quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Rede Oficina Brasil chega à Teresina

Primeira unidade da rede acaba de ser inaugurada em um dos melhores bairros da capital piauiense

A partir de agora, os moradores de Teresina terão a seu dispor uma oficina mecânica diferente de tudo que já conhecem: a Rede Oficina Brasil – uma das maiores franquias de serviços automotivos do país – é especializada na parte de baixo do automóvel (escapamentos, amortecedores, freios, alinhamento e balanceamento, sistema de ar, pneus e troca de óleo) e dispõe em suas unidades de um ambiente de oficina diferenciado, com recepção climatizada, cyber café, espaço para leitura com mini-biblioteca e TV com programação variada e filmes. O objetivo é oferecer aos clientes momentos de descontração durante a espera pelo reparo do automóvel.

A primeira unidade, que fica no bairro São Cristóvão, também conhecido como Jockey, foi inaugurada por Edgard Pereira Filho, que está com as melhores expectativas: “Sou médico e há 2 anos, resolvi diversificar as atividades. Escolhi o segmento automotivo e só então comecei a pesquisar em sites específicos para franquias, onde encontrei a Oficina Brasil que oferece experiência e um nome nacional que traz segurança e dá visibilidade para o negócio”, garante.

Conforme o franqueado, a procura pela Oficina Brasil em Teresina só cresce desde que as portas foram abertas há menos de um mês. “Criamos uma oferta para inauguração com bons preços que atraíram muita atenção para a oficina. Nosso feedback também tem sido muito positivo no que diz respeito a localização, conforto, atendimento e no conceito "oficina limpa". Notamos que o cliente em geral quer um bom atendimento, serviços bem explicados e rápidos, comodidade e conforto. Esses são nossos desafios e vamos com certeza conseguir vencê-los”, afirma confiante.

Saiba mais sobre a Oficina Brasil:

A Rede Oficina Brasil possui 55 unidades distribuídas nos estados de São Paulo, Minas Gerais, Paraíba, Ceará, Pernambuco, Goiás, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Paraná, Piauí, Rio Grande do Norte e Alagoas. Possui técnicos treinados em todos os itens de manutenção da parte de baixo do automóvel (escapamentos, amortecedores, freios, alinhamento e balanceamento, sistema de ar, pneus e troca de óleo) e dispõe em suas unidades de um ambiente de oficina diferenciado, com recepção climatizada, cyber café, espaço para leitura com mini-biblioteca e TV com programação variada e filmes.  

Unidade Oficina Brasil – Teresina (PI)
Unidade Teresina
Endereço: Av. Dom Severino, 2440
Bairro: São Cristovão
Telefone: (86) 3232-7617
Horário de Funcionamento: Seg. a Sex. das 8h às 19h / Sáb das 8h às 16h
www.redeoficinabrasil.com.br

Unidade Oficina Brasil – Teresina (PI)
Unidade Teresina
Endereço: Av. Dom Severino, 2440
Bairro: São Cristovão
Telefone: (86) 3232-7617
Horário de Funcionamento: Seg. a Sex. das 8h às 19h / Sáb das 8h às 16h

Informações para a imprensa:
INÉDITA COMUNICAÇÃO ESTRATÉGICA PARA REDES DE FRANQUIAS
Tels.: 11 5581-5658 /11  2276-7112
Contatos: Luane Magalhães – luane@ineditasp.com.br
Monica Cintra – monica@ineditasp.com.br

segunda-feira, 25 de fevereiro de 2013

Bagnews é oportunidade de franquia para jovens universitários ou recém-formados

Primeira e única franquia de publicidade em sacolas e sacos para padaria possui baixo investimento e é boa oportunidade para quem está estudando ou quer iniciar uma carreira de sucesso

Ganhar dinheiro com uma franquia de baixo investimento, trabalhando em casa e ainda com um produto ecologicamente correto, que contribui para a sustentabilidade do planeta. Esta é a proposta da BAGNEWS, uma franquia de publicidade em embalagens, como sacolas e sacos recicláveis para jovens de 18 a 25 anos, que possuem iniciativa, desejam ter uma renda para ajudar nos custos dos estudos ou querem iniciar uma carreira já como donos do próprio negócio.

