quinta-feira, 31 de maio de 2012

Eduardo e Mônica para o dia dos namorados

Ao invés da tradicional Romeu e Julieta, a Dídio Pizza inova e lança um sabor exclusivo, uma mistura inusitada de cream cheese e geléia de frutas vermelhas

“Quem um dia irá dizer que existe razão nas coisas feitas pelo coração?” Na hora de escolher o que saborear no jantar do dia dos namorados, porque não apostar em um sabor totalmente diferente de pizza? É pensando em oferecer uma alternativa diferente e criativa para os casais que a Dídio Pizza lança sua exclusiva pizza Eduardo e Mônica, uma mistura mais do que perfeita de cream cheese e geléia de frutas vermelhas na massa semi-folheada. A novidade é uma parceria entre a Dídio Pizza - rede de franquias de pizzarias 100% delivery, a Queensberry e a Philadelphia, e inicialmente estará disponível entre os meses de Junho e Julho.
Segundo Elidio Biazini, fundador da Dídio Pizza, há chances da novidade entrar definitivamente para o cardápio da rede: “tudo vai depender da aceitação do cliente”, garante ele, que completa: “a Eduardo e Mônica é uma versão moderna da Romeu e Julieta, com um sabor único, para agradar quem gosta dessa mistura agridoce”. A pizza vai ser oferecida nos tamanhos mini e média, para sobremesa, e vai custar, em média, R$19,00 o tamanho mini.
Com o lançamento, a Dídio Pizza reforça duas características marcantes da rede: os sabores inusitados, como a Pizza Mousse de Maracujá e a premiada Marguerita com Peperoni, e as parcerias que mantém com fornecedores de qualidade, como é o caso da Philadelphia e da Queensberry.
A Dídio Pizza tem hoje 18 unidades distribuídas pelas cidades de São Paulo, Valinhos, Jundiaí, e agora no ABC e em Campinas. Tem um público fiel, responsável pelo consumo de 35 mil pizzas todos os meses. Conhecida pelas pizzas com o dobro de recheio se comparadas às demais pizzarias, a Dídio inclui em seu cardápio uma linha light de pizzas com massa 100% integral, e entrega todos os dias a partir das 18h.

Geleia com Pizza
Geleia com torrada? Nem sempre. A Queensberry desmitifica o uso padronizado da geleia de frutas e sugere combinações inusitadas. Desta vez, em parceria com a Didio Pizza, criou o sabor Eduardo e Mônica, preparado com Geleia de Frutas Vermelhas Queensberry e cream cheese Philadelphia. Não é a primeira vez que a marca faz parcerias para promover o consumo de geleias com diferentes produtos. Além de ações junto a pontos de vendas, em 2011 renomados chefs de cozinha criaram pratos principais, saladas e sobremesas preparados com geléias. As receitas compõem o livro comemorativo de 25 anos de atuação da empresa.  A Queensberry (www.queensberry.ind.br) foi fundada em 1986 pela empresa brasileira Kiviks Marknad. Recentemente, investiu R$ 36 milhões na construção da nova fábrica em Itatiba (SP) e ingressou no mercado de bebidas com os Smoothies 100% Fruta. Em seu portfólio, mais de 60 variedades de sabores divididos nas linhas: Classic, Sem Sementes, Delight, Diet, Gourmet, Orgânica, 100% e Kids.



Mais sobre Philadelphia
Lançado no Brasil em 1994, o Cream Cheese Philadelphia conquistou rapidamente o mercado de queijos espalháveis, e hoje tem 66% de participação, segundo o Instituto ACNielsen. Desde julho de 2011, a marca Philadelphia – propriedade da K&S Alimentos S.A., joint-venture formada entre Kraft Foods Brasil e Sadia - vem apostando no novo posicionamento traduzido pelo slogan “Espalhe a Leveza”, que visa reforçar a versatilidade de Philadelphia através de inúmeras alternativas de uso culinário, além de levantar uma nova bandeira de que a vida com Leveza pode ser mais gostosa.


