;

Segundo a nutricionista responsável pelo curso, Adriana Rios, a formação é completa: “quem fizer o curso vai sair sabendo como deve se portar em uma cozinha profissional de pizzarias”, explica. , para que os jovens possam entrar no mercado de trabalho e conseguir uma vaga em uma das mais de 4 mil pizzarias existentes na cidade de São Paulo, que só perde para Nova Iorque no consumo de pizzas.

A Dídio Pizza possui 20 anos de existência no mercado paulistano e é conhecida pelas pizzas com o dobro de recheio das demais do mercado. Com 22 unidades em funcionamento, a rede agora parte para a abertura de lojas no interior paulista e continua sua expansão em diversos bairros de São Paulo com a venda de franquias. A rede é famosa por oferecer suas pizzas com o dobro de recheio, se comparadas às outras pizzarias, e em sabores inusitados, como a de Abobrinha na massa 100% integral, a de Mousse de Maracujá, além da premiada Marguerita com Pepperone.

O CAT, da Semdet, possui 31 postos (fixos e móveis) onde o cidadão paulistano pode encontrar o emprego que procura. Com o curso da Didio Pizza, o profissional terá um instrumento a mais na hora em que procurar uma oportunidade de trabalho no CAT. Aqueles que se destacaram no curso poderão também ser aproveitados pela própria rede, porém, todos os alunos participantes já saem
treinados para atuar em uma cozinha profissional de pizzarias, aptos a trabalhar em qualquer uma das mais de 4 mil existentes na cidade.

CURSO GRATUITO DE PIZZAIOLOS – Dídio Pizza e CAT (Prefeitura de São Paulo)
Inscrições: do dia 06  ao dia 13/03 - gratuitamente
Fevereiro: de 18 a 21/03 - parte teórica no CAT Interlagos (Av. Interlagos, 6.122
das 7 às 18h de segunda-feira a sexta-feira) e no dia 22/03 - parte prática na Dídio Pizza (unidade da Lapa – Rua Tito, 1274)
Inscrições: no próprio CAT Lapa, mediante apresentação do RG, CPF, nº do PIS e Carteira de Trabalho.

INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA:
INÉDITA COMUNICAÇÃO – Assessoria de Imprensa da Dídio Pizza
11 5581-5658 / 2276-7112
Contato: Luane Magalhães – luane@ineditasp.com.br

SEMDET-Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho
CAT-Centro de Apoio ao Trabalho
Assessoria de Imprensa - e-mail: imprensasemdet@prefeitura.sp.gov.br
11-3224-6011