Com um investimento a partir de R$ 25 mil, o jovem pode iniciar seu negócio sem a necessidade de ponto comercial ou qualquer outra despesa para ter sua própria agência que comercializa anúncios em embalagens para empresas que procuram uma mídia alternativa e regional e distribui gratuitamente as sacolas e sacos em estabelecimentos comerciais de sua área de atuação (como bancas de jornais, livrarias, pet shops, lojas de conveniência, padarias, etc.). Os comerciantes, por sua vez, ganham embalagens para distribuir seus produtos ao consumidor final, que fica feliz com a iniciativa da sacola sustentável e tem uma série de opções de consumo através dos produtos e serviços que são anunciados na embalagem.

Com um faturamento que gira em torno de R$ 18 mil ao mês e uma rentabilidade de 35%, os franqueados da BAGNEWS são isentos de Royalties nos primeiros 3 meses de operação, além de não pagarem Taxa de Propaganda, o que também aumenta o ganho mensal. “Criamos a BAGNEWS pensando no futuro. Além de ser um produto que está de acordo com as tendências mundiais de preservação do planeta, queríamos algo que pudesse ajudar o jovem que desde cedo precisa enfrentar a competitividade do mercado de trabalho e que acaba fazendo exaustivos estágios até conseguir uma boa colocação profissional”, explica Salvatore Privitera, um dos sócios da rede.

Com 26 unidades espalhadas por diversas cidades e 1 unidade em Sydney, na Austrália, a BAGNEWS acredita que dará um salta na expansão no ano de 2013, com a saída novamente das sacolas plásticas do mercado. “Pretendemos abrir 50 franquias este ano e ainda ajudar muita gente”, completa Salvatore.

BAGNEWS – FICHA TÉCNICA DA FRANQUIA

Investimento total: R$ 25 mil (já incluída a Taxa de Franquia)
Taxa de Franquia: R$ 12 mil
Taxa de Royalties:
Primeiros 3 meses: isenta
Do 4º ao 6º mês: R$ 350,00
Do 7º mês em diante: R$ 600,00
Capital de Giro: R$ 3 mil
Faturamento médio mensal: R$ 18 mil
Lucratividade do Franqueado: 35%


sexta-feira, 22 de fevereiro de 2013

Em 2012 foram abertas 30 novas franquias por dia e 4 por hora

Rizzo Franchise divulga o balanço do Franchising brasileiro de 2012 e as tendências para 2013

    As redes de franquias que operam no Brasil abriram no ano passado 10.631 estabelecimentos de varejo em diversas cidades – um crescimento de 6% em relação ao ano anterior. Já são 2.579 redes de franquias no país, que hoje geram mais de 2 milhões de empregos diretos e mais 2 milhões indiretos. Somente em 2012, as franquias abriram mais de 102 mil novas vagas de trabalho – um crescimento de 5,3% em relação a 2011 e o equivalente a 281 novas vagas por dia.
    Esses são alguns dos resultados da pesquisa anual da Rizzo Franchise – tradicional empresa de consultoria e pesquisa sobre o Franchising de toda a América Latina.
    A pesquisa mostra, ainda, que as franquias foram responsáveis por quase um décimo de toda a riqueza gerada no país em 2012, representando 8,35% do PIB, com um faturamento de R$ 303 bilhões.
    O mercado brasileiro também ganhou novos franqueadores em 2012: foram 162 novas empresas, representando um crescimento de 6,7% em relação a 2011.
    “Para ter uma ideia do tamanho deste mercado, mais de 195 milhões de brasileiros deixaram em 2012 mais de R$ 4,00 por dia no caixa das franquias, que geraram uma receita diária de mais de R$ 830 milhões por dia”, explica Marcus Rizzo, autor da pesquisa.

Tendências para 2013

    Segundo a Rizzo Franchise, apesar do baixo crescimento econômico esperado para 2013, com um PIB projetado para 3% de crescimento, as franquias deverão continuar crescendo a taxas bem superiores.
    Mesmo sem apresentar a enorme evolução dos últimos cinco anos, que variou entre 6% e 10% anuais, o ano de 2013 deverá apresentar um cenário bem intenso, com pelo menos 6% de crescimento da rede (equivalente a 11.000 negócios instalados durante o ano). O número de novas franquias no mercado deverá também se aproximar a 6% de crescimento, equivalente a 150 novos negócios - resultado um pouco inferior aos 7% do ano anterior.