Informações sobre a franquia: 
www.didio.com.br

INFORMAÇÕES PARA A IMPRENSA:
INÉDITA COMUNICAÇÃO
11 5581-5658 / 2276-7112
Contato: Katiuscia Zanatta – katiuscia@ineditasp.com.br

Dia dos Namorados: dicas de massagens que podem ser feitas a dois

Onodera dá dicas para uma massagem em casa para brindar a intimidade e promover bem estar entre o casal

            O Dia dos Namorados é data favorita dos românticos apaixonados. Que tal surpreender o parceiro ou parceira com uma massagem que pode ser feita um no outro, proporcionando prazer, bem estar e relaxamento?
            Segundo a ONODERA – maior rede de clínicas de estética facial e corporal, que chega a realizar mais de 60 mil procedimentos em todas as suas 54 unidades, afirma que, além dos tratamentos estéticos, muitas mulheres também procuram as massagens para aliviar o stress do dia a dia e, mesmo em pacotes onde as massagens escolhidas são voltadas para a drenagem e modelagem do corpo, quase sempre há a inclusão de algumas sessões apenas para relaxar.
            “A massagem mútua entre os casais é um momento bastante pessoal e íntimo. É uma maneira original de promover o bem estar da outra pessoa. As pessoas criam uma ligação de uma maneira diferente, trocam energia e relaxam, além de criar um clima bastante sensual e romântico”, afirma a fisioterapeuta da Onodera, Ingrid Peres. Ela dá dicas de como realizar uma massagem simples, que pode ser repetida pelo parceiro ou parceira para criar um envolvimento maior:

1º passo: posicione o parceiro de decúbito ventral (barriga para baixo), separe um creme ou óleo próprio para massagem sem absorção rápida e espalhe nas costas suavemente.

2º passo: faça um deslizamento da região lombar (perto do glúteo) até os ombros, subindo pelo meio das costas e descendo pelas laterais, depois repita o mesmo movimento realizando o deslizamento profundo (colocar mais pressão nas mãos).

3º passo: faça movimentos circulares com o polegar ao longo dos paravertebrais (músculos que ficam do lado e ao longo da coluna vertebral).

4º passo: ainda realizando os movimentos circulares com o polegar, é hora de realizar na região dos trapézios (músculos que ficam na parte superior das costas), onde se acumula maior tensão.

5º passo: finalize com um deslizamento profundo e, depois, o mesmo movimento do primeiro passo.


ATENÇÃO:
·         Ingrid Peres, fisioterapeuta da Onodera, está à disposição para esclarecimentos e entrevistas.

·         Temos fotos de massagens realizadas por profissionais da Onodera para ilustrar as matérias.

Informações sobre as unidades da Onodera em todo o Brasil:
www.onodera.com.br

Informações para a imprensa:
INÉDITA COMUNICAÇÃO ESTRATÉGICA PARA REDES DE FRANQUIAS
11 5581-5658 / 2276-7112
Contato: Simone Bolletta - simone@ineditasp.com.br

Mitos e Verdades sobre o uso de veículos automotivos


Oficina Brasil ajuda motorista a identificar validade das crendices envolvendo o setor

Motor com alta quilometragem necessita de óleo mais espesso?
Mito -  O motor usa o tipo de óleo determinado pelo fabricante e expresso no manual do proprietário, do inicio ao fim da sua vida útil. Não existe qualquer menção no manual que a partir de determinada quilometragem, deve-se usar um outro tipo de óleo mais espesso ou com qualquer outra característica.
Quando o motor apresentar qualquer problema ou sinais de desgaste, deve-se reparar o motor e não trocar o tipo de óleo.

As molas da suspensão não precisam ser trocadas?
Mito -  As molas, como qualquer peça, estão sujeitas a uma fadiga dos materiais de sua constituição. Lembre-se que mesmo com o veículo parado a noite, as molas estão sofrendo a pressão do peso do veículo. É aconselhável que sejam trocadas preventivamente entre 70 e 100 mil quilômetros, garantindo-se assim a máxima estabilidade, conforto e preservação de outras peças.


Rodas de liga ajudam a economizar combustível?
Mito – As rodas de liga emprestam ao veículo uma aparência estética melhor, sem dúvida, porém não podemos dizer que ajudam na economia de combustível, uma vez que seu peso equipara-se aos da roda de aço.
Determinados desenhos de roda, por serem mais abertos, permitem uma refrigeração maior do sistema de freio.