Descentralização - Novos mercados fora dos grandes centros serão uma das forças que impulsionarão o Franchising em 2013. De um lado, a renda crescente da população do interior, que gerou forte crescimento do consumo e, do outro, o mercado local não conseguindo atender a esta nova demanda.

NEGÓCIOS EM ALTA E EM BAIXA
O crescimento da renda continuará impulsionando três setores de negócios:
1)    Educação & Treinamento – renda maior gera a necessidade de melhoria do nível educacional, especialmente da população jovem;
2)    Saúde & Beleza – com renda melhor, a vaidade se manifesta mais fortemente e esses negócios continuarão em alta;
3)    Alimentação – parte de população começa a ter suas primeiras experiências com alimentação fora de casa e especialmente o Fast food continuará tendo grande procura. Alimentação especializada também tem forte tendência de alta, assim como o Delivery, associado à necessidades de conveniência e falta de segurança nos grandes centros;
4)    Vestuário – especialmente as marcas com produtos de preço acessível terão forte demanda, principalmente devido ao crescimento da indústria de shopping centers, que está buscando a interiorização.

O que deverá se tomar muito cuidado para investir em 2013:
- Livrarias – gradativamente estão sendo agredidas pelos produtos com entrega eletrônica;
- Frozen Yogurt– uma onda que se espalhou rapidamente nos últimos dois anos, esses negócios possuem grande sazonalidade com altos custos de implantação e ticket médio baixo, aliado a clientes sazonais que aumentam consideravelmente o risco.

ATENÇÃO: a pesquisa completa da Rizzo Franchise, com gráficos e demonstrativos, pode ser adquirida na INÉDITA COMUNICAÇÃO ESTRATÉGICA PARA REDES DE FRANQUIAS:

quarta-feira, 20 de fevereiro de 2013

Oficina Brasil dá dicas dos itens que devem ser revistos na volta das férias para evitar problemas durante o ano

Falta de revisão pós-férias pode trazer sérios danos ao automóvel

Más condições das estradas, maresia, areia ou lama. A viagem de férias desgasta o carro, que deve passar por um check-up completo antes de encarar a volta à rotina. A Oficina Brasil – maior rede de franquias de serviços automotivos – alerta para a importância de uma revisão pós-férias e indica os principais danos causados principalmente na parte de baixo do veículo.

Segundo Antonio César Costa, consultor técnico da Oficina Brasil, um dos primeiros itens que precisam de revisão são as coifas das homocinéticas. Localizadas nas pontas dos eixos, essas peças de borracha são responsáveis por proteger a lubrificação das homocinéticas e garantir o bom funcionamento da peça, que dá direcionamento às rodas. Conforme o consultor, um dos indícios de que as coifas estão com problemas são rangidos enquanto se contorna uma curva. “É uma peça barata, custa entre R$ 20 e R$ 30, mas se não receber a atenção devida, pode levar à troca de toda a homocinética, que não sai por menos R$ 150”, alerta.

“Uma outra dica é realizar uma  boa lavagem na parte de baixo do veículo para retirar todo o vestígio de areia ou barro. Mas é importante lembrar que se deve evitar, durante a limpeza, o uso de qualquer produto que possa ser agressivo às borrachas da suspensão, como óleo queimado, óleo de mamona ou óleo diesel”, explica o consultor.

As estradas mal pavimentadas, vias secundárias que levam a sítios, fazendas e praias mais afastadas também podem causar danos ao sistema de suspensão do carro. Nesta lista, devem ser checadas as bandejas, pivôs, terminais e também o sistema de rodagem, como pneus e rodas.

“Temos um cliente que, após uma viagem para o Nordeste, veio até nós apenas para um check-up. Qual não foi nossa surpresa quando descobrimos que os quatro pneus comprados dias antes das férias apresentavam bolhas pelo lado interno e que foram causadas pelas más condições das estradas. Pneus nesse estado são perigosos, pois podem estourar e causar um acidente grave”, conta Antonio César.

O consultor também alerta para os filtros de ar e de combustível que também merecem atenção especial, pois estando fora da região habitual, muitas vezes o carro é abastecido em postos cuja qualidade do combustível não se pode assegurar. “Combustível de má qualidade, o famoso ‘combustível batizado’ e com impurezas são prejudiciais para o motor, que começa apresentar falhas e queda no rendimento”, completa ele.  