O catalisador do carro não precisa ser trocado?
Mito- A durabilidade de um catalisador automotivo depende muito das condições de manutenção do veículo. As falhas de ignição, a qualidade do combustível, a queima de óleo afetam diretamente seu funcionamento. Normalmente o catalisador original do veículo zero tem uma vida mínima estimada em 80.000 km, porém além dos problemas acima,  acidentes, rachaduras e  entupimentos podem indicar a necessidade da troca dessa peça. Consulte sempre um centro automotivo capacitado para avaliar a eficiência do catalisador antes da troca.

Os bicos injetores devem ser trocados e não limpos?
Mito- Os bicos injetores, assim como outros itens da injeção eletrônica , necessitam de uma manutenção periódica. A limpeza é necessária sim, em razão das impurezas que estão presentes no combustível e que nem sempre ficam retidas nos filtros. É bem mais barato limpar os bicos injetores de que trocar os mesmos, e o resultado é muito satisfatório. A troca dos bicos deve acontecer quando realmente apresentarem problemas e mau funcionamento.

Ar condicionado gasta mais combustível?
Verdade. O uso do ar condicionado requer uma maior potência do motor e, consequentemente, maior consumo de combustível. Uma alternativa que ajuda o motorista a economizar combustível é, quando o carro estiver muito quente, abrir primeiro os vidros para permitir a ventilação do carro, depois usar a ventilação forçada e só então ligar o ar condicionado.

Apoiar o pé na embreagem danifica o carro?
Verdade. Esta prática, bastante comum principalmente em motoristas iniciantes, causa um desgaste prematuro na embreagem do veículo, que deve ser acionada apenas na troca de marchas. Uma recomendação é manter o pé “descansando” ao lado do pedal quando a embreagem não for acionada.

Descer a ladeira com o carro engrenado queima a embreagem?
Mito. O desgaste causado é o mesmo de quando se anda com o carro em ruas planas. Na verdade, o correto é que o veículo esteja sempre engrenado nas ladeiras (dá-se o nome de freio motor) para que, junto com o sistema, segure o carro em declives.

Desligar o carro em congestionamento economiza gasolina?
Verdade. Não só economiza como contribui para a melhoria do ar que respiramos, pois não há emissão de gases poluentes.

Colocar água com o carro quente estraga o radiador?
Verdade. O correto é completar a água apenas quando o motor estiver frio, pois existe a possibilidade de um choque térmico, que pode causar sérios problemas ao motor. Não é aconselhável abrir o reservatório de expansão - aquele onde completamos a água - quando o motor estiver quente, pois esse reservatório funciona com pressão e pode causar sérias queimaduras.

ATENÇÃO: Antonio Cesar Costa, consultor técnico da Oficina Brasil está à disposição para entrevistas.

Entrar em contato com:
INÉDITA COMUNICAÇÃO – 11 5581-5658 / 2276-7112
Katiuscia Zanatta – katiuscia@ineditasp.com.br

Como passar uma empresa de pai para filho com sucesso?

Empresa de coaching dá dicas para uma sucessão tranquila e com resultados positivos pra toda a empresa

A tranquilidade e o sucesso de um processo de passagem da empresa para uma nova geração vai depender do relacionamento entre os herdeiros, e os problemas que existem normalmente são de comunicação, o que é relativamente fácil de resolver. Quem explica é Jose Luis Lopez, master franqueado para o Brasil da ActionCOACH, franquia mundial de coaching – treinamento para empresários -  que já melhorou a vida de mais de um milhão de empresas em todo o mundo.
Jose Luis revela: “muitas vezes o empresário cria sua empresa com o propósito de deixar aos filhos; e ele é um bom executivo, um bom empresário, mas não é um bom comunicador. Às vezes, o entrosamento entre a empresa, os herdeiros e o dono da empresa se rompe por causa disso: os próprios herdeiros não entendem a finalidade do negócio e não se apaixonam por ele”.

Confira as dicas do especialista para um processo tranquilo e satisfatório:
É preciso fazer com que os herdeiros entendam os propósitos do negócio para que possam se apaixonar por ele como seus fundadores;
É preciso entender se os herdeiros têm perfil ou quais herdeiros têm vocação para gerir o negócio, ou podem se apaixonar por ele – ter em mente que nem sempre os herdeiros são pessoas adequadas para a gestão do negócio é um passo decisivo no processo de sucessão;
Quando os herdeiros são ainda jovens, é preciso trabalhar com eles, de forma profissional, o assunto gestão do tempo: um empresário precisa entender que dirigir uma empresa não significa abdicar de sua vida pessoal e social, isso pode ajudar e muito a tranquilizar jovens gestores;
Não basta ser filho, sobrinho, neto etc., os novos gestores têm que entender de vendas, marketing, e precisam saber como dirigir a empresa. Conhecimento é fator determinante para que a sucessão não diminua a performance do negócio;
O melhor é o empresário deixar o cargo de forma gradativa, planejando 1 ou 2 anos antes a transferência de poder de forma correta, evitando que a empresa passe por momentos difíceis e chegue inclusive à falência, o que muitas vezes é ligado de forma equivocada à chegada dos herdeiros ao poder.