Saiba mais sobre a Oficina Brasil

A Oficina Brasil possui 54 unidades espalhadas em diversas regiões é especializada em manutenção de todos os itens da parte de baixo do automóvel (escapamentos, amortecedores, freios, alinhamento e balanceamento, sistema de ar, injeção eletrônica, arrefecimento, suspensão, direção, pneus, troca de óleo, etc.) e dispõe em suas unidades de um ambiente de oficina diferenciado, com recepção climatizada, cyber café, espaço para leitura com mini-biblioteca e TV com programação variada e filmes. O objetivo é oferecer aos clientes momentos de descontração durante a espera pelo reparo do automóvel. 

Para agendar uma revisão gratuita, basta ligar para 0800 19 9977 ou acessar: www.redeoficinabrasil.com.br


ATENÇÃO: Antonio Cesar Costa, consultor técnico da Oficina Brasil está à disposição para entrevistas.

Entrar em contato com:
INÉDITA COMUNICAÇÃO ESTRATÉGICA PARA REDES DE FRANQUIAS
Tels.: 11 5581-5658 /11 2276-7112
Contato: Luane Magalhães – luane@ineditasp.com.br


segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Aulas práticas - curso de pizzaiolo

Dídio Pizza em parceria com Prefeitura de São Paulo oferece curso gratuito de pizzaiolos

Mais de 450 pizzaiolos já foram formados e as inscrições para a terceira turma de 2013 que acontece no CAT Interlagos abrem no dia 6 de março

Novos Pizzaiolos estão saindo do forno em São Paulo. A segunda turma 2013 do curso gratuito de pizzaiolos oferecido através de uma parceria entre a Dídio Pizza (rede de pizzarias delivery) e a Semdet (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho) tem sua aula prática marcada para a próxima sexta-feira, dia 22. A iniciativa já formou mais de 450 pizzaiolos e vagas novas são abertas todos os meses.

A segunda turma de 2012 começou as atividades no ultimo dia 18 com a primeira aula teórica ministrada na unidade do CAT (Centro de Apoio ao Trabalhador) da Lapa (Rua Monteiro de Melo, 342) e no dia 22 de fevereiro será a vez das aulas práticas na unidade da Lapa da Dídio Pizza (Rua Tito, 1274). Nas aulas práticas poderão ser realizadas imagens como manuseio de alimentos, separação de ingredientes, preparo das pizzas e degustação.

O curso forma trabalhadores para pizzarias com possibilidade de contratação na própria rede Dídio Pizza. A primeira parte do curso ensina boas práticas de manipulação de alimentos, vigilância sanitária, higiene pessoal e ambiental, controle de pragas, compras, recebimento e armazenamento, além de regras de segurança do trabalho. A segunda parte, já na cozinha da Dídio Pizza, vai levar os alunos que tiverem 100% de assiduidade e aproveitamento na fase teórica para, literalmente, colocar a mão na massa e preparar pizzas variadas, aplicando os conceitos que aprenderam.

Os critérios continuam os mesmo para que o aluno passe para a etapa prática do curso, como:
•    Assiduidade e pontualidade em todos os dias do treinamento teórico;
•    Não possuir experiência anterior em cozinhas de pizzarias;
•    Estar fora do mercado de trabalho;

Segundo a nutricionista responsável pelo curso, Adriana Rios, a formação é completa: “quem fizer o curso vai sair sabendo como deve se portar em uma cozinha profissional de pizzarias”, explica. , para que os jovens possam entrar no mercado de trabalho e conseguir uma vaga em uma das mais de 4 mil pizzarias existentes na cidade de São Paulo, que só perde para Nova Iorque no consumo de pizzas.

A Dídio Pizza possui 20 anos de existência no mercado paulistano e é conhecida pelas pizzas com o dobro de recheio das demais do mercado. Com 21 unidades em funcionamento, a rede agora parte para a abertura de lojas no interior paulista e continua sua expansão em diversos bairros de São Paulo com a venda de franquias. A rede é famosa por oferecer suas pizzas com o dobro de recheio, se comparadas às outras pizzarias, e em sabores inusitados, como a de Abobrinha na massa 100% integral, a de Mousse de Maracujá, além da premiada Marguerita com Pepperone.

O CAT, da Semdet, possui 31 postos (fixos e móveis) onde o cidadão paulistano pode encontrar o emprego que procura. Com o curso da Didio Pizza, o profissional terá um instrumento a mais na hora em que procurar uma oportunidade de trabalho no CAT. Aqueles que se destacaram no curso poderão também ser aproveitados pela própria rede, porém, todos os alunos participantes já saem
treinados para atuar em uma cozinha profissional de pizzarias, aptos a trabalhar em qualquer uma das mais de 4 mil existentes na cidade.

Atenção Jornalistas! Os responsáveis pelo curso estarão disponíveis para entrevista.
 A aula prática pode ser gravada e fotografada para sua matéria. Entre em contato conosco e agendamos entrevistas e gravações para sua equipe.

CURSO GRATUITO DE PIZZAIOLOS – Dídio Pizza e CAT (Prefeitura de São Paulo)
Fevereiro: de 18 a 21/02 - parte teórica no CAT Lapa (Rua Monteiro de Melo, 342, entre 8h e 11h) e no dia 22 - parte prática na Dídio Pizza (unidade da Lapa – Rua Tito, 1274) das 9h às 12h

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

162 novas franquias foram abertas em 2012

Fast Food lidera o ranking dos setores de novas empresas que aderiram ao Franchising no ano passado, seguido do setor de Saúde & Beleza

A Rizzo Franchise – consultoria especializada que realiza pesquisas sobre o Franchising em toda a América Latina – acaba de divulgar a pesquisa do desempenho do setor em 2012, que aponta o surgimento de 162 novas franquias no Brasil. Dentre elas, o setor que liderou o número de novas empresas que aderiram ao Franchising no ano passado foi o de Fast Food, com 26 novas franqueadoras. Em segundo lugar, com 25 empresas está o setor de Saúde & Beleza, que lançou oficialmente 25 novas franquias em 2012.
Um exemplo de empresa do setor de Saúde & Beleza, que já inaugurou sua primeira franquia e já está em busca de franqueados para expandir o negócio é a UAU! Hair Studio, salão de beleza especializado em serviços de cabelo, manicure e pedicure e maquiagem para os públicos B e C. Depois de formatar a empresa, com tudo o que é necessário para se tornar uma franqueadora, como manuais, treinamento, projeto arquitetônico e suporte aos franqueados, a UAU! abriu sua primeira unidade na Rua Augusta, Zona Sul de São Paulo e   pretende ter 38 unidades nos próximos 18 meses.
Com um foco direcionado ao público feminino de classe média, que deseja serviços rápidos e com preços competitivos, a franquia é uma boa oportunidade para mulheres que desejam conquistar a independência financeira com um salão de beleza diferenciado, para atender principalmente as clientes que trabalham e utilizam horários alternativos para cuidar da beleza. Com um investimento de R$ 130 mil é possível ter uma franquia montada para começar a trabalhar em 15 dias, já que o projeto das lojas é extremamente simples e funcional, adequado para pequenos imóveis, mas com capacidade para 950 atendimentos por mês, com um faturamento de R$ 60 mil. “Nossa proposta é oferecer serviços básicos, como cabelo, manicure, pedicure e maquiagem, com 12 funcionários ao todo no salão e preços competitivo aos clientes. Nosso ticket médio fica em torno de R$ 63,00”, afirma Lúcio Rodrigues, diretor operacional da UAU! Hair Studio.

Novas franquias no mercado brasileiro:

Ranking       -    Setor do Franchising        -    Nº de empresas
1º lugar   -    Alimentação Fast Food       -         26
2º lugar   -    Saúde & Beleza              -             25
3º lugar   -    Alimentação Especializada   -         23
4º lugar   -    Vestuário                   -                   17
5º lugar   -    Negócios & Serviços         -           11
6º lugar   -    Acessórios Pessoais         -             10
7º lugar   -    Educação & Treinamento      -          9
8º lugar   -    Automotivo                  -                   6
8º lugar   -    Mobiliário & Decoração      -            6
8º lugar   -    Informática                 -                     6
9º lugar   -    Esporte & Lazer             -                 5
10º lugar  -    Hotelaria & Turismo         -              4
11º lugar  -    Infantil                    -                        3
11º lugar  -    Finanças                    -                    3
12º lugar  -    Limpeza & Conservação       -        2
13º lugar  -    Entretenimento              -                1
13º lugar  -    Equipamentos                -                1
                TOTAL                                           162

UAU! Hair Studio – primeira unidade inaugurada
Rua Augusta, 2149 – São Paulo/SP
Tel: 11 3062-9937
Funcionamento – De segunda a sábado, das 9h00 às 20h00