Criada por Brad Sugars em 1993, a ActionCOACH nasceu para salvar empresas da falência e para ensinar empresários a trabalhar para seus negócios e ter mais tempo livre. O método da empresa é simples: com um diagnóstico bem feito é possível traçar um plano de trabalho cujo personagem central é o próprio dono do negócio, que fará as mudanças atuando, delegando tarefas e cobrando metas. A ActionCOACH acredita tanto no método que aplica, que pede apenas 17 semanas: se os resultados prometidos não forem atingidos, o trabalho continua a ser feito sem custo nenhum para o cliente, até que os objetivos sejam alcançados.

ATENÇÃO: Jose Luís Lopez está à disposição para entrevistas ou para dicas em matérias como fonte.

Informações e agendamentos:
INÉDITA COMUNICAÇÃO ESTRATÉGICA PARA REDES DE FRANQUIAS
Tels.: 11 5581-5658 / 2276-7112
Contato: Simone Bolletta – simone@ineditasp.com.br

Torneira mágica: abre e fecha quando você quer, com um único toque!


Delta Faucet lança no Brasil a linha TOUCH de torneiras


Imagine uma torneira que você possa abrir e fechar sem usar as mãos sujas ou ensaboadas. A Delta Faucet Company acaba de lançar no Brasil uma novidade que vai mudar a sua vida: com um toque da pele – seja do dorso da mão, do punho, do braço, no bico ou no cabo da Trinsic Touch 20, ela abre ou fecha o fluxo, economizando ainda cerca de 32% de água.
Além da Trinsic, a Delta Faucet tem uma linha completa de lavatórios Touch 20. Em qualquer um deles basta encostar em qualquer lugar no bico ou no cabo para que a água comece a sair. A tecnologia Touch2O® é ideal para tarefas que exigem um fluxo constante de água como lavar o rosto ou encher um copo.
A tecnologia exclusiva de vedação DIAMOND™ da Delta usa uma válvula com revestimento resistente de diamante para que a sua torneira Touch2O.xt™ dure até cinco milhões de vezes— além de evitar que a água dentro da torneira entre em contato com potenciais contaminantes metálicos. Isso prova que as nossas torneiras são tão bonitas por dentro quanto por fora.
Os lavatórios Touch2O.xt da Delta cumprem com os requerimentos WaterSense – marca registrada da Agência de Proteção Ambiental dos EUA (FSC – Forest Stewardship Council) – e usam 32% menos* água, e o seu desempenho é tão bom ou melhor que o dos seus concorrentes menos econômicos.

Sobre a Delta Faucet Company - A Delta Faucet Company, foi fundada pela Masco Corporation em 1954, empresa que também detém as marcas Brizo® e Peerless. Nos Estados Unidos, a Delta Faucet Company oferece uma extensa linha de produtos comerciais, incorporando estilo e inovação em torneiras e válvula de descarga, seja manual ou eletrônica. A empresa também amplia sua oferta de produtos nos setores de loft urbanos, arranha-céus, hospitalidade e cuidados de saúde de longo prazo, oferecendo torneiras e produtos relacionados para uso residencial e comercial. De Xangai à Cidade do México, de Dubai a Tóquio e em todas as Américas, em hotéis, prédios públicos, arranha-céus e prédios comerciais de todos os tamanhos, os produtos da Delta Faucet Company são confiáveis por oferecerem inovação, qualidade, design e desempenho em quase todos o mundo.

Para mais informações sobre os produtos Delta disponíveis no Brasil acesse: http://deltafaucet.com.br/international/about/index.html

Mais informações:
Inédita Comunicação
Simone Bolletta – simone@ineditasp.com.br
Tel: (11) 5581-5658 / 2276-7112