FICHA TÉCNICA DA FRANQUIA:
Investimento total: R$ 130 mil (já inclusa a Taxa de Franquia)
Taxa de Franquia: R$ 40 mil
Capital de Giro: R$ 20 mil
Taxa de Royalties: 7% sobre o faturamento bruto
Taxa de Propaganda: 2% sobre o faturamento bruto
Faturamento médio mensal: R$ 60 mil
Lucratividade: 18%
Número de funcionários: 12
Retorno do investimento: 19 meses
Informações sobre a franquia: www.uauhairstudio.com.br


quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Expansão: Oficina Brasil vai abrir mais 12 lojas em 2013

Principal alvo da rede está nas Regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste do país

A Oficina Brasil – maior rede de franquias de serviços automotivos do país, com 54 unidades espalhadas por diversas localidades, vai abrir mais 12 franquias este ano, principalmente nas Regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste, chegando às cidades de Campo Grande, Cuiabá, São Luís, Belém, Goiânia, Salvador e Ilhéus.
Especializada na instalação de oficinas mecânicas dentro de estacionamentos de hipermercados e shopping centers, este ano também vai partir para a abertura de novas unidades de rua, aumentando, assim, a visibilidade da marca junto ao consumidor. A estratégia de montar lojas em hipermercados visa benefícios tanto para os franqueados, como para os consumidores finais. “Qualquer item comprado nos supermercados onde estão instaladas as lojas tem colocação gratuita nas oficinas, como pneus e óleo. Isso sem falar que a parceria nos permite oferecer um horário de atendimento diferenciado, inclusive aos domingos e feriados”, explica Esteves Santos, gerente de Expansão da Oficina Brasil.
 Com um investimento que varia de R$ 300 a R$ 400 mil é possível abrir uma franquia da Oficina Brasil de 250 a 300 m², projetadas para um faturamento médio de R$ 100 mil/mês e uma média de 15 a 18% de lucratividade.
A Oficina Brasil é especializada em manutenção de todos os itens da parte de baixo do automóvel (escapamentos, amortecedores, freios, alinhamento e balanceamento, sistema de ar, injeção eletrônica, arrefecimento, suspensão, direção, pneus, troca de óleo, etc.) e dispõe em suas unidades de um ambiente de oficina diferenciado, com recepção climatizada, cyber café, espaço para leitura com mini-biblioteca e TV com programação variada e filmes. O objetivo é oferecer aos clientes momentos de descontração durante a espera pelo reparo do automóvel. 
A Oficina Brasil faturou R$ 70 milhões em 2012 e a previsão é de 15% de crescimento para este ano.

Oficina Brasil – Ficha Técnica
Investimento total: R$ 300 a R$ 400 mil (já incluída a Taxa de Franquia)
Taxa de Franquia: R$ 60 mil
Taxa de Royalties: 5% sobre o faturamento bruto
Taxa de Propaganda: 1% sobre o faturamento bruto
Capital de Giro: R$ 30 a R$ 45 mil
Média de faturamento mensal: R$ 100 mil
Lucratividade: 15 a 18%
Retorno do Investimento: 18 a 36 meses
Número de funcionários: 15 a 20
Tempo de Contrato: 5 anos
Informações: www.redeoficinabrasil.com.br


terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

Unidade Piloto: Seguindo os padrões das franquias de sucesso

Ainda há muitas franquias que se descaracterizam totalmente pela falta de padrões, dificultando a expansão, pois a cada nova unidade aberta o conceito é totalmente modificado. Como não há critérios de localização para abrir a nova franquia (geralmente a abertura tem origem numa oportunidade imobiliária e não de mercado) descobre-se que o perfil do consumidor naquela nova área é totalmente diferente do local original. Como consequência há uma série de outras mudanças não controláveis como: o mix de produtos, preços, margens, atendimento, layout de loja, exposição, estocagem, sistema de reposição, entre outros.s como as franquias profissionais com padrões conseguem manter intacto o conceito, mesmo instaladas em diferentes mercados e operadas por franqueados independentes? O segredo são os padrões operacionais desenvolvidos numa unidade piloto, transformadas em manuais e passadas através de programas de treinamento. A unidade piloto é a instalação experimental e prática onde o franqueador testa produtos e serviços, onde os procedimentos operacionais são examinados com o objetivo de desenvolver o melhor fluxo de trabalho possível para atender o consumidor e incrementar a lucratividade do negócio.

O especialista Marcus Rizzo pode falar sobre esse e outros assuntos do mercado de franchising. A Rizzo Franchise possui também pesquisas sobre o mercado de franchising.


segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

Dídio Pizza em parceria com Prefeitura de São Paulo abre novas inscrições para curso gratuito de pizzaiolos

Mais de 450 pizzaiolos já foram formados e as inscrições para o curso de janeiro que acontece no CAT Lapa já estão abertas

Estão abertas as inscrições para mais um curso gratuito de pizzaiolos, que terá início no dia 18 de fevereiro em São Paulo. A iniciativa é resultado da parceria entre a Dídio Pizza (rede de pizzarias delivery) e a Semdet (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e do Trabalho), que já formou mais de 450 pizzaiolos e agora abre mais 30 vagas para a segunda turma de 2013. As inscrições vão até o dia 13 de fevereiro.

O curso será dividido em duas partes: entre os dias 18 e 21 de fevereiro serão ministradas as aulas teóricas na unidade do CAT (Centro de Apoio ao Trabalhador) da Lapa (Rua Monteiro de Melo, 342, entre 8h e 11h) e no dia 22 de fevereiro será a vez das aulas práticas na unidade da Lapa da Dídio Pizza (Rua Tito, 1274).

O curso forma trabalhadores para pizzarias com possibilidade de contratação na própria rede Dídio Pizza. A primeira parte do curso ensina boas práticas de manipulação de alimentos, vigilância sanitária, higiene pessoal e ambiental, controle de pragas, compras, recebimento e armazenamento, além de regras de segurança do trabalho. A segunda parte, já na cozinha da Dídio Pizza, vai levar os alunos que tiverem 100% de assiduidade e aproveitamento na fase teórica para, literalmente, colocar a mão na massa e preparar pizzas variadas, aplicando os conceitos que aprenderam.

Os critérios continuam os mesmo para que o aluno passe para a etapa prática do curso, como:
•    Assiduidade e pontualidade em todos os dias do treinamento teórico;
•    Não possuir experiência anterior em cozinhas de pizzarias;
•    Estar fora do mercado de trabalho;

Segundo a nutricionista responsável pelo curso, Adriana Rios, a formação é completa: “quem fizer o curso vai sair sabendo como deve se portar em uma cozinha profissional de pizzarias”, explica. , para que os jovens possam entrar no mercado de trabalho e conseguir uma vaga em uma das mais de 4 mil pizzarias existentes na cidade de São Paulo, que só perde para Nova Iorque no consumo de pizzas.

A Dídio Pizza possui 20 anos de existência no mercado paulistano e é conhecida pelas pizzas com o dobro de recheio das demais do mercado. Com 21 unidades em funcionamento, a rede agora parte para a abertura de lojas no interior paulista e continua sua expansão em diversos bairros de São Paulo com a venda de franquias. A rede é famosa por oferecer suas pizzas com o dobro de recheio, se comparadas às outras pizzarias, e em sabores inusitados, como a de Abobrinha na massa 100% integral, a de Mousse de Maracujá, além da premiada Marguerita com Pepperone.

O CAT, da Semdet, possui 31 postos (fixos e móveis) onde o cidadão paulistano pode encontrar o emprego que procura. Com o curso da Didio Pizza, o profissional terá um instrumento a mais na hora em que procurar uma oportunidade de trabalho no CAT. Aqueles que se destacaram no curso poderão também ser aproveitados pela própria rede, porém, todos os alunos participantes já saem
treinados para atuar em uma cozinha profissional de pizzarias, aptos a trabalhar em qualquer uma das mais de 4 mil existentes na cidade.

CURSO GRATUITO DE PIZZAIOLOS – Dídio Pizza e CAT (Prefeitura de São Paulo)
Inscrições: do dia 04  ao dia 13/02 - gratuitamente
Fevereiro: de 18 a 21/02 - parte teórica no CAT Lapa (Rua Monteiro de Melo, 342
Das 7 às 18h de segunda –feira a sexta-feira)
e no dia 22 - parte prática na Dídio Pizza (unidade da Lapa – Rua Tito, 1274)
Inscrições: no próprio CAT Lapa, mediante apresentação do RG, CPF, nº do PIS e Carteira de Trabalho.